Líder em busca de inédita classificação, Irã enfrenta a Espanha pelo Grupo B

Líder em busca de inédita classificação, Irã enfrenta a Espanha pelo Grupo B

Em um jogo que promete ser de ataque contra defesa, espanhóis buscam confirmar o favoritismo na competição

lucasmontagnini
Lucas Montagnini
IrãBeiranvand, Rezaian, Cheshmi, Pouraliganji, Hajsafi, Ebrahimi, Jahanbakhsh, Ezatolahi, Shojaei, Ansarifard, Sardar Azmoun. Técnico: Carlos Queiroz.
EspanhaDe Gea, Carvajal (ou Nacho), Piqué, Ramos, Jordi Alba, Busquets, Koke, Iniesta, Isco, Silva, Diego Costa. Técnico: Fernando Hierro.
ÁRBITROAndrés Cunha (URU)
INCIDENCIASPartida válida pela segunda rodada do grupo B da Copa do Mundo 2018, Estádio Kazam, 20 de junho, 15:00h

Espanha e Irã se enfrentam nessa quarta-feira (20) às 15h em Kazam na busca por três pontos muito importantes para a classificação às oitavas de final. Apesar dos iranianos irem ao confronto empolgados com a vitória de 1 a 0 sobre o Marrocos na primeira rodada, a Espanha foi a seleção que apresentou o melhor futebol dentre as favoritas ao título da competição.

O otimismo iraniano

Empolgados com a vitória contra Marrocos na primeira rodada, os líderes do grupo B buscam surpreender e arrancar pontos importantes dos espanhóis. Além do desempenho na primeira partida, o jovem atacante de 23 anos, Sardan Azmoun, é a esperança de gols da equipe. O jogador do Rubin Kazan soma 23 gols em 32 jogos pela seleção, e é considerado pela torcida o “Messi iraniano”.

Apesar do favoritismo no jogo, a seleção espanhola terá a difícil missão de furar o bloqueio do Irã. Isso porque em 18 jogos da classificatória da Ásia, a equipe sofreu apenas quatro gols, superando a marca de 1.100 minutos sem serem vazados.

O técnico Carlos Queirós ainda busca aplicar a mesma tática que utiliza contra grandes seleções: utilizar duas linhas de quatro e se fechar para jogar no contra-ataque, da mesma maneira que foi o jogo contra a Argentina na Copa de 2014. Naquela ocasião, os argentinos tiveram muita dificuldade para penetrar a sólida defesa, e acabaram vencendo a partida pelo placar mínimo com um gol aos 91 minutos.

Espanha: em busca da recuperação

Após sofrer o empate nos últimos minutos do jogo contra Portugal, os espanhóis buscam conquistar os primeiros três pontos no Mundial. Para isso, o técnico Fernando Hierro busca dar um fim nas críticas sofridas por David de Gea, apontado como um dos vilões do tropeço da estreia.

O recém comandante da equipe procura espantar de vez a desconfiança, já que foi muito criticado quando assumiu a seleção a dois dias antes do início do torneio. Para isso, Hierro deve fazer algumas mudanças para dar mais ofensividade a equipe e assim furar o bloqueio iraniano.

Com um melhor poder ofensivo, o lateral direito, Daniel Carvajal deve ser o titular no lugar de Nacho Fernández, enquanto no meio campo, Thiago deve entrar no lugar de Koke, já que o jogador do Atlético de Madrid tem uma característica mais de marcação.

Apesar dos espanhóis possuírem mais qualidade técnica e um ótimo toque de bola para furar a provável retranca iraniana, A Roja teve dificuldades contra equipes que jogaram fechadas. Como é o caso do empate em 1 a 1 com a Suíça no penúltimo amistoso antes da Copa. Naquela oportunidade, a Espanha teve a sua característica posse de bola (que atingiu os 65%) mas pouco conseguiu criar diante de uma equipe que jogou bem postada na defesa.

Novidade: Você é super ligado em redes sociais? Curte usar o Instagram? Então agora você poderá acompanhar a VAVEL Brasil por lá. Nosso perfil terá vídeos e fotos dos principais eventos esportivos que acontecem pelo Brasil e pelo mundo. Siga https://www.instagram.com/vavelbrasil/.

VAVEL Logo

    Futebol Internacional Notícias

    há 18 horas
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 3 dias
    há 3 dias
    há 4 dias
    há 7 dias
    há 7 dias
    há 7 dias
    há 7 dias
    há 7 dias