Internazionale goleia Udinese e pressiona rivais de Roma na luta por UCL

Internazionale goleia Udinese e pressiona rivais de Roma na luta por UCL

Equipe nerazzurri construiu o placar no primeiro tempo, marcando três gols nos 45 minutos iniciais; na segunda etapa, Borja Valero decretou o placar final

Caiaoo_
Caio Pavoski
UdineseBizzarri; Stryger-Larsen, Danilo, Samir; Widmer, Balic, Behrami, Fofana, Ali Adnan; De Paul; Lasagna. Técnico: Igor Tudor
InternazionaleHandanovic; Cancelo, Skriniar, Ranocchia, Dalbert; Borja Valero, Brozovic; Candreva, Rafinha, Perisic; Icardi. Técnico: Luciano Spalletti.

Na manhã deste domingo (6), a Internazionale foi à Udine e confirmou o seu favoritismo, goleando a Udinese por 4 a 0. O resultado foi construído todo no primeiro tempo, com três gols, sendo eles marcados por Ranocchia, Rafinha e Icardi. Na segunda etapa, os nerazzurri administraram a vantagem e ainda ampliaram com Borja Valero.

Logo ao soar do apito, a equipe de Milão já começou em cima. Aos cinco minutos, Danilo salvou um cabeceio que poderia ser o primeiro gol da partida, que parecia não demorar a acontecer. 

Com 12 minutos de partida, Ranocchia subiu mais alto do que a defesa da Udinese em escanteio e cabeceou forte, a bola bateu no canto da trave e morreu dentro do gol. Mesmo após o gol, os visitantes seguiram pressionando e mais uma vez levaram perigo em uma saída errada do goleiro Bizzari, com Danilo salvando o chute do argentino em cima da linha, mais uma vez.

Os donos da casa ainda criaram duas chances com Lasagna e De Paul, mas ambos pararam em Handanovic, que executou defesas providenciais para evitar o empate. Entretanto, a Internazionale se via sem muitas dificuldades no jogo e ampliou com Rafinha, após jogada individual e tocar para Candreva que serviu o brasileiro dentro da área para marcar o seu primeiro gol com a camisa nerazzurri.

Nos acréscimos, dois minutos depois do gol de Rafinha, Bizzari falha na saída de bola e Icardi decreta a goleada da Internazionale.

A segunda etapa se deu início logo com uma expulsão. Fofana, um dos principais meio-campistas da Udinese, cometeu falta fora de jogo em Perisic. O árbitro de vídeo foi acionado decretando o cartão vermelho para o jogador.

Com um a mais dentro de campo, os azuis de Milão aproveitaram para administrar a vantagem e, nas vezes em que chegavam ao ataque, sempre levavam perigos, visto que a defesa se mostra frágil, ainda mais com o dia ruim do goleiro, Bizzari. Tal fragilidade foi posta à prova aos 70 minutos, quando Borja Valero recebeu de Perisic e chutou forte de fora da área, ampliando o marcador para 4 a 0 em pleno Estádio Friuli, casa da Udinese.

Nos lances subsequentes ao gol, os visitantes não arriscaram mais e Luciano Spalletti promoveu substituições para valorizar a posse de bola. Do outro lado, Igor Tudor fazia o necessário para tentar ao menos descontar com um gol, mas não obteve sucesso e os donos da casa chegaram aos seu 14° jogo sem vencer na Serie A. A última vitória da Udinese aconteceu há quatro meses, contra o Genoa.

Agora, os donos da casa voltam à campo no próximo domingo (13), onde visitam o Hellas Verona, às 10h00. Já a Internazionale (12) joga no sábado, contra o Sassuolo, no San Siro.

Com a vitória, a Udinese estacionou na 15° posição, com 34 pontos. Enquanto os nerazzurri continuam na 5° colocação, com 69 pontos, na briga com a Lazio, que está à frente, na 4° com 70.

VAVEL Logo

Itália Notícias

há 9 dias
há 9 dias
há 10 dias
há 11 dias
há 12 dias
há 13 dias
há 14 dias
há 14 dias
há 16 dias
há 17 dias
há 17 dias