Com sua ótima geração mais experiente, Bélgica estreia na Copa diante do inédito Panamá

Com sua ótima geração mais experiente, Bélgica estreia na Copa diante do inédito Panamá

Bélgica vem de ótimas atuações e espera não sofrer grande resistência dos panamenhos

Araujo_Luis
Luis Araujo

Bélgica e Panamá se enfrentam nesta segunda-feira, às 12h, no Estádio Olímpico de Sochi, na abertura do Grupo G da Copa do Mundo da Rússia

O jogo de abertura promete oferecer um contraste fascinante de estilos. A Bélgica entra em campo com grande força depois de algumas atuações impressionantes em seus amistosos de preparação, e o técnico Roberto Martinez conta com uma geração talentosa no auge de seus poderes.

Seus jogadores também trazem sólida experiência internacional, com o Mundial de 2014 e a Euro 2016 em sua bagagem, e agora esperam alcançar um novo patamar na Rússia.

Quanto ao Panamá, eles devem embarcar em sua primeira aventura na Copa do Mundo, mas não têm a intenção de dar um começo fácil ao seu adversário. O técnico Hernan Dario Gomez está cauteloso com o poder de fogo da Bélgica e está ansioso para que seu time mantenha as coisas ajustadas, especialmente porque os vizinhos Costa Rica sofreram uma pesada derrota por 4 a 1 para os europeus em um amistoso há apenas uma semana.

Como vem a ótima geração belga?

Espera-se que Roberto Martinez comece o torneio com uma formação de 3-4-2-1, colocando em campo uma defesa de três jogadores e obrigando Yannick Carrasco e Thomas Meunier a patrulharem os flancos. Enquanto isso, Eden Hazard e Dries Mertens procurarão servir Romelu Lukaku e deixar as cabeças girando na defesa do Panamá sempre que possível.

Foto: FIFA/Getty Images
Foto: FIFA/Getty Images

O treinador acredita que a Bélgica pode fazer um jogo bonito e manter seu estilo de jogo mesmo em uma competição tão complicada como é a Copa do Mundo. Ele promete um futebol ofensivo diante dos panamenhos.

“Vamos jogar o nosso jogo, com alegria e eficiência, mas sem perder a essência que tem feito o nosso time ser bem reconhecido”, afirmou Martinez.

Ferrolho para não ser goleado

Para o Panamá, este jogo de abertura representa o jogo mais importante da sua história. Seu primeiro adversário na Copa do Mundo possui vários jogadores de ataque talentosos, mas a equipe estará determinada a mostrar o seu melhor, baseando-se no rigor defensivo e na disciplina tática, enquanto busca avançar no intervalo.

O time aposta na força do conjunto e não tem grandes astros. O principal jogador é o zagueiro Felipe Baloy, que mesmo com 37 anos, segue como titular absoluto. O jogador já defendeu as cores do Grêmio no Brasil.

Foto: Getty Images
Foto: Getty Images
VAVEL Logo
CHAT