Barça vence Valencia com duas assistências de Coutinho, quebra recorde e se aproxima do título

Barça vence Valencia com duas assistências de Coutinho, quebra recorde e se aproxima do título

Coutinho começou titular e deu duas assistências, uma delas relembrando parceria com Suárez na época de Liverpool. Barça quebrou recorde de invencibilidade na La Liga

rodrigodacosta
Rodrigo da Costa
BarcelonaTer Stegen; Sergi Roberto (Semedo, min. 48'/2ºT), Piqué, Umtiti e Jordi Alba; Sergio Busquets, Paulinho, Coutinho (Dembélé, min. 33'/2ºT) e Iniesta (Denis Suárez, min. 38'/2ºT); Messi e Suárez. Técnico: Ernesto Valverde.
ValenciaNeto; Vezo, Garay, Gabriel Paulista e Gayá; Kondogbia, Dani Parejo, Soler e Gonçalo Guedes (Andres Pereira, min. 23'/2ºT); Santi Mina (Vietto, min. 25'/2ºT) e Rodrigo (Zaza, min. 34'/2ºT). Técnico: Marcelino Toral.
Placar1-0, min. 14'/1ºT, Suárez. 2-0, min. 6'/2ºT, Umtiti. 2-1, min. 41'/2ºT, Dani Parejo.
INCIDENCIAS32ª rodada do Campeonato Espanhol 2017/18, partida realizada no estádio do Camp Nou, em Barcelona.

Após ser eliminado na Champions League e acabar o sonho de conquistar a tríplice coroa da temporada, o Barcelona virou a chave para o Campeonato Espanhol e venceu o Valencia por 2 a 1, na tarde deste sábado (14), no Camp Nou. Com duas assistências de Coutinho, o Barça ganhou com gols de Suárez e Umtiti, e quebrou o recorde de invencibilidade na La Liga, se aproximando mais do título espanhol.

Apesar da derrota, o Valencia teve boa atuação e deu trabalho ao Barça. O maior problema foi a falta de pontaria. Rodrigo teve duas chances claras, mas Ter Stegen e Piqué evitaram o gol do brasileiro naturalizado espanhol. Gonçalo Guedes também arriscou finalizações de fora da área, mas a única chance convertida foi o pênalti cobrado por Dani Parejo, que por muito pouco não foi defendido pelo goleiro alemão. 

O Barcelona superou o recorde da Real Sociedad de 1979-80, que ficou 38 partidas invicto. Outra marca atingida foi o melhor início de uma equipe numa única edição do Campeonato Espanhol (32 jogos de invencibilidade, empatado com a mesma Sociedad). O Barça abriu 14 pontos de vantagem para o vice-líder Atlético de Madrid e sonha com o título invicto - restam seis jogos, um contra o Real Madrid.

O Valencia começou assustando e colocando o goleiro Ter Stegen para trabalhar em finalização de Gonçalo Guedes logo aos três minutos, mas foi o Barça quem abriu o placar no Camp Nou. Aos 14 minutos, Coutinho deu belo passe nas costas da defesa para Suárez, que só deu um toque na saída do goleiro Neto para balançar as redes. 

Suárez marcou o 10º gol dele em 11 jogos contra o Valencia (Foto: Getty Images)

Mesmo em desvantagem, o Valencia conseguiu criar algumas boas oportunidades e deu trabalho ao Barcelona, mas parou em Ter Stegen. Gonçalo Guedes fez o goleiro do Barça trabalhar em pelo menos três oportunidades. O alemão quase entregou um gol para o Valencia ao errar passe dentro da área, mas se recuperou e defendeu o chute de Rodrigo. 

O segundo tempo começou com o Valencia perdendo gol feito. Santi Mina recuperou a bola de Umtiti e puxou contra-ataque dois contra um. O atacante serviu Rodrigo que bateu na saída de Ter Stegen, mas Piqué salvou o Barça em cima da linha. 

Após o susto e com os visitantes incomodando desde o primeiro tempo, o Barcelona conseguiu ampliar o placar. Coutinho cobrou escanteio na primeira trave e Umtiti cabeceou para anotar o segundo gol do Barça. Neto bem que tentou, mas não evitou o tento. 

Umtiti marcou após receber passe de Coutinho (Foto: Getty Images)

O segundo gol do Barcelona desanimou o Valencia, que não conseguiu criar mais tantas oportunidades como no primeiro tempo. Bom para o Barça que levou mais perigo. O goleiro Neto salvou bela finalização de Iniesta aos 24 minutos. Aos 32, Messi fez fila, limpou três marcadores e finalizou para fora. 

Já nos minutos finais de jogo, o Valencia conseguiu diminuir o placar. Gayá foi derrubado por Dembélé dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Ter Stegen quase defendeu, mas não evitou o gol de Dani Parejo. No último lance da partida, Zaza ainda perdeu a chance de empatar, mas a cabeçada saiu por cima. 

Com a vitória, o Barcelona segue isolado na liderança do Campeonato Espanhol, agora com 14 pontos de vantagem sobre o vice-líder Atlético de Madrid. Com o título encaminhado e a maior sequência de invencibilidade da história da liga, o Barça sonha com o título invicto. O Valencia está em terceiro com 65 pontos, um a mais que o quarto colocado Real Madrid, que pode assumir a terceira posição nesta rodada. 

VAVEL Logo