Fim de um ciclo: Iniesta anuncia saída do Barcelona após 22 anos

Emocionado, meia afirma que deixa o time catalão no fim da temporada. Ao todo, foram mais de 600 jogos e 31 títulos conquistados

Fim de um ciclo: Iniesta anuncia saída do Barcelona após 22 anos
Foto: David Ramos / Getty Images

669 jogos, 57 gols e 31 títulos. Números de uma carreira incontestável, mas que terá seu ciclo interrompido. Após 16 temporadas, o meia Andrés Iniesta anunciou a sua saída do Barcelona. Nesta sexta-feira (27), o jogador convocou uma coletiva de imprensa, onde estavam presentes familiares, dirigentes e alguns membros do elenco. Emoção e lágrimas marcaram a despedida do camisa 8 catalão.

''Essa coletiva é para tornar pública a decisão de que esta temporada é a última aqui. Foi uma decisão muito meditada, muito pensada a nível interno, comigo mesmo, a nível familiar. Entendo que depois de 22 anos aqui sei o que significa ser jogador deste time. Para mim, o melhor time do mundo'', iniciou.

Em outubro de 2017, Iniesta assinou um contrato vitalício com o Barça. Hoje, contudo, afirma não ter mais condições de dar o melhor de si, tanto fisicamente como mentalmente. Assim, deixa o clube por onde esteve desde aos 12 anos:

''Sei o que significa a exigência de jogar aqui, em todos os sentidos. Sei o que significa a responsabilidade de ser capitão deste clube. Portanto, sendo honesto comigo mesmo e com o clube que me deu tudo, entendo que minha etapa acaba neste ano. Pelo simples fato de entender que este clube, que me acolheu com 12 anos, merece o melhor de mim, como foi até agora. E entendo que no futuro mais próximo eu não poderia dar o melhor de mim em todos os sentidos. Tanto a nível físico como mental'', revelou.

No Barcelona, Iniesta conquistou quatro Liga dos Campeões, três mundiais de clubes, oito campeonatos espanhóis, seis Copas do Rei, três Supercopa da Europa e sete Supercopas da Espanha. Seu destino, entretanto, não foi revelado, mas sua história no Barcelona jamais será esquecida.

Confira o pronunciamento de Iniesta na íntegra:

''Essa coletiva é para tornar pública a decisão de que esta temporada é a última aqui. Foi uma decisão muito meditada, muito pensada a nível interno, comigo mesmo, a nível familiar. Entendo que depois de 22 anos aqui sei o que significa ser jogador deste time. Para mim, o melhor time do mundo.

Sei o que significa a exigência de jogar aqui, em todos os sentidos. Sei o que significa a responsabilidade de ser capitão deste clube. Portanto, sendo honesto comigo mesmo e com o clube que me deu tudo, entendo que minha etapa acaba neste ano. Pelo simples fato de entender que este clube, que me acolheu com 12 anos, merece o melhor de mim, como foi até agora. E entendo que no futuro mais próximo eu não poderia dar o melhor de mim em todos os sentidos. Tanto a nível físico como mental.

Imaginava acabar minha carreira aqui, me sentindo útil, importante, titular, com as sensações positivas que tive durante todos esses anos. É um dia muito difícil para mim, pois levo minha vida toda aqui. É muito complicado. Mas entendo que pela lei da vida, o que vem adiante será cada vez mais complicado e mais difícil. Portanto, não me permitiria viver uma situação incômoda no clube que me deu tudo. Acho que não mereço, e o clube tampouco.

Queria tornar a decisão pública. E antes de acabar, que haja os atos de homenagem e o que tiver de ser. E antes de acabar gostaria de agradecer ao clube, a La Masia, porque o que sou como jogador e pessoa em grande parte foi por eles. A meus companheiros e todas as pessoas... (Interrompe) Complicado. A todos os que estão no dia a dia, nestes anos, em todas as temporadas. Também a todos os torcedores que mostraram seu carinho no campo de futebol.

A meus pais, minha irmã. Há 22 anos, viemos em um carro, e hoje estão aqui comigo. E 22 anos depois, estou aqui com a pessoa mais maravilhosa que encontrei na minha vida e que me faz feliz a cada dia, a minha esposa, que me deu estes três tesouros que temos. E para acabar, à torcida, a todos os culés, que me viram crescer, que me viram dar todos os passos que dei e me acompanhou nas boas e más. Esse carinho vou sempre levar no meu coração e nada mais.

Muito obrigado a todos, pois entendo que um pouco de cada um me faz melhor esportivamente e pessoalmente.''