Com possível volta de Agüero, City recebe United podendo garantir título da Premier League

Imagine torcer para um time que domina o campeonato nacional, tido por muitos como o mais difícil do planeta. E para sacramentar o ano mágico, esse clube pode garantir o título do torneio jogando contra o maior rival e em casa. Essa é a situação do Manchester City, que enfrenta o Manchester United neste sábado (7) pela 33ª rodada da Premier League 2017/18 e precisa apenas vencer o adversário para sagrar-se 'rei da Inglaterra'. 

Embora os dois times tenham um jogo a menos para fazer, o City está no topo da tabela com incríveis 84 pontos ganhos até então. São 27 vitórias, três empates e uma derrota num total de 31 partidas disputadas. O United vem na vice-posição, com 68. Sendo assim, um possível triunfo dos Citizens os colocariam com 19 pontos de vantagem para os rivais, faltando apenas 18 para serem disputados - contando com o jogo por fazer. 

Na última vez que os dois clubes se enfrentaram, os comandados de Pep Guardiola deram uma aula tática em Old Trafford ao bater os rivais por 2 a 1. Naquela ocasião, os dois disputavam fielmente o topo e àquela altura era de se imaginar uma briga ponto por ponto até o fim - coisa que não aconteceu. 

Guardiola garante que 'tratará o jogo como qualquer outro'; Agüero é dúvida

Embora esse confronto tenha tanto em jogo, o treinador do Manchester City, Pep Guardiola, não tratará esse embate como diferente de qualquer outro. Segundo ele, os seus atletas estão focados no United, mas admite que um vitória pode aumentar o ânimo dos jogadores para enfrentar o Liverpool na terça-feira pela partida de volta das quartas de Uefa Champions League. 

"Não vou fazer nenhum comentário sobre comemorações", afirmou o catalão. "Estamos focados no jogo. É uma partida diferente [comparado ao Liverpool] já que o United defende diferente, mas tentaremos jogar da mesma forma que temos nos apresentado durante a temporada. Escolheremos o time que entrará em campo pensando no jogo de terça porque sabemos que uma vitória pode ajudar emocionante na preparação para o embate frente os Reds", analisou. 

Para o confronto, os Sky Blues não contarão com Benjamin Mendy, ainda machucado. Fora ele, há uma dúvida sobre o ídolo Sergio Agüero, que não entrou em campo contra o time de Klopp no meio de semana. Pep disse que avaliaria o argentino no último treino e decidiria em cima da hora se ele teria condições físicas ou não de entrar em campo. "Temos três jogos difíceis por vir, então temos que ver a condição física dos jogadores", explicou falando também dos outros.

United conta com três jogadores voltando de lesão e Mourinho 'celebra' semana para treinar

Diferente do que acontece no outro lado da cidade, o United terá o retorno de três atletas a sua forma física natural. Os defensores Phil Jones, Marcos Rojo e Daley Blind são os nomes que voltam a ficar à disposição de José Mourinho, contudo, debate-se se eles entrarão em campo. Um atleta que não voltará certeza para esse jogo será o goleiro reserva Sergio Romero.

Na preparação para o confronto que pode selar o título aos rivais, Mourinho comentou com a imprensa que a semana pode ter sido produtiva ao seu time por considerá-la normal, visto que não contou com jogos no meio de semana - especialmente de Champions League. "Essa semana normal nos dá mais tempo para treinar", comentou o português. Dessa forma, os Red Devils podem preparar com mais contundência um time para entrar em campo e adiar a festa dos Citizens, que têm um jogo importantíssimo para se preparar logo após, do qual precisarão de força máxima. 

VAVEL Logo