Pela segunda vez consecutiva, Colômbia e Japão se enfrentam em fase de grupos da Copa
Equipes abrem o último grupo a jogar na primeira rodada da Copa (Foto: Rodrigo Rodrigues/VAVEL Brasil)

Pela segunda vez consecutiva, Colômbia e Japão se enfrentam em fase de grupos da Copa

Equipes já se enfrentaram em 2014, quando os colombianos levaram a melhor e golearam por 4 a 1

Caiaoo_
Caio Pavoski

Na abertura do grupo H, Colômbia e Japão estreiam nesta terça-feira (19), às 9h da manhã, na Arena Saransk. O confronto entre as equipes será um dos duelos que finalizam a primeira rodada da fase de grupos do Mundial.

Caminho até a Rússia

Em formato de pontos corridos nas Eliminatórias da América do Sul, os colombianos fizeram uma campanha instável durante a disputa pela vaga na Copa. Em 18 jogos disputados, a seleção de José Pekerman acumulou sete vitórias, seis empates e cinco derrotas, ficando na quarta posição com 27 a apenas um ponto à frente do Chile, que ficou de fora da Copa, na sexta colocação, com 26 pontos, marcando 21 gols e sofrendo 19,

O artilheiro, foi o camisa 10, James Rodríguez que também recebeu a chuteira de ouro na Copa de 2014 após marcar seis gols, o mesmo número em que marcou nas eliminatórias.

Nas Eliminatórias da Ásia, que é disputada em formato de grupos, o Japão caiu em um grupo complicado, com Arábia Saudita, Austrália, Iraque, Emirados Árabes Unidos e Tailândia.

Os orientais sofreram para conseguir uma classificação direta, ficando apenas com 20 pontos, um a mais do que os australianos e os sauditas. Na campanha, que somava a disputa de dez jogos, o Japão venceu seis, empatou duas vezes e perdeu outras duas, ao todo, foram 17 gols marcados e apenas sete sofridos.

Histórico e coincidência em Copas

A Colômbia tem uma história recente em Copas, caminhando para a sua sexta classificação. Além disso, apresentou um saldo positivo na última Copa, indo até as quartas de final, quando foi eliminado pelo Brasil, nos pênaltis tendo a melhor campanha da história do país, ficando em quinto lugar. Antes de 2014, a seleção colombiana estava há 16 anos sem participar de um mundial, sendo a última participação em 1998.

Por coincidência, o Japão estava no mesmo grupo dos colombianos no último Mundial, onde foram eliminados já na primeira fase, com direito a goleada sofrida contra a própria Colômbia, por 4 a 1. Outra coincidência fica por conta do número em participações em Copas, esta será a sexta participação dos japoneses, mas de forma consecutiva.

(Foto: Joe Giddens/Getty Images)

Os Samurais Azuis marcam presença no Mundial desde 1998, na última vez em que a Colômbia participou antes do jejum de 16 anos e vêm acumulando insucessos até aqui. Em 2002 e em 2010, os japoneses pararam na fase de oitavas de final da competição, sendo as duas melhores participações dos orientais nas últimas seis Copas em que disputou.

Somando amistosos, Copa das Confederações e Copas do Mundo, este será o este será o quarto confronto entre Colômbia e Japão. Se esbarrando a primeira vez na Copa das Confederações de 2003, na França. Os colombianos venceram pelo placar mínimo, de 1 a 0. 

Quatro anos depois, os Samurais Azuis apenas empataram em amistosos contra Los Cafeteros, que acabou em 0 a 0 entre as duas equipes. 

Os 23 de Pekerman

Para a Rússia, Pekerman relacionou 23 nomes dos quais vivem em evidência no futebol mundial, assim como o símbolo dessa seleção, James Rodríguez. Dos nomes selecionados, dez estão presentes nesta Copa, os outros treze farão sua estreia em Copa, como Yerry Mina, do Barcelona e Davinson Sanchez, do Tottenham.

Goleiros: David Ospina, Camilo Vargas e José Cuadrado.

Defensores: Santiago Arias, Frank Fabra, Davinson Sanchez, Johan Mojica, Óscar Murillo, Cristian Zapata e Yerry Mina.

Meio-campistas: Abel Aguilar, Wilmar Barrios, Juan Cuadrado, Jefferson Lerma, Juan Quintero, James Rodríguez, Carlos Sánchez e Mateus Uribe.

Atacantes: Miguel Borja, Carlos Bacca, Falcao García, José Izquierdo e Luis Muriel.

Contudo, os Pekerman deve manter a base que disputou as eliminatórias e os últimos amistosos com: Ospina; Arias, Sanchez, Yerry Mina e Fabra; Lerma, Carlos Sanchez, Juan Cuadrado, James Rodríguez e Izquierdo; Falcao.

Japão na expectativa de surpreender na Rússia

Em um grupo visto como equilibrado, a seleção japonesa pode almejar uma classificação às oitavas, visto que Polônia e Senegal, as duas outras seleções do grupo, não colecionam boas campanhas em Copa.

(Foto: Yegor Aleyev/Getty Images)

Para a disputa do Mundial, Akira Nishido relacionou os 23 nomes sem maiores surpresas. Os destaques ficam para Kakagawa, que atua pelo Borussia Dortmund e Honda, que atualmente defende o Pachuca.

Goleiros: Eiji Kawashima, Masaaki Higashiguchi e Kosuke Nakamura.

Defensores: Yuto Nagatomo, Tomoaki Makino, Maya Yoshida, Hiroki Sakai, Gotoku Sakai, Gen Shoji, Wataru Endo e Naomichi Ueda.

Meio-campistas: Makoto Hasebe, Keisuke Honda, Takashi Inui, Shinji Kagawa, Genki Haraguchi, Takashi Usami, Gaku Shibasaki, Ryota Oshima e Hotaru Yamaguchi.

Atacantes: Shinji Okazaki, Yuya Osako e Yoshinori Muto.

Entretanto, os XI iniciais de Nishido devem ser: Higashiguchi; Ueda, Shoji, Endo, Sakai; Shibasaki, Kagawa, Inui, Yamaguchi; Ozaki, Muto.

Novidade: Você é super ligado em redes sociais? Curte usar o Instagram? Então agora você poderá acompanhar a VAVEL Brasil por lá. Nosso perfil terá vídeos e fotos dos principais eventos esportivos que acontecem pelo Brasil e pelo mundo. Siga https://www.instagram.com/vavelbrasil/

VAVEL Logo
CHAT