Com pouco espaço na Seleção Inglesa, Dele Alli analisa: "Confio na minha habilidade"

Jovem meia projetou Copa do Mundo e falou sobre evolução do Tottenham

Com pouco espaço na Seleção Inglesa, Dele Alli analisa: "Confio na minha habilidade"
Foto: Catherine Ivill/Getty Images

De olho na Copa do Mundo 2018, Dele Alli não teve muito tempo de jogo pela Seleção Inglesa nos últimos amistosos. O meia do Tottenham, no entanto, se mantém confiante e espera poder ganhar espaço com boas atuações no clube, além de trabalhar duro nos treinamentos.

Em entrevista ao portal talkSPORT, o jovem atleta falou sobre seu papel 'menor' na equipe nacional comandada por Gareth Southgate. Alli, no entanto, se mostrou confiante e se disse preparado para assumir a responsabilidade quando for preciso.

"Confio na minha habilidade. Quer dizer, eu nunca diria para o técnico quem ele deveria escalar e quem não deveria. Tudo que eu posso fazer é estar lá, pronto para ajudar e sempre focado. Todo jogador quer atuar, então é normal ficar um pouco desapontado com isso."

O jogador dos Spurs ainda falou sobre a expectativa para a Copa, que começará no mês de junho. Segundo ele, cada momento de reunião - como em amistosos internacionais - será essencial para que bons resultados possam ser obtidos no maior torneio de futebol do planeta.

Foto: Paul Gilham/Getty Images
Foto: Paul Gilham/Getty Images

"Acho que aprendi muito desde que comecei a ser convocado. Nós entendemos o jeito de jogar, e temos um time em que todos querem jogar do mesmo jeito. O elenco é muito bom, e só precisamos trabalhar duro. Não passamos muito tempo juntos, mas, quando passamos, precisamos aproveitar o máximo possível para ver o que faremos na Copa do Mundo."

Além de Seleção Inglesa, o meia também comentou sobre o Tottenham. Em entrevista à Sky Sports News, Dele Alli projetou o futuro do time, que tem evoluído a cada ano com ajuda do técnico Mauricio Pochettino, e comparou com o recém-campeão da Premier League. 

"Eu espero que não estejamos tão distantes [do Manchester City]. Temos um ótimo time, um técnico inacreditável. Estamos, definitivamente, indo para a direção certa, mas não cabe a mim decidir o que fazer para dar um passo à frente. Como jogadores, só podemos trabalhar duro todo dia e estarmos prontos como equipe."


+ Por bicampeonato e UCL, City deve fazer grandes contratações para a próxima temporada

Ex-capitão, Vidic vê atual Manchester United sem vontade: "Tem que mostrar desejo"