Juventus fica no empate com Roma e conquista heptacampeonato italiano

Mesmo com um a mais, Vecchia Signora preferiu segurar o 0 a 0 e conseguiu sacramentar o título italiano

Juventus fica no empate com Roma e conquista heptacampeonato italiano
(Foto: Paolo Bruno/Getty Images)

O scudetto da temporada 2017/2018 tem dono: a Juventus. Neste domingo (13), pela 36ª rodada, a equipe de Turim foi até a capital da Itália para enfrentar a Roma precisando de apenas um empate para conquistar a Serie A pela 34ª vez em sua história. E foi justamente com o placar de 0 a 0 que a torcida bianconeri pode soltar pela sétima vez seguida o grito de campeão, algo inédito no futebol italiano.

Com o empate, a Vecchia Signora chegou aos 92 pontos e não pode mais ser alcançada pelo segundo colocado Napoli ou qualquer outra equipe. Por outro lado, a giallorrosi ainda tenta se manter na terceira posição, já que está com 74 pontos e ainda pode ser ultrapassada pela Lazio. As duas equipes voltam a campo no próximo domingo (20), na última rodada do calcio. A Roma encara o Sassuolo no Città del Tricolore ás 15h45, enquanto a Juventus recebe o Hellas Verona em Turim ás 13h para levantar o scudetto.

O jogo

A partida começou com muita pressão do lado romanista, procurando sempre a referência, Dzeko, na área. O primeiro lance de perigo surgiu dos pés de Nainggolan, aos 10 minutos. Após roubar a bola no meio campo, o belga partiu em velocidade e achou o melhor ângulo para finalizar forte de pé direito, mas a bola subiu e foi para fora. Alguns minutos depois foi a vez de Pellegrini arriscar de longe e mandar pra longe do gol de Szczęsny.

A marcação forte prejudicava a Juventus, que pouco conseguiu criar no primeiro tempo. A única chance de real foi de Dybala, aos 28, em um chute á esquerda do gol de Alisson, que pouco tinha trabalhado. Os donos da casa não se intimidaram e tão pouco queriam ver a Vecchia Signora festejar um título em seu terreno. Já nos minutos finais do primeiro tempo, a giallorossi teve falta próxima a área e Kolarov foi pra bola. O lateral sérvio cobrou forte na rede pelo lado de fora e a torcida no Olimpico chegou a gritar gol. 

Apesar da pressão da equipe mandante no primeiro, o placar zerado acabou sendo justo pelas poucas chances criadas e que pouco assustaram os dois lados. O resultado contemplava a Juventus como campeã antecipada da Serie A, independente do resultado entre Napoli e Sampdoria.

Com apenas 3 minutos da etapa complementar, Dybala recebeu passe nas costas da zaga e finalizou pra abrir o placar. Porém, o argentino estava impedido e o juiz anulou o gol. 

O tempo foi passando e o jogo foi ficando mais pegado e com muitas faltas cometidas por ambos os times. A partida truncada pelo meio fez com que a Roma apostasse ainda mais nas jogadas pela esquerda com Kolarov. Aos 19 do segundo tempo, o sérvio conseguiu o bote pra cima de Bernardeschi na entrada da área e bateu rasteiro, mas a bola desviou e saiu.

Três minutos depois do lance veio o grande baque para os romanistas. Nainggolan deu uma entrada forte em Dybala na intermediária e como já tinha cartão amarelo, recebeu o segundo e foi expulso. Foi então que Massimiliano Allegri optou por colocar a Juventus na frente e promoveu a entrada do atacante Douglas Costa no lugar de Bernadeschi. O brasileiro brilhou nos últimos jogos da Juventus e se tornou uma carta na manga.

Porém, a calma seguiu na equipe juventina e seguiu assim até o fim do jogo. Mesmo com um a mais, eles pouco ameaçavam á área adversária e preferiam rodar a bola no meio. Já faltando 5 minutos para o fim, a Vecchia Signora já não fazia questão de atacar e aguardaram apenas o apito final para soltar o grito de campeão. Sétimo título seguido para o torcedor bianconeri festejar na Itália.