Hoffenheim derrota Borussia Dortmund e assegura vaga à fase de grupos da UCL

Alces aproveitaram bem as oportunidades, terminando a temporada em terceiro lugar e com a classificação para sua primeira fase principal de Champions na história; BVB termina em quarto, e também vai à Liga dos Campeões

Hoffenheim derrota Borussia Dortmund e assegura vaga à fase de grupos da UCL
(Foto: Alexandre Simoes/Borussia Dortmund/Getty Images)
Hoffenheim
3 1
Borussia Dortmund
Hoffenheim: BAUMANN; AKPOGUMA, VOGT, BICAKCIC; KADERABEK, GRILLITSCH, ZUBER (AMIRI, MIN. 64), SCHULZ; KRAMARIC (POLANSKI, MIN. 78), UTH (HACK, MIN. 88), SZALAI.
Borussia Dortmund: BÜRKI (WEIDENFELLER, MIN. 90+3); PISZCZEK, AKANJI, SCHMELZER; PULISIC, WEIGL, SAHIN, GUERREIRO; REUS, SANCHO; SCHÜRRLE (KAGAWA, MIN. 75).
Placar: 1-0, MIN. 26, KRAMARIC. 1-1, MIN. 58, REUS. 2-1, MIN. 63, SZALAI. 3-1, MIN. 74, KADERABEK.
INCIDENCIAS: CONFRONTO VÁLIDO PELA 34ª RODADA DA BUNDESLIGA 2017-18, ENTRE TSG HOFFENHEIM E BORUSSIA DORTMUND, DISPUTADO NA RHEIN-NECKAR-ARENA NESTE SÁBADO (12).

A vitória do Hoffenheim no confronto com o Borussia Dortmund por 3 a 1, neste sábado (12), na Rhein-Neckar-Arena, classificou a equipe para a Uefa Champions League 2018/19 pela segunda vez consecutiva - mas pela primeira vez à fase de grupos. Os alces terminaram a Bundesliga 2017/18 com o melhor resultado numa temporada sob o comando do técnico Julian Nagelsmann. Os donos da casa saíram na frente em um primeiro tempo morno. No início da segunda metade os aurinegros empataram, mas o Hoffi superou o adversário e marcou mais dois. Os gols foram marcados por KramaricReus, SzalaiKaderábek

A partida começou com ritmo lento. A primeira oportunidade veio aos cinco minutos para o Hoffenheim. Szalai cabeceou para o gol, mas a bola bateu na trave. O jogo foi se arrastando, nenhum dos times conseguiu assumir o controle da partida até então. Aos 15, o Dortmund apareceu e teve a primeira chance real da partida. Sancho passou para Guerreiro que escolheu o lugar para chutar, mas Baumann conseguiu defender. Logo depois, aos 18, Weigl chutou para a área para Guerreiro que chutou para o gol e Baumann mandou a bola pra fora.  

O jogo saiu da intermediária só aos 26 minutos quando o Hoffenheim abriu o placar. Após Bürki se atrapalhar na saída da bola, o goleiro tentou limpar e chutou direto para Andrej Kramaric que avançou e chutou para dentro do gol.

Kramaric comemora o seu gol que abriu o placar da partida (Alexander Scheuber/Bongarts/Getty Images)
Kramaric comemora o seu gol que abriu o placar da partida (Alexander Scheuber/Bongarts/Getty Images)

A resposta dos aurinegros só veio aos 34, Schürrle chegou bem ao ataque e chutou frente a frente com Baumann que pressionou o jogador, e o chute acertou o lado de trás da rede.

Ambas as equipe tiveram pequenas chances até o final do primeiro tempo. Sancho e Pulisic tentaram puxar o Dortmund para o ataque, enquanto os alces trabalhavam bem pela direita com a combinação Kaderabek e Kramaric.

O segundo tempo iniciou com as equipes atacando mais. Aos 53, Szalai obrigou Bürki a fazer uma bela defesa, no rebote a bola foi de encontro a Kaderábek que chutou, mas Piszczek bloqueou. Aos 58 minutos o Dortmund empatou o placar. Guerreiro tocou na esquerda para Reus que entrou na área, desviou do marcador e chegou meio atrapalhado com a bola perto do gol, chutando e igualando o marcador.

Reus comemora com os colegas o seu gol de empate (Alexander Scheuber/Bongarts/Getty Images)
Reus comemora com os colegas o seu gol de empate (Alexander Scheuber/Bongarts/Getty Images)

Não demorou muito para o Hoffenheim responder modificando o placar ao marcar outra vez. Aos 63, Szalai encontrou espaço na área e consegue um belo chute para o gol: 2 a 1.

Szalai comemora o segundo gol (AMELIE QUERFURTH/AFP/Getty Images)
Szalai comemora o segundo gol (AMELIE QUERFURTH/AFP/Getty Images)

O ritmo da partida acalmou um pouco e a chance só foi aparecer aos 73. Kaderábek aproveitou e marcou o terceiro gol para os donos da casa após bate-rebate dentro da área.

Comemoração do terceiro gol marcado por Kaderabek (Alexander Scheuber/Bongarts/Getty Images)
Comemoração do terceiro gol marcado por Kaderabek (Alexander Scheuber/Bongarts/Getty Images)

Nos dez minutos finais, os visitantes não conseguiram criar oportunidades boas para tentar diminuir o placar, apenas esperavam que o Bayer Leverkusen não o superasse no saldo de gols. Nos acréscimos, Roman Weidenfeller entrou na partida para fazer os seus últimos minutos na carreira como goleiro, se despedindo do clube e da torcida aurinegra.

Weidenfeller agradece o apoio da torcida na sua última partida (Alexandre Simoes/Borussia Dortmund/Getty Images)
Weidenfeller agradece o apoio da torcida na sua último jogo (Alexandre Simoes/Borussia Dortmund/Getty Images)

E assim acabou a partida com a vitória do Hoffenheim na última rodada da Bundesliga, terminando a temporada em terceiro lugar com 55 pontos e um gol a mais que os aurinegros no saldo de gols, classificado para a Uefa Champions League 2018/19. O Borussia Dortmund caiu uma posição, terminando em quarto, ficando com a última vaga para a UCL e na frente do Leverkusen por três gols a mais no saldo.