Pouco inspirada, França apenas empata com Estados Unidos em último teste pré-Copa
(Foto: AFP/Jeff Pachoud)

Pouco inspirada, França apenas empata com Estados Unidos em último teste pré-Copa

Franceses dominaram as ações no primeiro tempo, mas frustraram os torcedores ao sair atrás do placar contra os americanos; Bleus agora focam na estreia diante da Austrália

Caio__Vinicius
Caio Vinicius

Neste sábado (9), a França realizou seu último teste antes de ir para a Rússia. Diante dos Estados Unidos, os Bleus jogaram melhor, mas ficaram apenas no 1 a 1. Julian Green abriu o placar em Lyon ainda no primeiro tempo e Kylian Mbappé empatou já na parte final do jogo.

Agora a Seleção Francesa já começa a preparação definitiva para sua estreia na Copa do Mundo. O primeiro jogo é diante da Austrália no sábado (16), ás 7h. Em seu segundo compromisso, a França enfrenta o Peru no dia 21, quinta-feira, ao 12h. No encerramento do Grupo C, eles travam duelo contra a Dinamarca, terça-feira (26), ás 11h.

Os Estados Unidos, que estão fora do Mundial, só voltam a campo em setembro, diante do México. A partida está marcada para o dia 11, sexta-feira, no Nissam Stadium.

Franceses dominam a primeira etapa, mas são castigados pela pouca inspiração

A partida no Parc Olympique Lyonnais começou frenética pelo lado dos donos da casa. Com apenas quatro minutos, Green tentou puxar contra-ataque, mas tocou errado e a bola sobrou para a Pogba, que mandou uma bomba na trave esquerda. Em seguida, aos nove, foi a vez de Giroud criar boa oportunidade ao cabecear a bola em cima do goleiro após lançamento na área.

Se destacando pela mobilidade, Griezmann criou boas oportunidades para os Bleus. O atacante conseguia facilmente se desmarcar dos defensores, tanto que aos 20, se desvencilhou do marcador e chutou de perna esquerda, assustando Steffen.

Apesar da pressão, a França tinha dificuldades em rodar a bola e em alguns momentos era pouco incisiva. Pogba era o mais participativo e aos 32, criou outra ótima chance. O volante recebeu na entrada da área, cortou o defensor e finalizou de perna esquerda ao lado da trave.

No lado dos Estados Unidos, a jovem seleção sentia a falta de poder ofensivo contra o forte adversário, mas ainda sim encontrava espaços na defesa francesa. E foi assim que saiu o primeiro gol da partida. Aos 41, Moore avançou pela direita e cruzou, Sidibé tentou dominar a bola na área, mas acabou por deixar ela escapar. Green aproveitou a sobra e bateu no canto direito de Lloris, abrindo o placar já no final do primeiro tempo.

Lance de Giroud e poucas chances marcam o segundo tempo

Os 45 minutos restantes do confronto foram diferentes do que se esperava. Apesar de seguir superior, o time de Didier Deschamps ainda pecava pela falta de inspiração na parte da criação e já não ameaçava os americanos com tanto perigo.

O primeiro lance significativo da etapa complementar aconteceu pelo lado americano. Aos 47, Green passou por Mendy, cruzou rasteiro e encontrou Wood livre pra marcar o segundo gol dos Estados Unidos. Porém, o atacante estava em posição irregular e o tento foi anulado pelo bandeira.

Cinco minutos depois, após escanteio cobrado, Giroud se chocou feio com Miazga e jogo foi paralisado. O atacante teve que ter a cabeça enfaixada, mas por prevenção, foi substituído e deu lugar a Dembélé.

O golpe duro para os estadunidenses veio aos 77 minutos. Fékir, que tinha acabado de entrar, levou a defesa americana até a entrada da área e encontrou Pavard livre na direita. O lateral cruzou rasteiro, na medida para Mbappé, sem marcação, balançar as redes e empatar a partida. 

Os EUA não conseguiram reagir ao gol sofrido e viram a França apenas administrar o resultado até o fim de jogo. Empate amargo para Didier Deschamps e comemorado pela jovem equipe de Dave Sarachan.

VAVEL Logo

Ligue 1 - França Notícias

há 12 dias
há 22 dias
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês
há um mês