Com todo o gás! Rússia vence Arábia Saudita e iguala maior goleada em estreia de Copa

Com todo o gás! Rússia vence Arábia Saudita e iguala maior goleada em estreia de Copa

Anfitriã protagoniza marca histórica e mantém tradição de que país sede nunca perdeu em estreia; Arábia Saudita sofre derrota por alto número de gols

ariannalacerda
Arianna Lacerda
Rússia AKINFEEV, MÁRIO FERNANDES, KUTEPOV, IGNASHEVICH E ZHIRKOV; GAZINSKIY, ZOBNIN, SAMEDOV, GOLOVIN E DZAGOEV; SMOLOV.
Arábia Saudita AL-MAIOUF; ALBURAYK, OS.HAWSAWI, OM.HAWSAWI, AL-SHAHRANI; OTAYF, AL-DAWSARI, AL-FARAJ, AL-JASSAM; AL-SHEHRI E AL-SAHLAWI.
Placar1-0,MIN. 11, GAZINSKIY. 2-0, MIN. 42, CHERYSHEV. 3-0, MIN. 70, DZYUBA. 4-0, MIN. 90, CHERYSHEV. 5-0, MIN. 90, GOLOVIN.
ÁRBITRONESTOR PITANA (ARG-FIFA). Cartões amarelos: Golovin (min. 88), Jassim (min. 90+3).
INCIDENCIASPARTIDA VÁLIDA PELA PRIMEIRA RODADA DA COPA DO MUNDO entre Rússia e Arábia Saudita, DISPUTADA NO ESTÁDIO LUZHNIKI, EM MOSCOU.

O primeiro jogo da Copa do Mundo aconteceu na tarde desta quinta-feira (14), e contou com a anfitriã Rússia enfrentando a Arábia Saudita. Os russos golearam por 5 a 0, igualando a marca de maior goleada em uma estreia de Copa. 

Em 1934, a França venceu por 7 a 1 os EUA na estreia do Mundial, mas naquela época aconteciam varios jogos simultanaeamente no dia da estreia. Desde que o sistema mudou e passou a ocorrer uma partida de estreia separada das demais partidas, o Brasil ostentava a marca de maior goleada sobre o México por 5 a 0 em 1954

Estreia perfeita: russos são precisos nas finalizações e saem na frente 

A primeira etapa iniciou com a tentativa da Rússia puxar um contra-ataque, mas Samedov foi derrubado de recebeu falta. A marcação na saída de bola árabe foi intensa, pois os russos procuravam travar a todo momento os jogadores adversários, fazendo a bola ficar em um bate e rebate, sem chances de ataque. Com isso o time saudita recorreu aos chutões já que não conseguiam sair com a bola, mas ficaram trocando passes na entrada da área e não tiveram êxito nas finalizações. 

A Rússia aproveitou melhor as finalizações, pois na primeira que teve saiu o gol. Aos 11 minutos, Golovin pegou bola na entrada da área e cruzou em direção ao Gazinskiy, que subiu e cabeceou direto no gol, abrindo o placar. Em seguida Dzagoev sentiu aparentemente um problema muscular, já que o jogador levou a mão na parte de trás da coxa esquerda. Foi substituído imediatamente. Arábia Saudita se apagou mais ainda no jogo depois de tomar o gol e mostrou total desanimação. Mas Al-Burayk fez lançamento de bola a entrada da área, onde Salem dominou e tentou chute, mas a finalização foi para a linha de fundo. 

Os russos não pararam por aí, pois aos 42 minutos, perto do fim da primeira etapa, Cheryshev ampliou o placar. Zobnin viu o camisa 11 livre e rolou bola para o jogador, que se livrou da marcação e mandou um belo chute no gol, deixando o placar 2 a 0 nesta primeira etapa. 

Rússia golea com dois gols no fim e mantém tradição de anfitriã vencer jogo de estreia; Arábia Saudita é goleada por um placar alto

O início do segundo tempo começou com uma sequência de bolas disputadas no alto, com troca intensa de passes da Rússia, que procurava tirar proveito de algum erro da zaga árabe. Samedov aproveitou e chutou na entrada da área, mas mandou pra fora. Não demorou muito para os árabes responderem, pois logo aos 11 minutos Al-Burayk chegou pela direita e fez cruzamento longo para Al-Sahlawi, que conseguiu um leve desvio. A bola passou em frente ao gol e quase foi desviada por Al-Jassim

Apesar das boas chances, nenhuma foi tão precisa para chegarmos ao gol. Porém, os russos não desistiram e logo aos 25 minutos Golovin cruza na medida para Dzyuba subir sozinho e cabecear. Al-Dawsari se mostrou insatisfeito logo após o gol e tentou um chute de fora da área, mas bola foi por cima do gol. O jogo a partir de então ficou pra lá e pra cá, mas sem êxito para ninguém. 

Para quem achou que a Rússia parava por aí, se enganou. A anfitriã marcou o quarto gol aos 45 do segundo tempo, quando Cheryshev avançou e tentou um chute de trivela da entrada da área, porém, a bola pegou efeito e morreu no fundo das redes. Para a surpresa, quando chegou aos acréscimos, a Rússia marcou o quinto gol, protagonizando a maior goleada da história em estreia de Copa do Mundo. Golovin em cobrança de falta marcou o quinto com da seleção, finalizando com 5 a 0. 

VAVEL Logo

Futebol Internacional Notícias

há 3 dias
há 4 dias
há 6 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 8 dias
há 8 dias
há 10 dias