Fiorentina derrota Genoa em jogo de duas viradas e continua sonhando com ida à UEL
Foto: Divulgação/ACF Fiorentina

Fiorentina derrota Genoa em jogo de duas viradas e continua sonhando com ida à UEL

Giuseppe Rossi marca contra ex-time, mas Viola prevalece depois da expulsão de Pandev e vence no Luigi Ferraris: 3 a 2

bruno-da-silva
Bruno da Silva
GenoaPerin; Biraschi, Spolli, El Yamik; Rosi (Pandev, intervalo), Miguel Veloso (Bessa, min. 59), Hiljemark, Bertolacci, Lazovic; Rossi (Lapadula, min. 67), Iuri Medeiros. Técnico: Davide Ballardini
FiorentinaSportiello; Bruno Gaspar (Falcinelli, min. 78), Milenkovic, Pezzella, Biraghi; Badelj (Dabo, min. 62), Veretout, Benassi; Saponara (Eysseric, min. 66); Chiesa, Simeone. Técnico: Stefano Pioli
Placar0-1, min. 43, Benassi. 1-1, min. 64, Rossi. 2-1, min. 68, Lapadula. 2-2, min. 77, Eysseric. 2-3, min. 80, Dabo
ÁRBITROGianluca Manganiello, auxiliado por Matteo Bottegoni e Marco Scatragli. Amarelos: Bertolacci, Spolli (GEN); Badelj, Biraghi, Saponara, Chiesa (FIO). Vermelho: Pandev, Zukanovic (banco) (GEN)
INCIDENCIASPartida válida pela 36ª rodada da Serie A Tim 2017-18, no Stadio Luigi Ferraris, em Gênova, Itália

Em um jogo inesquecível no Luigi Ferraris, a Fiorentina saiu na frente, sofreu com a lei do ex, tomou a virada, mas revirou o placar e venceu o Genoa por 3 a 2, na antepenúltima rodada da Serie A. Benassi fez para a Viola, Rossi e Lapadula para o Genoa, porém os franceses Eysseric e Dabo definiram a vitória para a Viola, que continua sonhando com uma vaga na Europa League.

Precisando da vitória para seguir sonhando com vagas europeias, a Fiorentina adotou uma postura ofensiva, mesmo fora de casa, e foi superior na metade inicial do primeiro tempo. Ocupando o campo de ataque, e com boa movimentação de Benassi e Chiesa, a Viola conseguiu trocar passes, apesar de não ter tido muitas oportunidades em que superou a defesa de três zagueiros do Genoa: foram seis finalizações totais dos visitantes nos 45 iniciais, contra duas dos grifoni.

A primeira ocasião da Viola vei aos 12. Badelj recebeu de Saponara na entrada da área, bateu colocado de canhota, mas Perin voou e espalmou. O Genoa, que teve somente 40% de posse de bola na etapa inicial, teve dificuldades para criar pelo meio, e apostou principalmente em Lazovic, pela esquerda, e Hiljemark, pela direita, para criar suas oportunidades.

Aos 22, Hiljemark recebeu de Biraschi no contra-ataque, avançou pela direita e cruzou na cabeça de Rossi, que pegou mal e perdeu grande chance de abrir o placar. Apesar da posse de bola superior, a Fiorentina teve muita dificuldade de infiltração. Assim, arriscou chutes de longe. Aos 32, Biraghi ficou com o rebote na entrada da área, pegou de primeira e mandou com muito perigo à esquerda do gol.

Os últimos 15 minutos foram os melhores do Genoa na primeira etapa. Acuando a Fiorentina, e com a movimentação maior de seus atacantes, o time passou a rondar a área rival e se aproximar do gol. Aos 35, Hiljemark bateu falta lateral direto para o gol tentando surpreender, mas Sportiello fez grande defesa e evitou o 1 a 0. No melhor momento do rival da partida, porém, quem marcou foi a Viola. Aos 42, Simeone apareceu no lado esquerdo da área, foi inteligente para ver a infiltração pelo meio e tocou para Benassi, que apareceu livre e tocou de bico para abrir o placar para os visitantes.

O começo de segundo tempo teve a Fiorentina com uma postura menos ofensiva, tentando controlar mais a posse de bola para segurar a sua vantagem e ceder poucos espaços aos mandantes. A estratégia funcionou por 17 minutos. Aos 18, Bessa recebeu na linha de fundo com espaço, cruzou para trás e Rossi, ídolo da Viola, apareceu livre na pequena área e tocou com gol aberto para empatar: 1 a 1.

A partir daí, o jogo ficou caótico e com muito espaço. Um minutos após sofrer o gol, a Viola quase fez o segundo. Dabo recebeu cruzamento de Gaspar na segunda trave, bateu de primeira e a bola acabou explodindo na trave. Mas quem marcou outra vez foram os mandantes. Aos 22, Pandev avançou no contra-ataque pelo meio, abriu na direita e Hiljemark chegou à linha de fundo, cruzou para trás e Lapadula, que havia entrada poucos segundos antes, finalizou também livre na pequena área e virou: 2 a 1.

O Genoa quase fez o terceiro dois minutos depois. Em mais um contra-ataque, Medeiros recebeu pela direita, ajeitou pelo meio e cruzou na cabeça de Lapadula, que, livre, tocou de cabeça para fora. O jogo parecia na mão dos mandantes, até que, aos 25, Pandev deu carrinho no campo de ataque em Bruno Gaspar e foi expulso direto.

Com um a mais, Stefano Pioli tirou o lateral-direito Gaspar para a entrada do atacante Falcinelli, e mandou a Fiorentina para cima, que pressionou. Aos 28, Eysseric cobrou escanteio na primeira trave, Benassi tocou de forma acrobática e exigiu defesa de Perin com muito reflexo. Aos 31, Falcinelli recebeu após pivô de Simeone, bateu forte de canhota, mas parou em nova defesa do goleiro. Um minuto depois, ele nada pôde fazer. Dabo recebeu lançamento na linha de fundo, cruzou para trás e, após corte parcial do arqueiro, Eysseric apareceu livre para finalizar e empatar o jogo: 2 a 2.

Foto: Valerio Pennicino/Getty Images
Dabo fez seu primeiro gol pela Viola, o da vitória em Gênova (Foto: Valerio Pennicino/Getty Images)

Não demorou muito para uma revirada. Aos 35, Chiesa recebeu pela direita, cruzou rasteiro e Falcinelli ajeitou para o lado; Dabo apareceu na segunda trave, bateu de primeira e colocou a Viola a frente do placar outra vez. Com a vantagem numérica e no placar, a Fiorentina teve muito espaço e muitas finalizações: 19, contra sete do Genoa. Por pouco não ampliou. Aos 41, Falcinelli recebeu de Benassi na entrada da área, fez grande jogada e bateu forte, mas Perin salvou novamente.

Já nos acréscimos, o Genoa conseguiu exercer certa pressão e assustar. Aos 48, Iuri Medeiros fez jogada individual na entrada da área, avançou até a linha de fundo e cruzou para trás, porém Milenkovic apareceu para interceptar. Na sequência, a bola sobrou novamente para o português, que bateu fechado, mas Sportiello espalmou e garantiu a 16ª vitória da Fiorentina na Serie A.

Com 57 pontos, a Fiorentina subiu para o oitavo lugar, dois pontos atrás da Atalanta, que ocupa a sétima colocação, a última que garante vaga à Liga Europa. O Genoa permaneceu em 12º, com 41.

O Genoa volta a campo no próximo sábado (12), quando visita o lanterna Benevento, às 13h. No domingo (13), a Fiorentina volta a atuar no Artemio Franchi: recebe o Cagliari, às 10h.

VAVEL Logo

Itália Notícias

há 3 dias
há 3 dias
há 4 dias
há 4 dias
há 5 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 8 dias
há 8 dias