Mbappé marca duas vezes, Paris Saint-Germain supera Caen e avança à final da Copa da França

Mbappé marca duas vezes, Paris Saint-Germain supera Caen e avança à final da Copa da França

Com algumas modificações no time titular, parisienses tiveram mais dificuldade para superar adversário; árbitro de vídeo entrou em ação duas vezes

tainanmelo
Taynã Melo

O Paris Saint-Germain continua a ser um adversário bastante difícil de ser vencido no território francês. O Caen até que deu trabalho, mas não foi páreo. Em jogo válido pela semifinal da Copa da França, o PSG venceu por 3 a 1. O jogo foi disputado na tarde desta quarta-feira (18), no Stade Michel d’Ornano. Mbappé (duas vezes) e Nkunku marcaram os gols parisienses, enquanto Diomandé descontou para o clube da Normandia.

Apesar de ter o time titular com algumas modificações, o Paris Saint-Germain tem um grupo bem mais qualificado que o Caen. Mesmo fora de casa, os parisienses foram ao ataque e quase abriram o placar no início da partida. A defesa do time mandante vacilou, Marquinhos deu belo lançamento para Di María, o meia entrou na área e tentou acionar Cavani em cruzamento, mas Damien da Silva se antecipou. Em seguida, Thiago Silva lançou para Meunier. O lateral cruzou, a defesa falhou de novo e Cavani chutou. Damien da Silva desviou mais uma vez para evitar o gol parisiense.

Na terceira tentativa, porém, não teve defesa que impedisse. Aos 25 minutos, o goleiro Samba saiu errado, Di María ficou com a bola e rolou para Cavani. O centroavante bateu cruzado e Mbappé concluiu para abrir o placar. O Paris Saint-Germain dominava completamente o jogo no primeiro tempo e tinha praticamente todos os jogadores no campo ofensivo. Por outro lado, o Caen mantinha o estilo de jogo defensivo, com poucos ataques e muitos passes errados. Até que a equipe da casa conseguiu o empate em um dos poucos ataques que conseguiu. Aos 43 minutos, Diomandé ficou com a bola na intermediária e arriscou. A bola desviou em Rabiot e o goleiro Trapp nada pôde fazer.

Charly Triballeau/AFP/Getty Images

No segundo tempo, o árbitro de vídeo entrou em ação. Aos dois minutos, Marquinhos fez longo lançamento, Di María aproveitou falha da defesa e tocou para Cavani. O centroavante emendou de primeira e recolocou o PSG à frente do placar. Porém, o árbitro principal pediu revisão no vídeo e anulou o lance ao alegar impedimento do uruguaio. A etapa complementar começou com os visitantes completamente inseridos no campo de ataque. Di María deu um belo chute e Samba fez bela defesa. O Caen respondeu com longo chute de Peeters, que assustou.

O jogo permaneceu no mesmo panorama da primeira etapa. Poucas finalizações, muitos passes trocados e sem objetividade. Quem conseguiu trabalhar uma jogada de ataque conseguiu balançar as redes. Em jogada rápida pela esquerda, Di María tocou para Cavani. O centroavante cruzou rasteiro para Mbappé completar e marcar o segundo do PSG. O jogo ficou quatro minutos parado pelo fato do árbitro solicitar arbitragem de vídeo, mas o tento foi validado.

Marquinhos podia muito bem ter ampliado a vantagem, mas em duas cobranças de escanteio, o zagueiro brasileiro errou o alvo mesmo sem marcação. A situação complicou de vez para o Caen quando Diomandé cometeu entrada duríssima em Pastore e foi expulso. Nos acréscimos, restou ao PSG segurar a vantagem e garantir mais uma vez a possibilidade de conquistar a tríplice coroa nacional. E, aos 49 minutos, após tabela com Daniel Alves, Nkunku completou na saída de Samba e fechou o jogo.

A decisão será disputada no dia 8 de maio, no Stade de France, em Saint-Denis. O Paris Saint-Germain irá enfrentar o Les Herbiers. A equipe da terceira divisão francesa superou o Chambly por 2 a 0 na última terça-feira (17).

VAVEL Logo
CHAT