Fiorentina iguala sequência histórica, derruba Roma fora de casa e entra na zona de UEL
Benassi marcou o primeiro do joogo (Foto: Divulgação/ACF Fiorentina)

Em fase iluminada, a Fiorentina bateu a Roma por 2 a 0 - algo que não conseguia na Serie A desde 2012 -, e chegou a sexta vitória consecutiva no Italiano, a maior sequência da história do clube, igualando a marca alcançada em 1960. Benassi e Simeone marcaram os gols da Viola, que sofreu pressão em grande parte do jogo, mas segurou o resultado no Olimpico. O resultado colocou o time de Florença na zona de classificação à Europa League.

A Roma teve a iniciativa, a posse de bola e mais finalizações na primeira etapa, mas foram suas falhas defensivas que determinaram o placar. Logo aos 7, em cobrança de falta ensaiada, Saponara recebeu na linha de fundo e cruzou para trás, onde Benassi apareceu livre na entrada da pequena área e bateu de pé esquerdo para abrir o placar no Olimpico.

A partir daí, a Roma passou a empilhar chances, e a Fiorentina se postou de forma defensiva para tentar contra-ataques, mas falhava na saída de bola e dava chances para os mandantes finalizarem. Aos 9, Strootman recebeu na entrada da área e arriscou chute forte, porém Sportiello se esticou e mandou para fora. Três minutos depois, após cruzamento de Bruno Peres, a bola desviou, o goleiro saiu mal e a bola sobrou para Dzeko, que finalizou da pequena área, mas parou na trave.

Aos 14, na falta cobrada por Peres, a zaga afastou parcialmente e El Shaarawy finalizou de voleio, e Sportiello segurou firme. A Roma terminou a primeira etapa com 65% de posse de bola e nove finalizações, o triplo da Fiorentina, mas a falta de pontaria mantinha o time em desvantagem no placar. Aos 26, Dzeko avançou pela esquerda, deixou Vitor Hugo no chão e avançou para dentro da área, mas Sportiello fechou bem e salvou a finalização do bósnio.

Muito ativo na primeira etapa, Bruno Peres cobrou falta da intermediária aos 32 e mandou no canto esquerdo, porém Sportiello segurou sem problemas. A Roma parecia prestes a marcar o gol a qualquer momento, mas, em uma das poucas chances que teve, a Viola ampliou. Aos 39, Simeone recebeu de Saponara na entrada da área, carregou para dentro, trombou com Manolas e Peres e saiu de frente para o gol, tocando por baixo de Alisson para fazer 2 a 0 antes do intervalo.

Simeone marcou pelo terceiro jogo seguido e chegou a 10 gols na Serie A (Foto: Divulgação/ACF Fiorentina)

Para a segunda etapa, o técnico Eusebio di Francesco colocou Schick na vaga de Defrel, aumentando a presença de área do time, que passou a apostar muito em cruzamentos para a área. Aos 7, El Shaarawy fez boa jogada pela esquerda e cruzou rasteiro para Dzeko na marca do pênalti, mas o centro-avante mandou de bico, por cima do gol.

Aos 10, Schick fez o pivô na entrada da pequena área e ajeitou para Nainggolan, que saiu de frente para o gol, porém bateu em cima de Sportiello, que salvou mais uma. Com as entradas de Kolarov e Florenzi, di Francesco aumentou ainda a qualidade nos cruzamentos, que foram basicamente a arma da Roma na segunda etapa.

Em resposta, Stefano Pioli trocou Saponara por Milenkovic, colocando mais um zagueiro para disputar pelo alto. Aos 26, El Shaarawy deu cruzamento para a entrada da pequena área, Dzeko subiu com espaço e cabeceou colocado, mas mandou à esquerda. Dois minutos depois, Florenzi fez boa jogada pela direita, deu grande cruzamento e Schick cabeceou forte, porém parou no travessão. Na sequência, Kolarov bateu escanteio e foi a vez de Fazio tocar de cabeça, mas novamente a bola explodiu no travessão.

Na reta final, a Roma perdeu seu ímpeto e nem mesmo nas bolas altas conseguiu assustar a Viola. A Fiorentina, mesmo sofrendo 14 finalizações e não conseguindo nenhuma na segunda etapa, se segurou na defesa e garantiu mais uma vitória em sequência.

Com 50 pontos, a Fiorentina vai para a 7ª colocação ultrapassa a Atalanta - que empatou com a Spal - e torce contra a Sampdoria para permanecer na zona de classificação à Europa League. Já a Roma para nos 60, em 3º lugar, um ponto a frente da Inter e com três de vantagem para a Lazio, 5ª colocada.

Após perder a ida por 4 a 1, a Roma decide sua vida na Uefa Champions League na próxima terça-feira (10), às 15h45, diante de seu torcedor contra o Barcelona. Pela Serie A, joga o derby della Capitale contra a Lazio, no domingo (15), às 15h45. No mesmo dia, mas às 7h30, a Fiorentina joga no Artemio Franchi contra a Spal.

VAVEL Logo