Stuttgart quebra jejum e goleia Bayern de Munique em dia de festa do título

A centésima partida entre Stuttgart e Bayern de Munique na Bundesliga, acabou deixando a cerveja do hexacampeão mais amarga, na manhã deste sábado (12). A equipe de Baden-Württemberg goleou os bávaros, por 4 a 1, na Allianz Arena, o que não acontecia desde 2010.

Desta maneira, o Suábios terminam o Campeonato Alemão em sétimo colocado, com 51 pontos e sonham com uma vaga na Europa League, caso o Gigante da Baviera ganhe a DFB Pokal, no próximo sábado (19). Em um dia de festa - com a entrega da Salva de Prata -, foi marcado o adeus de Jüpp Heynckes e uma homenagem ao ex- Bayern, Badstuber, que permaneceu no time de Munique por 15 anos.

Foto: Divulgação/Bayern

Depois de se despedir de Heynckes com os olhos marejados pela sua última partida comando o Bayern e do zagueiro Holger Badstuber, os 75 mil torcedores viram os dono da casa trabalhar a posse de bola no ataque. Em boa posição, Müller recebeu livre e de primeira passou para o Lewandowski. No entanto, o polonês pegou mal na bola e chutou pra fora.

O Stuttgart não se intimidou. Aos 5 minutos, Donis deu uma meia lua em Rafinha, deu passe rasteiro e Ginczek escorou para o gol. 1 a 0. Tentando dar resposta, Ribery cruzou dentro da área , Müller tentou aproveitar a sobra, mas, Badstuber tirou de qualquer maneira. Na sequência, o camisa 7 recebeu pelo lado esquerdo do campo. Ele entrou na área e acabou esbarrando na zaga e se jogou pedindo pênalti, corretamente foi negado pelo juiz.      

Em busca de marcar o seu 30º tento, Robert Lewandowski que passou por dois dentro da área, na hora do giro acabou tropeçando. Na marca da penalidade máxima, Tolisso chutou firme e a bola foi para no fundo do gol. 1 a 1.

Aos 33, em bola alçada na área, Lewandowski cabeceia de frente para o gol, no reflexo, Zieler consegue defender a queima roupa. Logo, o goleiro de 29 anos fez outro milagre. Tolisso  finalizou forte e o camisa 16 segurou.

Em busca da virada , Ribery usou a experiência. De letra jogou a bola em cima do defensor para ganhar o escanteio. Süle subiu no terceiro andar e novamente o arqueiro apareceu para se consagrar neste primeiro tempo. No minutos finais, em uma arrancada espetacular, Donis deixou o camisa 4 na saudade e esperou a saída de Ulreich para estufar as redes. 2 a 1.

Foto: Divulgação/Bayern

No começo do segundo tempo, aos 6, em um contra-ataque mortal, Insua fez um cruzamento perfeito na cabeça de Akolo, que ampliou a vantagem: 3 a 1. Dois minutos depois, o grego Donis colocou a bola na área. Thommy cabeceo, Ulreich mandou a bola pro lado e Ginczek aproveitou o rebote: 4 a 1.

Na reta final, Martínez inverteu a jogada para Lewandowski na pequena área. O camisa 9 chutou no lado de fora na rede, mas o placar terminou com goleada para os visitantes: 4 a 1. O Bayern não perdia em casa na Bundesliga fazia 38 jogos.

Após o término da partida, o capitão Manuel Neuer apareceu para receber a Salva de Prata. Porém, tanto tempo longe dos gramados, entregou o troféu para as mãos de Thomas Müller, que o ergueu para encerrar a temporada 2017/18 da Bundesliga.

Foto: Divulgação/Bayern
VAVEL Logo