Atacante Mario Gomez lamenta ausência de Sandro Wagner: "Levaria à Copa do Mundo"

Atacante Mario Gomez lamenta ausência de Sandro Wagner: "Levaria à Copa do Mundo"

Jogador do Bayern de Munique não está na lista prévia dos 27 jogadores selecionados por Joachim Löw para o período de treinos; além de Mario Gomez, Nils Petersen e Timo Werner foram os convocados para o setor ofensivo

tainanmelo
Taynã Melo

A ausência de Sandro Wagner da lista prévia dos convocados da Seleção da Alemanha para a disputa da Copa do Mundo ainda gera comentários e discussão. O técnico Joachim Löw deixou de fora o jogador do Bayern de Munique, que, por sua vez, insatisfeito com a decisão do treinador, anunciou a aposentadoria da Mannschaft. Convocado para mais um Mundial, a ser iniciado no próximo mês de junho, Mario Gomez afirmou que entende a decepção do companheiro de setor ofensivo e que o colocaria entre os selecionáveis.

“Obviamente Sandro Wagner está desapontado. Eu o levaria para a Copa do Mundo”, afirmou o centroavante à beira dos 33 anos de idade, ao deixar claro também o merecimento de Timo Werner e Nils Petersen para estarem na lista como referências no setor de ataque. “Timo Werner é o futuro: ele pode se tornar um dos melhores atacantes do mundo – eu já disse isso muitas vezes. E Nils Petersen ganhou porque ele realmente foi impressionante para o Freiburg na temporada que acabou”, completou.

Martin Rose/Bongarts/Getty Images

Dentre os três convocados, Mario Gomez é o mais experiente, com 73 participações e disputas de Eliminatórias Europeias, Eurocopa, Copa das Confederações e Copa do Mundo. Werner foi convocado em 12 oportunidades e Nils Petersen nunca tinha sido chamado por Löw, mas o bom desempenho no ataque do Freiburg na temporada foi determinante. O jogador foi o segundo maior goleador da Bundesliga, com 15 gols, enquanto Werner marcou 13 vezes e Gomez balançou a rede em nove oportunidades.

Até a próxima segunda-feira (4), a comissão técnica tem a obrigação de enviar os 23 jogadores que irão representar a Alemanha na Copa do Mundo, o que significa que quatro atletas participantes dos treinamentos preparativos serão cortados. Ao ser perguntado sobre isso, Mario Gomez foi taxativo em afirmar que não tem certeza se vai à Rússia.

“Eu não sei o que vai acontecer depois da Copa do Mundo. A única coisa que sei com certeza é que definitivamente estarei no Stuttgart na próxima temporada. O técnico sabe o que eu trago para o jogo e farei de tudo para estar na Copa do Mundo. Não posso fazer mais do que isso”, concluiu.

A Alemanha terá dois amistosos, a serem disputados contra Áustria e Arábia Saudita, como finalizadores da preparação para o Mundial. A equipe vai buscar o pentacampeonato e a detenção da hegemonia dos maiores vencedores – ao lado da Seleção Brasileira – a partir do dia 17 de junho, quando enfrenta México, Suécia e Coreia do Sul no Grupo F.

VAVEL Logo

Alemanha Notícias

há 4 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 11 dias
há 11 dias
há 11 dias
há 12 dias
há 12 dias
há 13 dias