Barcelona pode ser punido pela Uefa por manifestação da torcida

A Uefa informou nesta sexta-feira (6) que foi aberto um processo disciplinar para investigar o incidente ocorrido na partida realizada na última quarta-feira (4) entre Barcelona e Roma, vencida por 4 a 1 pelos espanhóis, pelas quartas de final da Champions League.

Segundo a organização, os balões amarelos lançados pela torcida blaugrana infringiram o artigo 16 do código disciplinar, que diz que é proibido "lançar objetos", entre outras proibições. O Comitê de Controle, Ética e Disciplina do órgão se reunirá do dia 31 de maio para avaliar a situação. Como alguns balões caíram no campo de jogo e o árbitro precisou interromper a partida por alguns minutos, é possível que uma punição seja de fato imposta.

Manifestação da torcida do Barcelona | Foto: Soccrates Images/Getty Images
Manifestação da torcida do Barcelona | Foto: Soccrates Images/Getty Images

A torcida catalã se manifestou com relação à situação política vivida pela Catalunha na atualidade. Em todas as partidas realizadas no Camp Nou, os torcedores realizam protestos de diversas formas no minuto 17:14 de jogo, com referência ao ano de 1714 em que ocorreu o Cerco de Barcelona, uma operação militar espanhola que derrubou a oposição catalã.

Organizada por diversos grupos, a ação também teve o objetivo de 'pintar' as arquibancadas de amarelo, pedindo a libertação de presos políticos - ou manifestantes, dependendo da visão. Junto com os balões, gritos de "Llibertat" (liberdade, em catalão) foram bradados pelos torcedores.

A região busca a independência da Espanha e a torcida do clube, assim como muitos dos seus jogadores, se manifestam a favor da Comunidade Autônoma. Na temporada passada, o Barça foi punido pela presença de bandeiras estreladas utilizadas com o mesmo propósito dos balões.

A partida de volta entre as equipes ocorrerá na próxima terça-feira (10), na capital italiana.

VAVEL Logo