Recordar é viver: França venceu Croácia e avançou à final na Copa de 98

Neste domingo (15), França e Croácia se enfrentarão na grande final da Copa do Mundo. O jogo será realizado no Estádio Lujniki, em Moscou, às 12h (de Brasília). Enquanto os franceses buscam o bicampeonato, os croatas tentam seu primeiro título, o que seria histórico. O retrospecto entre as equipes é favorável aos 'Blues', que em quatro confrontos jamais perderam para o adversário. São três vitórias francesas e um empate. 

O primeiro confronto entre as seleções foi o mais importante, na Copa de 1998. A França e Croácia entraram em campo disputando uma vaga na decisão do Mundial daquele ano. Jogando em casa, os franceses tentavam alcançar uma final pela primeira vez na história - até então tinham perdido a chance três vezes, em 1958, 1982 e 1986. Já os croatas, que já haviam feito a melhor campanha da história da recém formada seleção, buscavam derrubar uma das potências do futebol. 

Coincidentemente, Didier Deschamps, atual treinador da Seleção Francesa, estava em campo naquela semifinal. Com grandes destaques e ídolos, essas foram as escalações. 

Croácia: Drazen Ladic; Igor Stimac, Slaven Bilic, Aljosa Asanovic, Davor Suker; Zvonimir Boban, Mario Stanic, Zvonimir Soldo, Robert Jarni; Goran Vlaovic, Dario Simic. O treinador era Miroslav Blazevic.

França: Fabien Barthez; Bixente Lizarazu, Laurent Blanc, Lilian Thuram, Christian Karembeu; Marcel Desailly, Didier Deschamps, Emmanuel Petit, Zinedine Zidane; Youri Djorkaeff. Aimé Jacquet era o comandante. 

França e Croácia fizeram boas campanhas na fase de grupos. Além disso, ambas eliminaram grandes seleções nas quartas de final, Itália e Alemanha, respectivamente. Foi então que no dia 8 de julho de 1998, em um Stade de France lotado, as equipes entraram em campo para disputar a vaga na desejadíssima final da Copa.  O jogo foi bem estudado no primeiro tempo, com destaque para boas finalizações de Zidane, mas terminou com o placar de 0 a 0. Então, as duas seleções voltaram com tudo para segunda etapa.

Logo com um minuto, Asanovic fez uma bela jogada e lançou para Suker, que de canhota bateu na saída de Barthez e abriu o placar para a Croácia. A França não se abateu e respondeu logo em seguida. Aos dois minutos, Thuram roubou a bola após desatenção do jogador croata, recebeu nas costas da zaga e bateu no contrapé do goleiro, empatando a partida e levando mais de setenta mil torcedores ao delírio. Aos 25, Thuram começou a jogada pelo lado direito e, ao tentar uma tabela, viu a bola sobrar na sua perna esquerda. Sem titubear, o francês arriscou de fora da área sem chances para Ladic. Segundo gol de Thuram, herói da partida, e virada francesa. 

A França teve Blanc, seu capitão, expulso aos 31 minutos do segundo tempo após agressão dentro da área. Os croatas se aproveitaram da vantagem de um homem a mais em campo e partiram pra cima para tentar o empate. Barthez fez ótimas defesas e segurou o ímpeto croata. A Seleção Francesa estava pela primeira vez em uma final de Copa do Mundo, e com um gosto especial, por ser dentro de casa. 

Quatro dias depois a França voltou à campo contra o Brasil, no histórico jogo em que sagrou-se pela primeira vez campeã do mundo, após vencer por 3 a 0. 

VAVEL Logo