Valencia vence Espanyol, passa Real Madrid e alcança terceira posição
Foto: Divulgação/La Liga

Valencia vence Espanyol, passa Real Madrid e alcança terceira posição

Gol de Rodrigo Moreno deu a vitória pelo placar mínimo e garantiu a terceira posição para o time valencianista

LeScoralick
Leandro Fonseca

Neste domingo (8), o Valencia conseguiu um importante resultado ao bater o Espanyol no estádio Mestalla, pela 31ª rodada do Campeonato Espanhol. Rodrigo Moreno marcou o gol da vitória que levou a equipe ao terceiro lugar, chegando aos 65 pontos e ultrapassando o Real Madrid.

O Espanyol, por sua vez, se manteve na 14ª posição com os mesmos 36 pontos e já está há cinco jogos sem vencer. Na rodada que vem, enquanto o Valencia vai até a Catalunha enfrentar o Barcelona, o desafio do Espanyol é contra o Getafe em Madrid.

Foi um bom início de jogo dos donos da casa que logo aos 7 minutos marcaram com Rodrigo Moreno. O brasileiro naturalizado espanhol aproveitou cruzamento de Gonçalo Guedes e, na pequena área, cabeceou pro fundo das redes.

O resultado ideal para o estilo de jogo de contra-ataque da equipe de Marcelino, mas não foi o que se viu. O Espanyol dominou as ações ofensivas, tendo mais a posse de bola e criando boas oportunidades. Gerard Moreno duas vezes de cabeça, Jurado em finalização dentro da área e Darder arriscando de longe quase empataram.

Mas o Valencia quase marcou em jogadaça de Gonçalo Guedes, que recebeu em velocidade, deu o drible da vaca no zagueiro e bateu colocado, mas o goleiro Pau López fez boa defesa. Logo depois Montoya batendo forte de longe obrigou o goleiro a fazer nova defesa. E o primeiro tempo terminou com os visitantes melhores no jogo, mas o Valencia sempre perigoso nos contra-ataques.

O segundo tempo voltou mais controlado pelo time valencianista, muito por conta das jogadas em velocidade que não deixavam o Espanyol se expôr demais. Aos 58' Rodrigo de novo quase marcou de cabeça em jogada iniciada por ele mesmo, que terminou em cruzamento de Soler para o camisa 11 cabecear pra fora. As chegadas ao ataque dos dois times passaram a ser com menos intensidade, apesar do jogo continuar bem disputado.

O técnico Quique Sánchez Flores colocou Granero, Sergio Garcia e Leo Baptistão no jogo e parece que as mudanças não funcionaram, tirando a qualidade ofensiva demonstrada pelo time catalão na primeira etapa. Muita insistência nos cruzamentos que não davam resultado. O Valencia, com o placar a seu favor, preferiu se segurar e não se arriscar no ataque. Controlou o jogo até o fim e garantiu a vitória.

VAVEL Logo

Liga Espanhola Notícias

há um dia
há 2 dias
há 3 dias
há 4 dias
há 4 dias
há 8 dias
há 9 dias
há 9 dias
há 11 dias
há 12 dias
há 12 dias