Valverde assume culpa após eliminação surpreendente do Barça: "Sou responsável por tudo"

Técnico culé lamentou bastante incrível revés que culminou no adeus da equipe catalã da Uefa Champions League para a Roma

O mundo do futebol foi surpreendido na tarde desta terça-feira (10). Em um dia completamente infeliz e enfrentando uma equipe empolgada e com moral, o Barcelona foi eliminado da Uefa Champions League após ser derrotado por 3 a 0 para a Roma fora de casa. Após o vexame culé, o técnico Ernesto Valverde não escondeu a decepção com o adeus da competição e disse que é o responsável pela eliminação.

"Sou absolutamente o responsável por tudo. Sou a cabeça visível da equipe, é a verdade. Respondo por tudo". Além disso, ele comentou que seu time não teve resposta para a agressividade dos italianos, que obrigou o Barcelona a se lançar.

"Nós não tivemos nenhuma resposta, tudo chegou até eles. Foi difícil para nós conseguirmos jogar. Eles, com sua pressão, nos forçaram a jogar, nos pegaram separados, não pudemos pegar a 'segunda jogada'", afirmou Valverde, tentou "explicar" a eliminação, além de pedir desculpa para toda a torcida.

"Foi uma partida em que não pudemos jogar o nosso jogo e eles foram mais agressivos. Tudo correu bem para eles, você tem que parabenizá-los. Nós não fomos capazes, a qualquer momento, de entrar no jogo por causa da dificuldade que eles colocaram. Eles nos forçaram a jogar com a 'segunda bola', nos tiraram do nosso jogo. Nós tivemos muitas ilusões nesta competição. Nós sentimos muito pela nossa torcida. Teremos que nos concentrar no que nos resta", salientou.

Por fim, Valverde tratou de ressaltar que ainda existem duas competições em que o Barça está bem perto de confirmar suas conquistas, dizendo que o time está magoado, mas que terão de se "levantar" para ir atrás dos seus objetivos restantes na temporada: "Estamos magoados, mas temos que nos recuperar, pois ainda temos duas competições e queremos ganhar. Temos que nos levantar".

Com a eliminação, o foco se torna totalmente para o Campeonato Espanhol, onde o clube é líder e invicto, com uma mão já na taça, e a Copa do Rei, competição que o Barcelona busca o quarto título seguido. Na final, o Sevilla será o adversário culé.