Deschamps comemora vaga nas oitavas e enaltece Mbappé: "Tem ótimas qualidades"

Treinador comentou sobre a vitória contra o Peru e exaltou a atuação do jovem atacante francês

Após a vitória sobre o Peru por 1 a 0 nesta quinta-feira (21), a seleção da França garantiu sua vaga na segunda fase da Copa do Mundo da Rússia. Com duas vitórias em duas rodadas, os Bleus vão para o último jogo apenas cumprindo tabela.

Em entrevista coletiva após o jogo, o técnico Didier Deschamps falou sobre a atuação dos franceses. "Nós sofremos no segundo tempo, tivemos uma certa dificuldade para roubar a bola e quando roubávamos, não conseguíamos mantê-la conosco. Mas acontecia o mesmo com o Peru", comentou.

"É nossa segunda vitória na Copa, estamos classificados, era o nosso objetivo. Há uma grande satisfação com o que os jogadores fizeram hoje", completou.

Para Deschamps, um fator importantíssimo para a melhora da seleção rojiblanca na segunda etapa foi o apoio do torcedor peruano. Os sul-americanos dificultaram a saída da França e foram para cima, tendo algumas oportunidades de igualar o placar.

"Eles fizeram o que precisavam para nos colocar em dificuldade. E ainda tiveram um apoio fantástico vindo da arquibancada. Parecíamos que estávamos jogando na casa do adversário. Mas em períodos mais fracos, ainda estávamos sólidos", disse.

Apesar da atuação abaixo do esperado, os franceses comemoraram bastante a classificação, que era o objetivo. Agora, o treinador busca a liderança do Grupo C e para isso, terá de vencer a Dinamarca em jogo pela última rodada.

"A busca pela liderança será nosso objetivo para o terceiro jogo. Nós vamos saborear porque vencemos os dois primeiros jogos, o que não é o caso para todo mundo. Não vamos nos inflamar, porque a meta foi alcançada", afirmou.

Autor do gol diante do Peru, Mbappé ganhou elogios do professor. O atacante de apenas 19 anos teve boa atuação no primeiro tempo e saiu coroado com um tento. Na etapa complementar, foi essencial na parte defensiva, onde marcou incansavelmente os peruanos.

"Ele tem ótimas qualidades e foi capaz de mostrar seu ritmo hoje. Eu não acho que ele se sacrificou ao defender. Ele só fez o que o time precisava que ele fizesse. Eu estou muito feliz com a sua performance hoje", finalizou o treinador.