Dia 18 de #VAVELnaRússia tem últimas definições de classificados para as quartas

Dia 18 de #VAVELnaRússia tem últimas definições de classificados para as quartas

Pelo placar mínimo, suecos vencem suíços e fazem história; Ingleses sofrem, levam gol da Colômbia no fim, mas Pickford garante classificação nos pênaltis

Caio__Vinicius
Caio Vinicius

O décimo oitavo dia de Copa do Mundo marcou o encerramento das oitavas de final. Os dois confrontos que aconteceram nesta terça (3), definiram o chaveamento do torneio, com algumas surpresas.

No duelo das surpresas, a Suécia venceu a Suíça pelo placar de 1 a 0 e fez história. Já no outro lado, Inglaterra e Colômbia fizeram a partida mais esperada do dia. Com direito a gol no fim e cobranças de pênalti, o confronto foi carregado de emoção e com o lado inglês levando a melhor.

Agora, suecos e ingleses se enfrentarão nas quartas de final. A partida será no próximo sábado (7), ás 11h (de Brasília), na Arena Samara.

Repercussões do dia

+ Técnico da Suécia, Janne Anderson sonha alto e impõe meta: “Vamos lutar pela final”

Análise: Suécia e Suíça fazem confronto equilibrado, mas suecos avançam

Após eliminação da Colômbia, Pekerman lamenta: “Merecíamos a classificação"

Gareth Southgate enaltece Inglaterra em decisão de pênaltis: “Calmos e focados”

Resumo dos jogos

Suécia e Suíça chegaram a segunda fase do Mundial consideradas surpresas pelo desempenho. Ambas as seleções passaram por grupos complicados e equilibrados, mas conseguiram chegar por méritos nas oitavas.

E o que mais se esperava, aconteceu. Suecos e suíços fizeram um jogo equilibrado, mas a seleção nórdica levou a melhor no final. O resultado foi histórico, já que os Blâgult voltam as quartas de final da Copa após 28 anos.

Forsberg comemora o único gol da partida (Anadolu Agency)

O duelo começou nivelado desde os primeiros minutos, mas com o time sueco sendo mais objetivo. Apesar desse detalhe, tivemos uma primeira etapa pouco movimentada e sem muitas chances. Mas tudo mudou no segundo tempo.

Já na metade da etapa complementar, o meia Forsberg, que vinha se destacando em campo, coroou a boa atuação. Após contra-ataque, o camisa 10 recebeu passe de Toivonen e finalizou da entrada da área. A bola desviu no zagueiro suíço, enganando Sommer e só parando no fundo da rede. Gol pra classificar a Suécia e garantir a volta da seleção á terceira fase pela primeira vez desde 1994.

 

A outra partida do dia foi entre duas seleções fortes e promissoras. Em Moscou, Inglaterra e Colômbia fizeram uma partida carregada de emoção.

O English Team e Los Cafeteros não deram vida fácil uns aos outros na partida. Após um empate por 1 a 1 em 120 minutos de bola rolando, o jogo foi para os pênaltis e quebrando um tabu em Copas, os ingleses bateram os colombianos.

Após um primeiro tempo meio sonolento, a segunda etapa foi muito mais movimentada. E logo nos minutos iniciais, a Equipe da Rainha abriu o placar com Harry Kane. O camisa 9 foi derrubado na área por Carlos Sanchez e cobrou o pênalti que botou o 1 a 0 no placar. Mas os colombianos foram pro tudo ou nada. Já aos 46, Mateus Uribe testou Pickford em uma tremenda defesa do goleiro inglês. 

Porém, na sequência do lance, o banho de água frio veio. Em escanteio cobrado por Cuadrado, Mina subiu mais que toda a zaga inglesa e de cabeça, empatou a partida no último suspiro.

 

Após o placar persistir na prorrogação, o confronto foi direto para as penalidades. E com o duelo de dois goleiros da Premier League nas metas: Ospina e Pickford. Após três cobranças certas de cada equipe, foi o colombiano quem brilhou. Ele se tornou gigante frente as redes e pegou o chute de Henderson.

Mas a Inglaterra estava com sorte. Na cobrança seguinte, Uribe bateu no ângulo e a bola explodiu na trave. Trippier acertou e colocou o time inglês na frente. Então chegou a vez de Bacca. O experiente atacante colombiano bateu á meia altura e Pickford saltou pra salvar. E Dier foi para a cobrança decisiva. O zagueiro, com o pé direito, cobrou rasteiro e deslocou Ospina, que só olhou a bola entrar e viu a Inglaterra carimbar o passaporte pra Samara.

VAVEL Logo

Futebol Internacional Notícias

há 4 dias
há 4 dias
há 4 dias
há 4 dias
há 4 dias
há 4 dias
há 5 dias
há 5 dias
há 5 dias
há 5 dias
há 5 dias