Wolfsburg supera Holstein Kiel e abre boa vantagem para assegurar permanência na Bundesliga

Lobos fizeram valer o mando de campo e o apoio do torcedor e podem ser derrotados por um gol de diferença que continuam na elite nacional por mais uma temporada

Wolfsburg supera Holstein Kiel e abre boa vantagem para assegurar permanência na Bundesliga
Ronny Hartmann/Bongarts/Getty Images
Wolfsburg
3 1
Holstein Kiel
Wolfsburg: Casteels; William, Knoche, Brooks e Uduokhai; Guilavogui, Arnold, Malli (Camacho, min. 86), Steffen (Blaszczykowski, min. 81) e Brekalo; Origi (Dimata, min. 91). Técnico: Bruno Labbadia.
Holstein Kiel: Kronholm; Herrmann, Schmidt, Czichos e Van den Bergh; Peitz (Mühling, min. 61), Schindler, Drexler, Kinsombi e Lewerenz (Seydel, min. 61); Ducksch. Técnico: Markus Anfang.
Placar: 1-0, Origi, min. 13. 1-1, Schindler, min. 34. 2-1, Brekalo, min. 40. 3-1, Malli, min. 56.
ÁRBITRO: Deniz Aytekin, auxiliado por Christian Dietz e Eduard Beitinger
INCIDENCIAS: Primeira partida válida pelos playoffs contra o rebaixamento da Bundesliga 2017-18, disputada na Volkswagen Arena

O Wolfsburg se deparou mais uma vez com o desafio de estar nos playoffs contra o rebaixamento para se sustentar na elite do futebol nacional. Na tarde desta quinta-feira (17), na Volkswagen Arena, os Lobos fizeram valer o mando de campo e superaram o Holstein Kiel, terceiro colocado da 2. Bundesliga por 3 a 1. Origi, Brekalo e Malli marcaram os gols da equipe mandante, enquanto Schindler descontou para os visitantes.

O primeiro tempo do confronto foi bastante movimentado, um dos melhores em relação às repescagens dos anos anteriores. As equipes fizeram uma partida muito franca, com boas chances para ambas. O Wolfsburg começou a construir a vitória aos 13 minutos. Após boa jogada individual de Brekalo pela esquerda, Steffen completou para o gol. O goleiro Kronholm deu rebote, Origi completou para o gol vazio e abriu o placar.

O Holstein Kiel mostrava alguns problemas defensivos, mas apresentava velocidade no ataque, embora o último passe fosse deficiente. Em um lance precioso, as Cegonhas conseguiram igualar o marcador. Aos 34, Drexler fez bela jogada pelo lado esquerdo, passou por dois marcadores na linha de fundo e rolou para o meio da área. Schindler bateu colocado e igualou aos visitantes. Mas os Lobos foram eficazes em logo retomarem a superioridade no placar. Aos 40 minutos, a zaga do Kiel afastou mal e Brekalo emendou uma linda finalização na meia-lua. Por mais que Kronholm pulasse e ainda tentasse evitar o gol, não conseguiu.

Ronny Hartmann/Bongarts/Getty Images

No segundo tempo, o Wolfsburg começou melhor. O Holstein Kiel sentiu os dois gols sofridos na primeira etapa e o abatimento era perceptível. Com isso, os mandantes ficaram mais próximos de assegurar a vitória e conseguiram marcar o terceiro no confronto. Aos 11, Origi fez boa jogada como pivô: protegeu, girou e deixou Malli na cara do gol para balançar as redes. As alterações promovidas pelo técnico Markus Arfang deixaram a equipe da 2. Bundesliga mais ligada na reta final, com mais presença no ataque, mas a deficiência nas finalizações era visível. Quando chegaram em chutes de Seydel e Ducksch apenas passaram perto da trave e não minimizaram o revés.

Com o resultado, o Wolfsburg pode ser derrotado por um gol de diferença que permanece na primeira divisão nacional. Para conseguir a ascensão inédita e histórica, o Holstein Kiel precisa de um triunfo por 2 a 0 ou por três gols de vantagem. O segundo e decisivo confronto será disputado às 15h30 da próxima segunda-feira (21), no Holstein-Stadion.