Kane saves the team: nos acréscimos, Inglaterra bate Tunísia e divide liderança do Grupo G

Kane saves the team: nos acréscimos, Inglaterra bate Tunísia e divide liderança do Grupo G

Seleção africana se segurou e contou com a ajuda de Walker para empatar o jogo, mas cedeu o resultado no fim para os ingleses

Caio__Vinicius
Caio Vinicius
TunísiaHassen (Mustafa, min. 15); Meriah, Syan Youssef, Broon, Maaloul; Skhiri, Badri, Sassi, Ben Youssef; Khazri (Khalifa, min. 85) e Sliti (Ben Amor, min. 74)
InglaterraPickford; Walker, J. Stones, Maguire, Trippler; Dele Alli (Loftus-Cheek, min. 80), Henderson, Lingard (Dier, min. 90+3), A. Young, Sterling (Rashford. min. 68); Harry Kane
Placar0-1, min. 11, Harry Kane. 1-1, min. 35, Sassi. 1-2, min. 90+3, Harry Kane.
ÁRBITROWilmar Roldán (COL). Auxiliado por Alexander Guzman (COL) e Cristian De la Cruz (COL)
INCIDENCIASPARTIDA VÁLIDA PELA PRIMEIRA RODADA DA GRUPO G DA COPA DO MUNDO 2018, NO ESTÁDIO VOLGOGRADO, EM VOLGOGRADO, RÚSSIA

Nesta segunda (18), Tunísia e Inglaterra fecharam o dia 4 de Copa do Mundo na Rússia. As duas seleções fizeram um jogo animado na Arena Volgogrado, com a Seleção da Rainha vencendo por 2 a 1 com dois gols de Harry Kane. De pênalti, Ferjani Sassi descontou para as Águias.

As duas seleções voltam a campo pelo Grupo G na próxima semana. No sábado (23), a Tunísia enfrenta a Bélgica às 9h (de Brasília), na Otkrytiye Arena. Já a Inglaterra só joga no domingo (24), contra o Panamá às 9h (de Brasília), no Estádio Nijni Novgorod.

Dominada, Tunísia consegue gol salvador no primeiro tempo

Os primeiros momentos do jogo foram acelerados e com domínio total do time inglês. Hassen, goleiro da Tunísia, foi obrigado a realizar linda defesa em chute de Lingard aos 2 minutos. Logo depois, foi a vez de Maguire aparecer na segunda trave e o arqueiro espalmar.

A pressão inicial dos Leões ingleses não demorou a surtir efeito. Young bateu o escanteio, Stones subiu no segundo andar e obrigou Hassan a fazer excelente defesa. Porém, no rebote, Kane pegou a sobra e só guardou. Após o gol da Inglaterra, o goleiro tunisiano sentiu o ombro e deixou o campo em lágrimas para a entrada de Mustafa aos 15.

Hassen fazia grande partida, mas foi obrigado a sair após lesão no ombro (Alex Morton/Getty Images Sport)

Mantendo a mesma pegada dos primeiros 20 minutos, a Inglaterra seguiu em cima da Tunísia e fazia boa partida. Os africanos, jogando por uma bola, haviam chegado apenas uma vez na área adversária em mais da metade do jogo. Porém, a grande surpresa aconteceu.

Porém, a grande surpresa aconteceu. Em bola alçada na área, Walker dividiu bola com Ben Youssef e o árbitro viu pênalti do lateral inglês na área. Sassi, com a chance do empate, não bobeou e cobrou bem no canto. O time de Southgate ainda tentou dar uma resposta no final da segunda etapa e conseguiu uma bola na trave com Lingard, mas não foi o suficiente.

Inglaterra sofre com marcação forte, mas Kane resolve no fim

Ambas as seleções voltaram para a segunda etapa seguindo a mesma proposta na qual iniciaram o jogo. Mas dessa vez a Tunísia parecia ter se acostumado com o ritmo da Inglaterra. Fechando os espaços, a seleção de Nabi Maaloui encurralava os adversários no meio-campo a cada instante.

A Seleção da Rainha rodava a bola no próprio campo em busca de uma brecha na defesa tunisiana, mas não encontrava de alguma forma. Recurso utilizado no primeiro gol, a bola parada se tornou a principal fonte de perigo para as traves do goleiro Mustafá. 

Os tunisianos se defendiam da forma que podiam e os ingleses tinham calma para atacar. Com as entradas de Rashford e Loftus-Cheek, a Inglaterra foi para o tudo ou nada nos últimos 10 minutos. Young teve boa oportunidade aos 36, em cobrança de falta na entrada da área, mas cobrou por cima.

No entanto, um jogo que se caminhava para o empate, acabou com a Tunísia cedendo o gol. Loftus-Cheek recuperou uma bola que parecia perdida e conseguiu escanteio. Na cobrança, Trippier levantou na área, Maguire desviou e a bola sobrou na cabeça de Kane, que só teve o trabalho de mandar ela para dentro das redes já nos acréscimos.

Cabeçada salvadora de Kane já nos acréscimos (PA Images/Owen Humphreys)
VAVEL Logo

Inglaterra Notícias

há 7 dias
há 9 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 11 dias
há 11 dias
há 13 dias
há 14 dias
há 14 dias
há 14 dias
há 14 dias