Colômbia despacha Polônia da Copa e depende de uma vitória para avançar às oitavas

James Rodríguez brilhou com duas assistências, Falcão marcou pela primeira vez em Copas e colombianos dependem apenas de si para se classificar

Polônia
0 3
Colômbia
Polônia : Szczęsny; Piszczek, Bednarek e Pazdan (Glik, min. 80); Bereszynski (Teodorczyk, min. 72), Krychowiak, Góralski e Rybus; Zielinski, Kownacki (Grosicki, min. 57) e Lewandowski.
Colômbia : Ospina; Arias, Mina, Sánchez e Mojica; Barrios e Aguillar (Uribe, min. 32); Cuardado, Quintero (Lerma, min. 73) e James Rodríguez; Falcão (Bacca, min. 78).
Placar: 0-1, min. 40, Mina. 0-2, min. 70, Falcão. 0-3, min. 75, Cuadrado.
ÁRBITRO: Arturo Ramos (MEX-FIFA). Cartões amarelos: Bednarek e Góralski (POL);
INCIDENCIAS: Partida válida pela segunda rodada do Grupo H da Copa do Mundo, disputada no estádio de Kazan, na Rússia.

A Colômbia deu o primeiro passo rumo às oitavas de final neste domingo (24), ao despachar a Polônia, do apagado Robert Lewandowski, da Copa. Mina, Falcão e Cuadrado marcaram os gols da grande vitória sul-americana por 3 a 0

Na última rodada, os tricolores precisam de uma simples vitória diante de Senegal para confirmar a classificação. Os poloneses, já eliminados, cumprem tabela contra o Japão, que se aproximou muito da vaga com o resultado deste duelo. 

Gol no fim e alívio colombiano 

O início de jogo foi frenético. Kownacki teve a primeira oportunidade após bola rebatida pela defesa da Colômbia, mas o chute do atacante, que buscava o ângulo de Ospina, explodiu na marcação. 

Cuadrado respondeu, causando um inferno na zaga polonesa. Dentro da área, o camisa 11 dominou, driblou dois defensores e buscou forte finalização em direção à meta de Szczęsny, mas a bola explodiu na marcação. 

Aos 40 minutos, o desafogo. James Rodríguez recebeu bola de Quintero extremamente livre pelo lado direito da grande área e levantou a bola na entrada da pequena área, na cabeça de Mina, que testou na saída errada do goleiro para abrir o placar em Kazan. 

Consolidação da vitória e vivo na Copa 

O início da etapa final foi corrido. Logo aos cinco minutos, Cuadrado desceu em altíssima velocidade pela direita e cruzou rasteiro, na entrada da área, para Falcão, que emendou mal, por cima da baliza dos europeus. 

Lewandowski respondeu e quase empatou o jogo. O camisa 9 recebeu lançamento muito longo, conseguiu o domínio na pontinha da chuteira e encheu o pé em direção ao gol, mas Ospina saiu para fazer excelente defesa. 

Aos 23 minutos da etapa complementar, Falcão desencantou. Quintero recebeu na intermediária e deu passe entre as linhas defensivas da Polônia para o camisa 9 invadir a área e finalizar bonito na saída do goleiro. Foi o primeiro gol dele em Copas. 

Seis minutos depois, um gol com a marca genial de James Rodríguez, um dos melhores em campo. Em contra-ataque fulminante, o camisa 10 puxou pela ponta esquerda e deu um passe fenomenal para Cuadrado, que dominou no meio, avançou, e finalizou rasteiro, no cantinho, para fazer o terceiro gol do jogo. 

Lewandowski ainda tentou em um chute potente da entrada da área, que iria no gol, mas parou na defesa excepcional do goleiro David Ospina, que ganrantiu a grande vitória dos sul-americanos sem sofrer gols.