Após tropeço na estreia, Argentina busca recuperação contra Croácia

Após tropeço na estreia, Argentina busca recuperação contra Croácia

Albiceleste precisa vencer para não se complicar no Grupo C, que tem o time croata como líder

RRodrigues_95
Rodrigo Rodrigues

O empate em 1 a 1 com a Islândia na estreia da Copa do Mundo frustrou os planos da Argentina. Agora, o time de Sampaoli buscará o seu primeiro triunfo na competição contra a Croácia, que lidera o Grupo C, nesta quinta-feira (21), às 15h (de Brasília), no estádio Nizhny Novgorod. A VAVEL Brasil transmitirá a partida em tempo real.

O duelo desta quinta-feira terá um capítulo a parte. Pela primeira vez na história, o Mundial receberá um confronto entre os camisas 10 de Barcelona e Real Madrid: Lionel Messi e Luka Modric. O argentino herdou a numeração na temporada 2008/2009, quando Ronaldinho Gaúcho saiu do clube catalão. Já o croata veste a 10 do time madrilenho desde 2017/2018.

Em Copas do Mundo, Argentina e Croácia só se enfrentaram uma única vez. Em 1998, na França, a Albiceleste venceu por 1 a 0 com gol do lateral-esquerdo Pineda. Também, a equipe croata perdeu as quatro vezes em que enfrentou Sul-Americanos, uma em cada Mundial que jogou. Assim, o retrospecto é todo a favor da Argentina.

Argentina e Croácia estão no Grupo D, no qual também se encontram Islândia e Nigéria. 

Classificação Pontos Jogos Saldo de Gols
1º Croácia 3 1 2
2º Argentina 1 1 0
2º Islândia 1 1 0
4º Nigéria 0 1 -2

Sampaoli promove mudanças na Argentina e apoia Messi

A Argentina não será a mesma que empatou com a Islândia. O técnico Jorge Sampaoli mostrou insatisfação com a atuação do time na estreia e testou algumas novas formações para tentar surpreender a Croácia. Assim, o lateral-esquerdo Marcos Rojo, que também atua como zagueiro, o volante Lucas Biglia e o meia Ángel Di María podem ser sacados para as entradas de Mercado, Acuña e Pavón, respectivamente.

A mudança de esquema, do 4-4-2 para o 3-4-3, já estava planejada antes da estreia, segundo palavras de Sampaoli: ''Estamos planificando desde o prédio de Ezeiza (sede da seleção em Buenos Aires), analisando as diferentes características dos rivais. Já havíamos pensado que essa partida merecia uma certa mudança sistemática pela característica da equipe deles. Já estava planejado que essa partida seria diferente da primeira. A mudança de nomes próprios tem a ver com a mudança de sistema. A equipe deles tem um contra-ataque importante e velocidade pelos lados. Contra a Nigéria eles jogaram no 4-2-4, com quatro atacantes'', analisou.

Guia VAVEL da Copa do Mundo 2018: Argentina

O comandante também saiu em defesa de Messi, que teve atuação apagada e perdeu pênalti contra Islândia: ''Não acho confortável ficarem criticando o Leo. Quando você faz um gol com a camisa argentina, comemorarmos todos. E quando não ganharmos é responsabilidade de Leo? Me sinto responsável por Leo ter perdido o pênalti e vou gritar com ele quando fizer um gol. É o melhor do mundo, mas não é só um jogador que vai mudar uma partida ou ser responsável pelo fracasso'', finalizou.

Assim, a Albiceleste deve ir a campo com: Willy Caballero, Gabriel Mercado, Nicolás Otamendi e Nicolás Tagliafico; Eduardo Salvio, Javier Mascherano, Enzo Pérez (Maximiliano Meza), Marcos Acuña e Lionel Messi; Cristian Pavón e Sergio Agüero.

Técnico da Croácia esbanja otimismo: "Jogo contra a Argentina é o mais fácil para nós''

A Croácia vem embalada para a partida desta quinta-feira. A vitória sem sustos por 2 a 0 contra a Nigéria na estreia deu um ânimo a mais aos jogadores croatas, que querem o triunfo sobre os argentinos para praticamente selar a sua classificação às oitavas de final do Mundial.

''Será uma das partidas mais fáceis para nós porque não temos nada a perder, jogamos contra uma das melhores, mas também somos bons. Jogaremos com menos pressão porque já temos três pontos. Mas sabemos o que fazer nos próximos dois jogos: simplesmente ganhar. Se jogarmos para empatar, não avançaremos'', disse o comandante croata Zlatko Dalic.

Guia VAVEL Copa do Mundo 2018: Croácia

Uma das estrelas da Croácia, o meia Ivan Rakitić garantiu clima pacífico após o corte do atacante Nikola Kalinic, que teria se recusado a entrar em campo nos minutos finais contra Nigéria. ''O ambiente é bom e nós queremos muito a classificação para as oitavas de final. Se perdermos para a Argentina vamos deixar de lado um pouco da importância do triunfo sobre a Nigéria. Temos que pontuar e acredito que podemos fazer um jogo de igual para igual se deixarmos o nosso máximo dentro das quatro linhas. Confio em nosso time'', disse.

Para o time que vai a campo, Dalic deve repetir a mesma formação do último confronto com: Danijel Subasic, Sime Vrsaljko, Dejan Lovren, Domagoj Vida e Ivan Strinic; Ivan Rakitic, Luka Modric, Ivan Perisic, Milan Badelj, Marcelo Brozovic e Mario Manzukic.

VAVEL Logo
CHAT