Técnico da Internazionale, Spalletti lamenta derrota para Torino: "Não era nosso dia"

Técnico da Internazionale, Spalletti lamenta derrota para Torino: "Não era nosso dia"

Treinador justificou mais um tropeço da Beneamata e explicou o curioso aperto de mão com Mazarri após o apito final

Caio__Vinicius
Caio Vinicius

Internazionale foi até Turim neste domingo (8) e voltou a tropeçar na Serie A. Em jogo de várias chances perdidas, o Torino levou a melhor, vencendo por 1 a 0 e afastando o time nerazzurro da briga por uma vaga na Uefa Champions League.

Em entrevista coletiva após a derrota, o técnico Luciano Spalletti se mostrou bastante frustrado com a forma que sua equipe perdeu. Para ele, o dia foi de azar para a Inter e mesmo se insistissem, a bola não entraria de jeito nenhum.

"Hoje não foi nosso dia. Há momentos em que não acontece do jeito que você quer, não importa o que você tente, mesmo que você só empurre a bola", disse o treinador a Sky Sports Italia.

O comandante insterista comentou sobre a exibição da equipe, que, apesar de ter dominado as ações, permitiu ataques perigosos por parte do Torino em várias ocasiões. "Nós não passamos a bola como sempre e permitimos muitos contra-ataques, que por sua vez consumiram a energia dos jogadores. Deveríamos ter controlado melhor o jogo e sufocado eles em seu próprio campo", explicou

Relembrando o jogo contra o Milan na última quarta (4), Spalletti não diminuiu o feito do Toro e nem o empenho de seus jogadores. Nos dois jogos, a Inter ficou muito perto de marcar, mas pecou nas finalizações

"Eu não diria que perdemos chances de vencer o Milan e o Torino, porque em um jogo também há um adversário. Mas nós demos o nosso melhor", afirmou.

Questionado sobre o curioso aperto de mão com o técnico do Torino, Walter Mazarri, ele respondeu de forma descontraída. O sorriso incomum do interista durante o gesto com o adversário chamou a atenção após o apito final e foi replicado várias vezes nas redes sociais. 

"Quando ele aperta sua mão, é sempre com um pouco de timidez, mesmo depois de ganhar um jogo. Eu o elogiei, ele meio que balançou a pontas dos dedos em minha direção e apertei sua mão ainda mais", comentou.

VAVEL Logo

Itália Notícias

há 5 dias
há 5 dias
há 5 dias
há 6 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 12 dias
há 13 dias
há 15 dias
há 16 dias
há 16 dias