Imprensa argentina repercute possível abuso sexual de Sampaoli; polícia nega
Técnico já está na Rússia para a disputa da Copa do Mundo (Divulgação/AFA)

Imprensa argentina repercute possível abuso sexual de Sampaoli; polícia nega

Jornais argentinos noticiam que uma cozinheira da AFA estaria denunciado o treinador da Seleção Argentina

Araujo_Luis
Luis Araujo

A fase da Seleção Argentina não é das melhores. Após perder Lanzini com uma lesão no joelho, a delegação pode ficar sem treinador para a disputa da Copa do Mundo da Russia.

Segundo informações de jornais argentinos, Jorge Sampaoli estaria sendo acusado de assédio sexual por uma cozinheira da Federação Argentina de Futebol. 

Claudio Tapia, presidente da associação, tentou contornar a situação oferecendo uma quantia em dinheiro para a mulher não relatar as autoridades o que teria acontecido, mas não foi aceito.   

Não está descartado que o treinador saia antes mesmo do Mundial. Diretores da federação de futebol do país, afirmam que Sampaoli deve mesmo sair do comando da seleção após os jogos na Rússia. 

Neste domingo (10), após muitas perguntas de jornalistas locais a polícia argentina negou que tenha qualquer denúncia sobre o assunto em um comunicado oficial. 

“Tomamos conhecimento das notícias nas redes sociais sobre denúncia de abuso sexual contra o técnico Jorge Sampaoli ocorrido no prédio da AFA de Ezeiza (Argentina) em que a vítima é uma funcionária. No momento não existe denúncias a respeito do tema”, diz o comunicado.

VAVEL Logo

    Argentina Notícias

    há 4 dias
    há 4 meses
    há 4 meses
    há 4 meses
    há 5 meses
    há 5 meses
    há 5 meses
    há 5 meses
    há 5 meses
    há 5 meses
    há 5 meses