1-0, min. 54, Holtby
Ainda dá? Hamburgo bate Freiburg e continua sonhando com permanência na Bundesliga

Ainda dá? Hamburgo bate Freiburg e continua sonhando com permanência na Bundesliga

Holtby marcou seu quarto gol em seis jogos e decretou a vitória do HSV por 1 a 0, em confronto direto contra o descenso no Campeonato Alemão

bruno-da-silva
Bruno da Silva

O pulso ainda pulsa. O Hamburgo venceu confronto direto contra o Freiburg por 1 a 0, neste sábado (21), e continua sua saga para evitar o inédito rebaixamento na Bundesliga. Lewis Holtby marcou aos nove da segunda etapa, o gol da vitória dos dinos no Volsparkstadion. Faltando quatro rodadas para o fim do Campeonato Alemão, o HSV está cinco pontos atrás da saída da zona de rebaixamento.

Desesperadamente necessitado da vitória, o Hamburgo iniciou a partida em cima do Freiburg, tentando encontrar uma vantagem cedo para acalmar os ânimos. O início foi animador, com Sakai aparecendo com bastante eficiência pela esquerda e conseguindo cruzamentos perigosos, mas que os atacantes não conseguiram aproveitar. Steinmann, aos 10, teve uma boa chance de finalização da entrada da área, mas mandou para fora.

Depois de um início interessante, o HSV passou a sofrer, principalmente pela pressão do Freiburg na sua saída de bola. Mais eficiente, o time visitante conseguiu controlar as ações mesmo tendo menos posse de bola - 47%. Foram oito finalizações do SCF (quatro na direção do gol), contra apenas duas do Hamburgo.

Aos 30, em cobrança de escanteio de Schuster, Soyüncü apareceu livre na entrada da pequena área, mas em cima do goleiro. Apesar desse vacilo na bola parada, foi dificuldade da saída de bola hamburguesa por muito pouco não aumentou ainda mais o desespero no primeiro tempo no Volkspark. Aos 35, Haberer apareceu livre pela direita, invadiu a área e bateu cruzado, mas Pollersbeck salvou. Na sequência, Kleidienst ficou com o rebote, e cabeceou para outra defesa do arqueiro. Höler teve a chance final, mas o goleiro segurou outra vez.

Já aos 42, Günter cruzou da esquerda, Papadopoulos cochilou e a bola sobrou livre para Petersen na pequena área, mas Pollersbeck brilhou outra vez e travou a finalização para evitar que o Freiburg levasse uma vantagem para o intervalo.

Na segunda etapa, o Hamburgo voltou a ter o domínio do jogo e pressionou o Freiburg em busca da vitória. As seis primeiras finalizações da segunda etapa foram do HSV. E, aos 8, após a dividida dentro da área de Waldschmidt, a bola sobrou na entrada da área para Holtby, que passou por Höfler e Soyüncü, saiu de frente para Schwolow e tirou do goleiro para fazer um golaço, abrindo o placar para o Hamburgo.

Três minutos depois, Hunt bateu falta lateral para a área, Wood dominou e ficou de frente para o gol, mas mandou de canhota para longe. Aos 19, Ito fez grande jogada pela esquerda da área, passou por dois e saiu de cara para o gol, porém Schwolow salvou. Na sequência, Hunt cruzou da esquerda, Sakai furou e Kostic emendou um chute acrobático, em cima do goleiro do Freiburg.

Atrás do placar, Christian Streich trocou Höler e Haberer por Frantz e Kath, mas a estratégia mais ofensiva do treinador sofreu um duro baque. Aos 26, Soyüncü fez falta na lateral do gramado em Hunt, e o árbitro Benjamin Cortus aplicou o segundo amarelo no zagueiro turco, deixando o Freiburg com um a menos.

Com a vantagem numérica e no placar, o Hamburgo conseguiu manter a posse de bola, viu o Freiburg se lançar para o ataque, mas de forma desordenada e sem muitos sustos. Já aos 44, Wood avançou livre pela esquerda, chegou à linha de fundo e encontrou Kostic na entrada da pequena área, mas o sérvio foi travado por Gulde na hora da finalização e perdeu chance inacreditável para matar o jogo.

No desespero, aos 49, o SCF bateu falta ensaiada para a área, e a bola sobrou na entrada da área para Schwolow: o goleiro, que tinha ido para o ataque, tinha boa posição, mas mandou para longe a última chance da partida e o Hamburgo conquistou uma vitória essencial.

Técnico Christian Titz e jogadores comemoraram muito a vitória no Volkspark (Foto: Bongarts/Stuart Franklin/Getty Images)
Técnico Christian Titz e jogadores comemoraram muito a vitória no Volkspark (Foto: Bongarts/Stuart Franklin/Getty Images)

No próximo sábado (28), às 10h30, os dois times tem novos encontros decisivos na luta contra o descenso. O Hamburgo, 17º, com 25 pontos, visita o seu rival do norte, Wolfsburg, que ocupa o 14º lugar, com 30 pontos. Se vencer, fica a dois pontos da zona de playoff contra o rebaixamento. Já o Freiburg, 16º, que também tem 30, enfrenta em casa o lanterna Colônia.

VAVEL Logo
CHAT