Lance polêmico garante Marseille na final da Europa League mesmo com derrota para Salzburg

Lance polêmico garante Marseille na final da Europa League mesmo com derrota para Salzburg

Com o placar de 3 a 2 no agregado, a equipe francesa vai para a final da UEL após 14 anos sem chegar numa decisão continental.

raisa-lima
Raisa Lima
RB SalzburgWALKE; LAINER, ANDRÉ RAMALHO, CALETA-CAR E ULMER (PONGRACIC, MIN. 96); HAIDARA, SAMASSÉKOU E BERISHA; SCHLAGER (MINAMINO, MIN. 83), DABBUR E GULBRANDSEN (HWANG, MIN. 68). TÉCNICO: MARCO ROSE.
Olympique de Marseille YOHANN PELÉ; SARR, RAMI, LUIZ GUSTAVO E AMAVI; MAXIME LOPEZ (ZAMBO ANGUISSA, MIN. 67) E SANSON (ROLANDO, MIN. 101); THAUVIN, PAYET E OCAMPOS; VALÈRE GERMAIN (NJIE, MIN. 83). TÉCNICO: RUDI GARCIA.
Placar1-0, HAIDARA, MIN. 52. 2-0, SARR (CONTRA), MIN. 64. 2-1, ROLANDO, MIN. 115.
ÁRBITROSERGEI KARASEV (RUS), AUXILIADO POR ANTON AVERIANOV (RUS) E TIKHON KALUGIN (RUS) | CARTÕES AMARELOS: SARR (OM, MIN. 35), MAXIME LOPEZ (OM, MIN. 38), RAMI (OM, MIN. 57), HAIDARA (RBS, MIN. 75 E MIN. 119), VALÈRE GERMAIN (OM, MIN. 77), PAYET (OM, MIN. 84), ANDRÉ RAMALHO (RBS, MIN. 85), CALETA-CAR (RBS, MIN. 93), AMAVI (OM, MIN. 99), DABBUR (RBS, MIN. 116) ROLANDO (OM, MIN. 117), YOHANN PELÉ (OM, MIN. 121) | CARTÃO VERMELHO: HAIDARA (RBS, MIN. 119)
INCIDENCIASPARTIDA VÁLIDA PELAS SEMIFINAIS DA UEFA EUROPA LEAGUE 2017/18, NO JOGO DE VOLTA, DISPUTADO NA RED BULL ARENA, EM SALZBURG, ÁUSTRIA.

O confronto entre Red Bull Salzburg e Olympique de Marseille, nesta quinta-feira (3), na Red Bull Arena, na Áustria, definiu a equipe francesa na final da UEFA Europa League. A partida terminou com a vitória dos austríacos por 2 a 1, mas o gol polêmico marcado na prorrogação garantiu a classificação do Marseille.

O primeiro tempo da partida foi morno e só no segundo, os dois gols do Salzburg foram marcados, levando a partida para a prorrogação graças ao empate de 2 a 2 no agregado. No final do tempo adicional, em um lance polêmico em que a arbitragem marcou escanteio equivocadamente, o Marseille fez seu gol e definiu a final da UEL. Os gols foram marcados por Haidara, Sarr (contra) e Rolando.

Primeiro tempo começa intenso e termina morno

O jogo começou movimentado logo de início. No primeiro minuto o Marseille adiantou a marcação e pressionou a saída de bola do adversário, assim saiu a primeira tentativa com um cruzamento na área, mas a defesa austríaca conseguiu afastar. Na sequência, dois lances de perigo para a zaga da equipe francesa que viu a bola rolar por toda a área duas vezes seguidas, no cruzamento de Ulmer na esquerda e de Lainer na direita.

Aos cinco minutos, em cobrança de falta de Payet, Rami completou travado e a bola passou por cima do gol. Os donos da casa apareceram aos oito, Haidara fez o cruzamento e Yohann Pelé saiu para afastar, no rebote Lainer arriscou, mas chutou mal e a defesa adversária tratou de se livrar do perigo.

A partir dos dez minutos o ritmo da partida foi diminuindo gradualmente ao passar do tempo. Aos 12', Dabbur chutou na entrada da área, Yohann tentou segurar a bola, mas deixou ela escapar. Na sobra, Samassékou arriscou e o goleiro apareceu novamente para intervir. Aos 16', tentativa dos visitantes após cruzamento, Ocampos ajeitou e Sanson bateu, mas a bola foi à direita do gol de Walke.

Aos 19', Dabbur fez uma bela jogada individual e finalizou, mas foi marcado o impedimento no lance. A partir dos 20 minugos, ambas as equipes mostravam o seu poder de ataque, mas nenhuma conseguiu uma oportunidade clara de gol. Aos 32', Payet teve uma chance numa cobrança de falta, mas a bola saiu calmamente para fora.

Aos 35', falta perigosa em favor dos donos da casa, Berisha bateu e Luiz Gustavo desviou de cabeça. A equipe áustriaca apareceu novamente logo depois com Ulmer, em cruzamento na esquerda, mas Gulbrandsen não conseguiu chegar para cabecear. Os minutos finais da primeira etapa não teve nenhuma chance e assim terminou com o placar sem gols.

Salzburg marca dois gols no segundo tempo e leva a partida para a prorrogação

A partida voltou da mesma forma do começo do jogo com as equipes indo para o ataque. Aos 45', Valère Germain passou por André Ramalho e cruzou rasteiro, a bola passou pela área e sobrou para Ocampos na esquerda que dominou, ajeitou e chutou, mas a bola foi para o lado de fora da rede. A equipe francesa teve uma boa oportunidade para abrir o placar aos 48', jogada entre Germain e Payet na esquerda, a bola ficou com o atacante que finalizou e a bola passou bem próxima do gol.

Num momento de pressão francesa, os donos da casa surgiram bem e abriram o placar. Aos 52 minutos, Haidara recebeu no meio campo, passou por quatro marcadores, avançou entrando na área e chutou na saída do goleiro. Os donos da casa se animaram com o gol, indo atrás de marcar mais um para levar a partida para a prorrogação.

Haidara comemora o seu gol que abriu o placar na partida (Adam Pretty/Bongarts/Getty Images)
Haidara comemora o seu gol que abriu o placar na partida (Adam Pretty/Bongarts/Getty Images)

Aos 57', Ramalho arriscou um chute com efeito da intermediária obrigando Yohann Pelé espalmar. A sobra ficou com Berisha que tentou e mandou por cima da meta. Mais pressão dos austríacos aos 60', Lainer avançou em velocidade pela direita e cruzou para Dabbur sozinho, mas o atacante resolveu tentar fazer de letra e se atrapalhou desperdiçando uma grande chance.

Aos 64 minutos veio o segundo gol do Salzburg para leva-lo para a prorrogação. Haidara recebeu na direita e cruzou na área, Rami afastou, a bola voltou para Schlager que dominou e bateu devagar desviando em Sarr e entrando no gol. Com isso, o placar agregado foi igualado em 2 a 2.

Comemoração do Salzburg no gol contra marcado por Sarr (Adam Pretty/Bongarts/Getty Images)
Comemoração do Salzburg no gol contra marcado por Sarr (Adam Pretty/Bongarts/Getty Images)

Os donos da casa foram atrás de mais oportunidades de gol. Aos 70', cruzamento de Ulmer para Berisha que desviou de calcanhar para Hwang finalizar com o pé esquerdo, Yohann se esticou todo para fez a defesa. O Marseille apareceu logo depois, aos 72', Payet cruzou alto e Thauvin cabeceou e a bola bateu no travessão.

A disputa de jogo de intensificou na reta final da partida e o jogo passou a ser de muito contato. Aos 86', a bola bateu no braço de Caleta-Car e os jogadores visitantes pediram a penalidade máxima, mas a arbitragem não marcou. Aos 89', Payet cruzou e Nije cabeceou com perigo, mas a defesa desviou. Escanteio foi cobrado e a defesa novamente afastou, Nije ficou com a sobre e arriscou mandando a bola bem longe do gol. O árbitro deu dois minutos de acréscimo, mas nada aconteceu e a partida foi para a prorrogação.

Prorrogação

No primeiro tempo da prorrogação o Salzburg foi atrás do gol da classificação logo no início. Uma boa oportunidade foi aos 98', Berisha cobrou escanteio e Caleta-car cabeceou firme, Yohann Pelé espalmou evitando o terceiro gol austríaco. Aos 100' outra tentativa com Berisha que cobrou falta chutando com efeito e a bola passou perto. No minuto seguinte, Dabbur recebeu um bom passe pela esqueda e bateu cruzado, a bola quase entrou. O Marseille apareceu apenas no final do primeiro tempo adicional aos 104', Luiz Gustavo recebeu passe de Payet e finalizou, mas a bola saiu à esquerda de Walke.

Na segunda metade, o físico começou a pesar, mas o jogo continuava disputado. Os donos da casa foram pra cima, mas não conseguiram nenhuma boa oportunidade. Aos 114', acontece então o grande lance polêmico da partida. Anguissa arricou e a bola bateu em Thauvin e foi para fora. A arbitragem marcou escanteio, mas a bola tocou em um jogador da equipe francesa antes de sair. Então Payet cobrou o escanteio e Rolando desviou com o pé no canto direito de Walke, marcando o gol que deixou os franceses perto da decisão do torneio. O Salzburg sentiu bastante, já que precisava marcar dois gols para avançar à final. A equipe se desestabilizou e aos 118 minutos, Haidara foi expulso após cometer falta em Payet e receber o segundo cartão amarelo. Foram dados dois minutos de acréscimo, mas os donos da casa não conseguiram fazer mais nada e viram a vitória se transformar em derrota.

Comemoração do gol de Rolando que garantiu a ida do Marseille na final da UEL (Adam Pretty/Bongarts/Getty Images)
Comemoração do gol de Rolando que garantiu a ida do Marseille na final da UEL (Adam Pretty/Bongarts/Getty Images)

O placar agradado terminou 3 a 2 para o Marseille que chegou após 14 anos em uma disputa de final continental. O time francês irá enfrentar o Atlético de Madrid e o jogo será disputado no próximo dia 16, numa quarta-feira, no Parc Olympique Lyonnais, em Lyon, na França.

VAVEL Logo

Ligue 1 - França Notícias

há 13 dias
há 23 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há 2 meses
há 2 meses