Polônia se despede da Copa com vitória magra sobre classificado Japão
(Fotos: Divulgação/FIFA)

Polônia se despede da Copa com vitória magra sobre classificado Japão

Apesar do revés, os asiáticos contaram com derrota de Senegal e menor número de cartões para avançar ao mata-mata

yannrodrigues
Yann Rodrigues
Japão Kawashima; Hiroki Sakai, Yoshida, Makino e Nagatomo; Gotoku Sakai, Yamaguchi, Shibasaki e Usami (Inui, min. 64); Okazaki (Osako, min. 46) e Muto (Hasebe, min. 81).
Polônia Fabianski; Bereszynski, Glik, Bednarek e Jedrzejczyk; Góralski e Krychowiak; Kurzawa (Peszko, min. 79), Grosicki e Zielinski (Teodorczyk, min. 78); Lewandowski.
Placar0-1, min. 59, Bednarek.
ÁRBITROJanny Sikazwe (ZAM-FIF). Cartões amarelos: Makino (JAP);
INCIDENCIASPartida válida pela terceira rodada do Grupo H, disputada na Volgogrado Arena, na Rússia.

Japão e Polônia fizeram um bom duelo na manhã desta quinta-feira (28), em Volgogrado, pela última rodada do Grupo H da Copa do Mundo. Mesmo já eliminados, os europeus venceram com um gol solitário de Bednarek, já no segundo tempo. 

Apesar do resultado, os japoneses avançam às oitavas de final devido ao número de cartões amarelos, já que tem dois a menos que Senegal, que perdeu para a Colômbia por 1 a 0. Com todos os critérios de desempate empatados, a disciplina colocou os japoneses no mata-mata. 

Goleiros roubam a cena na primeira etapa

A primeira chance foi dos Samurais Azuis. Nagatomo avançou pela ponta esquerda e cruzou para o meia da área, onde Okazaki estava posicionado para cabecear e levar perigo à meta adversária. 

Fabianski teve que trabalhar logo em seguida. Muto tentou chute de fora da área e o goleiro polonês voou para praticar uma excelente defesa, no cantinho. Gotoku Sakai tentou também, mas parou nas luvas polonesas. 

Os europeus tentaram sufocar um pouco os asiáticos e por muito pouco não saíram com gol. Após cruzamento de Bereszynski, Grosicki cabeceou e Kawashima foi buscar no cantinho, fazendo uma das defesas mais complicadas desta Copa do Mundo. 

Usami ainda tentou no finalzinho. O meia chutou cruzado da entrada da pequena área e Fabianski fez linda defesa. No rebote, a zaga da Polônia afastou de qualquer maneira, evitando maiores sustos. 

Solitário gol da primeira vitória polonesa

Aos 14 minutos da etapa final, o primeiro gol do jogo enfim saiu. Kurzawa bateu falta da intermediária e o zagueiro Bednarek apareceu, no meio da zaga, para emendar de perna direita e abrir o placar em Volgogrado. 

O Japão tentou responder rápido. Inui cobrou escanteio e Yoshida subiu para cabecear, mas para fora. Logo na sequência Lewandowski teve a chance de desencantar na Copa, mas, sozinho, o atacante finalizou para fora.  

Makino quase se tornou vilão. Após cruzamento da ponta direita, o zagueiro foi tentar o corte e quase jogou para denteo do próprio gol, o que deixaria os azuis de fora das oitavas de final. 

VAVEL Logo

Futebol Internacional Notícias

há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 3 dias