1-0, min. 47, Mertens. 2-0, min. 69, Lukaku. 3-0, min. 75, Lukaku
Bélgica desencanta no segundo tempo e derrota estreante Panamá

Bélgica desencanta no segundo tempo e derrota estreante Panamá

Mertens e Lukaku, duas vezes, marcaram os gols da vitória belga por 3 a 0, em Sochi, após um amarrado primeiro tempo

bruno-da-silva
Bruno da Silva

O primeiro tempo preocupou, mas a Bélgica mostrou suas qualidades na segunda etapa e venceu o estreante Panamá na abertura do Grupo G da Copa do Mundo 2018, no Fisht Stadium, em Sochi. Mertens e Lukaku, duas vezes, todos no segundo tempo, marcaram os gols da vitória red devil.

A Bélgica volta a campo no sábado (23), às 9h, para enfrentar a Tunísia, em Moscou. No domingo (24), também às 9h, o Panamá joga contra a Inglaterra, em Nizhniy Novgorod.

Panamá complica e segura a Bélgica no primeiro tempo

O primeiro tempo teve a Bélgica prevalecendo, mas a pressão em cima do Panamá não foi tão grande. O início foi de muitos espaços cedidos pelos centro-americanos, que aos poucos acertaram melhor a marcação e limitaram as armas belgas. Mesmo assim, os belgas tiveram 62% de posse de bola e nove finalizações, três na direção do gol, contra três chutes totais dos panamenhos, pouco perigosos.

Aos cinco, Hazard abriu na esquerda, Carrasco bateu de primeira e exigiu defesa de Penedo. No minuto seguinte, o meia do Chelsea tocou em profundidade para Mertens, que bateu alto, mas novamente o arqueiro panamenho apareceu para defender. Já aos 11, em recuo ruim de Torres, Hazard antecipou o goleiro e finalizou de primeira, porém mandou a grande chance na rede pelo lado de fora.

Apesar deste início forte, o ímpeto belga foi abaixando e a postura panamenha melhorando, o que dificultou o poder de criação dos red devils. Com De Bruyne e Mertens bastante erráticos, e Carrasco perdendo influência e espaço, o número de chances da Bélgica foi diminuindo.

Os belgas só voltaram a assustar aos 20. De Bruyne roubou a bola no ataque e cruzou rasteiro para Lukaku, mas Torres apareceu no meio do caminho para interceptar. Não conseguindo um volume, apesar da presença no campo de ataque, a Bélgica encontrou dificuldades. Porém, no talento, criou boa chance aos 37. Hazard recebeu de Meunier, partiu para cima da marcação e finalizou, porém novamente Penedo apareceu para defender. No fim, apesar da grande expectativa, os panamenhos seguraram os favoritos no primeiro tempo em Sochi.

Bélgica desencanta e vence com autoridade

Os problemas belgas tiveram uma solução rápida logo no segundo minuto da etapa final. No rebote de um cruzamento feito por ele próprio, Mertens finalizou de primeira e fez um golaço, encobrindo Penedo para abrir o placar em Sochi: 1 a 0.

O gol deu tranquilidade para a Bélgica e urgência para o Panamá, que conseguiu em pouco tempo criar suas melhores chances. Aos nove, Murillo recebeu de Bárcenas nas costas de Vertonghen e bateu cruzado, mas Courtois salvou. Três minutos dpeois, Bárcenas recebeu de Pérez na entrada da área, driblou a marcação e finalizou com perigo, à direita do gol.

Depois desse momento de crescimento do Panamá, a Bélgica retomou o domínio do jogo e, com mais espaço, passou a ocupar o campo de ataque em busca do segundo gol, que veio aos 23. De Bruyne recebeu de Hazard na entrada da área e cruzou de bico para Lukaku, que finalizou de peixinho e fez 2 a 0.

Penedo fez o que pode no primeiro tempo, mas ataque belga superou o goleiro panamenho no segundo tempo (Foto: Yegor Aleyev\TASS via Getty Images)
Penedo fez o que pode no primeiro tempo, mas ataque belga superou o goleiro panamenho no segundo tempo (Foto: Yegor Aleyev/TASS via Getty Images)

O técnico Hernán Darío Gómez fez alterações na sua equipe, incluindo Díaz, Torres e Tejada em campo, mas o panorama da partida foi pouco alterado. Com uma vantagem confortável e um rival desgastado, o time de Roberto Martínez buscou o terceiro gol. Aos 30, após contra-ataque puxado pelo meio, Hazard lançou Lukaku, que tocou na saída de Penedo e decretou a vitória belga: 3 a 0. Os minutos finais foram protocolares, com o Panamá tentando diminuir e buscar seu primeiro gol em Copas, mas a Bélgica garantiu o tranquilo resultado na estreia.

Lukaku estreou na Copa 2018 com dois gols (Foto: Adrian Dennis/AFP/Getty Images)
Lukaku estreou na Copa 2018 com dois gols (Foto: Adrian Dennis/AFP/Getty Images)
VAVEL Logo
CHAT