Guardiola admite domínio do Liverpool, mas mostra esperança para volta: "Nós vamos tentar"

Líder da Premier League com larguíssima vantagem e mostrando um excelente futebol em toda a temporada, o Manchester City era considerado por muitos o favorito na série de quartas de final da Uefa Champions League contra o Liverpool. Mas o primeiro jogo, nesta quarta-feira (4), foi um desastre para os Citizens: com gols de Mohamed Salah, Alex Oxlade-Chamberlain e Sadio Mané, os Reds aplicaram 3 a 0 com menos de 30min de jogo e mantiveram o resultado até o fim, criando uma ótima vantagem para a partida da volta.

Após a dura derrota, o técnico Pep Guardiola deu suas opiniões. Ele afirmou que o time do Manchester City precisa ter personalidade para lidar com situações adversas, como as da partida em Anfield Road. O espanhol destacou como lado positivo o equilíbrio que o City conseguiu criar no fim do primeiro tempo e durante toda a segunda etapa, mas não hesitou em admitir que o placar foi merecido.

O que eu disse para os meus jogadores é que nós devemos ser nós mesmos e começar nesse caminho. Temos que jogar com personalidade. Estava 2-0 e foi difícil mentalmente. Lidar com a situação de estar 2-0 atrás em Anfield requer uma grande personalidade. Os últimos 10 minutos do primeiro tempo e o segundo tempo foram bons. Não criamos muitas chances, mas o Liverpool também não nesse período. Mas o resultado fala por si mesmo, parabéns ao Liverpool. Não ter tomado gols foi muito importante para eles (Liverpool). Temos que aceitar a derrota, aceitar que o Liverpool foi clínico e preciso, e ver o que acontece na semana que vem”, disse Guardiola.

O treinador espanhol não gostou nem um pouco da atuação (Foto: Simon Stacpoole/Offside via Getty Images)
O treinador espanhol não gostou nem um pouco da atuação (Foto: Simon Stacpoole/Offside via Getty Images)

O comandante pontuou também que mesmo sem conseguir o gol que ajudaria na reversão da vantagem (graças ao critério do gol fora de casa), acredita na força do seu elenco para tentar de tudo e devolver o resultado no segundo jogo. Para Guardiola, agora o momento é de convencer os jogadores na possibilidade de classificação para as semifinais da competição europeia, e buscar focar também para a próxima partida da temporada, que é decisiva. Os Citizens têm o dérbi local contra o Manchester United em casa neste sábado (7), e se vencerem, conquistam o título da Premier League com cinco rodadas de antecedência.

Não criamos chances claras porque eles se defenderam bem. Precisávamos de um gol, mas não conseguimos marcar. É assim, temos que aceitar. Agora teremos o United em casa daqui a dois dias, e depois temos o Liverpool. Vamos ver o que acontece. Ninguém acredita que iremos passar (para as semis da Champions). Amanhã vamos convencer a nós mesmos que podemos fazer isso. Eu acredito muito na minha equipe. Eles mostraram muitas coisas boas na temporada. Temos 90 minutos ainda e nós vamos tentar”, complementou Guardiola.

O City precisa apenas de uma vitória contra o United na próxima rodada para conquistar o quinto título inglês. Logo em seguida, os virtuais campeões nacionais enfrentam o Liverpool no jogo de volta das quartas da Champions League, na próxima terça-feira (10). As duas partidas em questão serão na casa do City, o Etihad Stadium, em Manchester.

VAVEL Logo