Guia VAVEL Copa do Mundo 2018: Portugal
Portugal durante a conquista da Eurocopa de 2016 (Foto: Editoria de Arte / VAVEL Brasil)

Guia VAVEL Copa do Mundo 2018: Portugal

Sob comando de Cristiano Ronaldo e embalados pela conquista da Eurocopa, Portugal busca desbancar as favoritas ao título do Mundial

lucasmontagnini
Lucas Montagnini

Comandados por CR7 e com jovens promessas, Portugal deve chegar muito longe nessa Copa do Mundo. Depois de conquistar a Eurocopa e passar pelas eliminatórias sem nenhuma dificuldade, os lusitanos têm tudo para se classificarem pelo menos em segundo lugar para a fase eliminatória, já que o seu grupo conta com as fracas seleções de Irã e Marrocos, além da poderosa Espanha.

Expectativa

A atual campeã da Eurocopa vem para a Copa do Mundo na Rússia com muitas expectativas. Após a conquista do título mais importante do continente, Portugal ainda foi muito bem nas Eliminatórias. Durante a competição classificatória, o país teve 90% de aproveitamento, sendo essa a sua melhor campanha na história.

Com apenas uma derrota em dez jogos, Portugal ficou na liderança do grupo e garantiu a quinta participação consecutiva na Copa do Mundo. Além da bela campanha realizada, a seleção lusitana ainda conta com o craque Cristiano Ronaldo para mostrar que pode ir muito longe na competição.

Os convocados de Fernando Santos

A convocação do treinador Fernando Santos não apresentou muitas novidades, mas nomes importantes como os meias André Gomes, do Barcelona, Nani, da Lazio, e o herói da conquista da Eurocopa de 2016, o atacante Eder, do Lokomotiv, não estiveram presentes na lista final.

Em relação aos 35 pré-convocados, apenas 23 permaneceram. Destaques para as surpresas Rúben Dias, do Benfica, Ricardo Pereira, do FC Porto, e Manuel Fernandes, do Lokomotiv.

Goleiros – Anthony Lopes (Lyon), Beto (Goztepe) e Rui Patrício (Sporting)

Defesa – Bruno Alves (Rangers), Cédric Soares (Southampton), José Fonte (Dalian Yifang), Mário Rui (Nápoles), Pepe (Besiktas), Raphael Guerreiro (Dortmund), Ricardo Pereira (FC Porto) e Rúben Dias (Benfica)

Meias – Adrien Silva (Leicester), Bruno Fernandes (Sporting), João Mário (West Ham), João Moutinho (Mónaco), Manuel Fernandes (Lokomotiv), e William Carvalho (Sporting)

Atacantes – André Silva (Milan), Bernardo Silva (Manchester City), Cristiano Ronaldo (Real Madrid), Gelson Martins (Sporting), Gonçalo Guedes (Valência) e Ricardo Quaresma (Besiktas)

Destaques

Cristiano Ronaldo

Cristiano Ronaldo em partida da Eurocopa (Fonte:Getty Images)
Cristiano Ronaldo em partida da Eurocopa (Fonte:Getty Images)

O craque do Real Madrid é a principal arma da seleção portuguesa e esperança de gols da equipe. Para se ter uma ideia da importância do atacante, na era Cristiano Ronaldo, Portugal chegou a cinco semifinais em oito competições. Além da habilidade e poder de decisão do camisa 7, seus números pela seleção de Portugal impressionam.

No ranking de maiores goleadores por uma seleção nacional, CR7 ocupa a terceira posição, com 81 gols em 108 partidas. Cristiano está à frente de nomes como Pelé, Klose, Gerd Muller, Ronaldo Fenômeno e Lionel Messi.

Bernardo Silva

Bernardo Silva em partida da Copa das Confederações (Fonte: Getty Images)
Bernardo Silva em partida da Copa das Confederações (Fonte: Getty Images)

Um dos destaques da equipe do Manchester City na temporada, o jovem atacante português vai disputar a sua primeira Copa do Mundo e busca trilhar os mesmos passos de Samuel Eto’o, Michel Owen e Lionel Messi, já que eles também disputaram a competição ainda bem jovens e fizeram sucesso.

Durante a última coletiva de imprensa da temporada, seu comandante do clube inglês, Pep Guardiola, rasgou elogios: “Portugal tem uma joia de jogador e pessoa”. O camisa 11 da seleção portuguesa é uma grande aposta de seu país, que sob o comando de Cristiano Ronaldo busca dar o título inédito aos lusitanos.

Fique de olho: André Silva

André Silva comemora gol na Eurocopa (Fonte: Getty Images)
André Silva comemora gol na Eurocopa (Fonte: Getty Images)

André Silva não fez uma boa temporada pela sua equipe, o Milan, mas apesar do decepcionante desempenho pelo clube italiano, o camisa 9 Português é a aposta de gols de seu país.

Apesar das críticas sofridas, o centroavante conta com a confiança do treinador Fernando Santos, e se apega aos bons números com a camisa de Portugal: são 12 gols em 21 jogos pela seleção portuguesa.

Técnico

Fernando Santos na comemoração do título da Eurocopa (Fonte: Getty Images)
Fernando Santos na comemoração do título da Eurocopa (Fonte: Getty Images)

O ex-jogador e atual comandante português, Fernando Santos, colocou Portugal em um alto patamar para bater de frente com as principais potencias do futebol mundial. Além disso, o técnico é um dos principais responsáveis pela mais importante conquista de seu país: a Eurocopa.

Além da conquista do titulo continental, o técnico já faturou a Primeira Liga pela equipe do Porto (1998-99), duas vezes a Taça de Portugal (1999-00 e 2000-01) e uma Copa da Grécia pela equipe do AEK Atenas (2001-02).

Essa será a segunda vez que o comandante dirigirá uma seleção em Copas do Mundo. A primeira vez foi com a Grécia no Brasil em 2014.

Campanha na última Copa

Os portugueses não têm boas lembranças da última Copa do Mundo disputada no Brasil. Em um grupo que ainda contava com Estados Unidos, Gana e Alemanha, a seleção lusitana não conseguiu sequer a segunda colocação do grupo, que ficou com a equipe norte americana.

Com a derrota por 4 a 0 para a Alemanha na estreia, e um empate em 2 a 2 contra a seleção Estadunidense, Portugal foi para a última rodada do grupo G dependendo de uma combinação de resultados.

Apesar da Alemanha ter vencido os Estados Unidos, a seleção portuguesa fez apenas 2 a 1 frente a seleção de Gana, não diminuiu o saldo em relação aos norte americanos e ficou de fora da próxima fase da competição.

 

VAVEL Logo

    Futebol Internacional Notícias

    há 6 horas
    há 7 horas
    há 16 horas
    há um dia
    há um dia
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias