Com a melhor defesa da Copa, Uruguai enfrenta Portugal de Cristiano Ronaldo nas oitavas
(Foto: Rodrigo Rodrigues/VAVEL Brasil)

Com a melhor defesa da Copa, Uruguai enfrenta Portugal de Cristiano Ronaldo nas oitavas

Portugal terá que contar com a melhor defesa da fase de grupos; já o Uruguai, com o vice-artilheiro do Mundial, Cristiano Ronaldo, com quatro gols em três jogos

Caiaoo_
Caio Pavoski
UruguaiMuslera; Laxalt, Godín, Gímenez, Cáceres; Betancur, Torreira, Vecino, Nandez; Suárez, Cavani. Técnico: Óscar Tabarez.
PortugalRui Patrício; Raphael Guerrero, Pepe, Fonte, Cedric, William Carvalho; João Mário, Adrien Silva, Quaresma; Ronaldo e Gonçalo Gudes. Técnico: Fernando Santos.
ÁRBITROCésar Ramos (MEX).

Dando início aos trabalhos nas oitavas de final da Copa do Mundo, Uruguai e Portugal se enfrentam no Fisht Stadium, em Sochi, neste sábado (30). O duelo será marcado pelo primeiro dia da fase eliminar do Mundial e terá os uruguaios, que foram líderes do Grupo A, contra os portugueses vice-líderes do Grupo B.

Caminho até as oitavas

Vivendo momentos distintos, as duas as equipes chegaram às oitavas com certas dificuldades que protagonizadas na primeira fase.

Os uruguaios, mesmo em um grupo com seleções inferiores tecnicamente, demoraram a desencantar, não apresentaram um futebol competitivo contra Egito e Arábia Saudita, mas fechando a fase de grupos vencendo a Rússia, até então líder do Grupo A e anfitriã da Copa, aplicando uma goleada de 3 a 0 e chegando a nona etapa eliminatória da competição, pela segunda vez consecutiva.

Contudo, em 2014, a equipe celeste ficou para trás justamente nas oitavas de final da competição quando perdeu por 2 a 0 para a Colômbia.

Do lado dos portugueses, a equipe de Cristiano Ronaldo surpreendeu na estreia e protagonizou um jogo de seis gols contra a Espanha, uma das favoritas ao título da Copa. O camisa 7 marcou três gols contra a Fúria e decidiu o confronto. 

Nos jogos seguintes, Portugal passou por dificuldades, mesmo vencendo o Marrocos e ainda empatando com o Irã, na última rodada. A presença nas oitavas de final, será somente a quarta vez que os lusitanos chegam à etapa mata-mata.

Defesa uruguaia contra Cristiano Ronaldo

A primeira etapa da Copa mostrou a postura que as equipes teriam. Muitas seleções propunham o jogo e outras esperavam o adversário, mas não é o caso de Uruguai e Portugal.

Com uma postura ofensiva, os uruguaios foram a única seleção que não sofreu gols na primeira e não sofre desde outubro no jogo contra a Bolívia, que acabou em 4 a 2.  Além de ter o zagueiro Diego Godín e o goleiro Fernando Muslera em boa forma para o confronto, ajudam no retrospecto defensivo.

(Foto: Simon Hoffman/Fifa)

Do lado dos portugueses, Cristiano Ronaldo é o desafogo da equipe lusitana. Vice-artilheiro da competição, com quatro gols, o gajo entrou no seleto grupo de atletas que marcaram em quatro Mundiais seguidos. Todavia, o camisa 7 terá a missão de marcar um gol em cima de uma defesa na qual nunca marcou no Campeonato Espanhol, competição onde Godín e Gímenez atuam pelo Atlético de Madri, rivais de CR7, do Real Madrid.

Estilo de jogo das equipes

Pelo o que foi apresentado na fase de grupos, os uruguaios têm um estilo de jogo que impõe a força física no meio de campo, junto com a técnica no ataque. 

Mesmo Suárez e Cavani sendo os principais jogadores desta equipe, a celeste busca a coletividade de seu jogo pelo meio de campo, com Vecino e Betancur atuando na distribuição de passes pelas pontas e também com dois laterais que atuam de forma ofensiva, tanto Laxalt, quanto Cáceres, são defensores que pressionam a partir do meio de campo, o que inibe contra-ataques adversários e encurrala o adversário no campo. Além disso, os defensores centrais muitas vezes podem ser vistos no ataque para bolas alçadas à área, o que também se torna uma arma dos uruguaios.

Do lado dos portugueses, a equipe comandada por Fernando Santos tem uma característica de jogar pelas pontas, em especial pela esquerda, onde Ronaldo atua. O meio da campo, com William Carvalho na marcação se mostra frágil, já que tanto João Mário, quanto Adrien Silva não recompõe sem a bola, o que abre espaços para o adversário. Entretanto, a defesa com Pepe e José Fonte compensa na dificuldade na recomposição defensiva e se mostra segura e não dá chances ao adversário chegar próximo à área de Rui Patrício.

Focando no jogo pelas pontas, Portugal tem o jogo vertical. Se Cristiano não fica de um lado, Quaresma ocupa o lado direito e o camisa 20 segue características individuais que podem contribuir em prol da equipe, assim como aconteceu no último confronto em que o atacante marcou seu primeiro gol em Copas, contra o Irã.

Nova bola e escalações

Diferente da primeira fase, a Fifa promoveu outra bola para a nova fase do Mundial, a Telstar Mechta

(Foto: Divulgação/Fifa)
(Foto: Divulgação/Fifa)

Para o confronto deste sábado, as seleções não vêm com desfalques e o Uruguai deve vir em uma formação 4-4-2 com: Muslera; Laxalt, Godín, Gímenez, Cáceres; Betancur, Torreira, Vecino, Nandez; Suárez, Cavani.

Do lado dos Portugueses, Fernando Santos manterá os mesmos XI iniciais que disputaram a fase de grupo, em uma formação 5-3-2 com: Rui Patrício; Raphael Guerrero, Pepe, Fonte, Cedric, William Carvalho; João Mário, Adrien Silva, Quaresma; Ronaldo e Gonçalo Gudes. 

VAVEL Logo

Futebol Internacional Notícias

há 6 horas
há 9 horas
há 11 horas
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias