Após maior goleada da Copa, Southgate critica atuação inglesa: “Não gostei dos primeiros 10 minutos”

Após maior goleada da Copa, Southgate critica atuação inglesa: “Não gostei dos primeiros 10 minutos”

Treinador afirmou ter gostado mais da partida contra a Tunísia

bruna-zordan
Bruna Zordan

A Inglaterra venceu o Panamá neste domingo (24), no estádio de Níjni Novgorod, por 6 a 1 e é aplicou o maior placar desta Copa do Mundo até o momento. 

Apesar disso, o técnico Gareth Southgate preferiu a difícil vitória contra a Tunísia por 2 a 1. Mas é claro que há um motivo para isso. Gareth foi levado pela emoção e pela tensão do último jogo. A felicidade foi maior em fazer um gol nos últimos acréscimos do que em um jogo pratricamente decidido. 

"Hoje particularmente eu não gostei dos primeiros 10 minutos. Estávamos um pouco nervosos, com o Panamá fechado no 6-3-1. Uma vez que conseguimos trabalhar a bola houve alguns momentos encatadores no primeiro tempo. Acho que às vezes jogamos melhor na outra noite do que fizemos hoje, mas fomos implacáveis na frente do gol”, disse.

O treinador disse também em estar muito satisfeito e feliz pela primeira classificação para a segunda fase da Copa desde 2010.

"É estranho por que eu curti mais a vitória contra a Tunísia pela tensão e o fato de você marcar quando está sob pressão é muito, muito especial. Para mim, antes do intervalo o jogo já estava decidido, então é uma sensação muito estranha ver o segundo tempo apenas tentando encorajar os jogadores para manterem o profissionalismo na maneira como jogaram e ser um time top”, finalizou.

A Inglaterra é lider do Grupo G com seis pontos e duas vitórias. O time volta a enfrentar a vice-líder Bélgica, pela fase de grupos, nessa quinta-feira (28), às 15h, no estádio de Kaliningrado.

VAVEL Logo

Inglaterra Notícias

há 3 dias
há 5 dias
há 5 dias
há 6 dias
há 5 dias
há 7 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 16 dias
há 23 dias