Adán decide nos pênaltis e Atlético de Madrid vence Arsenal pela Champions Cup
(Foto: Divulgação/Atlético de Madrid)

Adán decide nos pênaltis e Atlético de Madrid vence Arsenal pela Champions Cup

Goleiro entrou na segunta etapa e brilhou nas penalidades, pegando três cobranças e convertendo a última

yannrodrigues
Yann Rodrigues
Atlético de MadridOblak (Adán, min. 45); Juanfran (Isaac, min. 74), Vega (Alberto Rodríguez, min. 74), Rubio (Rodriguez, min. 74) e Olabe (Solano, min. 74); Muñoz (Pinchi, min. 64), Partey (Carro, min. 74), Hernández e Correa; Gameiro (Carpintero, min. 74) e Vietto (Moreno, min. 74).
ArsenalLeno (Cech, min. 45); Bellerín (Mavropanos, min. 63), Mustafi (Chambers, min. 63), Holding (Sokratis, min. 63) e Kolasinac; Guendouzi (Willock, min. 75) e Ramsey; Nelson (Mkhitaryan, min. 63), Smith-Rowe (Maitland-Niles, min. 63) e Aubameyang (Lucas Pérez, min. 63); Lacazette (Nketiah, min. 63).
Placar1-0, min. 40, Vietto. 1-1, min. 46, Smith-Rowe.
ÁRBITROAhmad A’Qashah (SIN). Cartões amarelos: Chambers (ARS);
INCIDENCIASPartida válida pela Champions Cup, disputada no estádio Nacional de Singapura.

Atlético de Madrid e Arsenal entraram em campo na manhã desta quinta-feira (26) em Singapura, no Estádio Nacional. Com gols de Vietto para os espanhóis e Smith-Rowe para os ingleses, a partida acabou empatada em 1 a 1. Nos pênaltis o goleiro Adán, do time madrilenho, pegou três cobranças e garantiu a vitória da equipe de Diego Simeone

A primeira chega de perigo foi com Lacazette. Após jogada em velocidade de Aubameyang, o camisa 9 ganhou da defesa e encheu o pé, mas parou em excepcional defesa de Oblak, a queima roupa. 

Lacazette teve outra grande oportunidade, mas parou em um dos melhores goleiros do mundo na atualidade. O atacante recebeu em profundidade na grande área e encheu o pé, mas parou no camisa 13 colchonero. 

Aos 40 minutos, Luciano Vietto jogou um balde de agua fria no bom primeiro tempo da equipe londrina. Ángel Correa avançou pelo flanco direito e cruzou na medida para o argentino cabecear no cantinho de Leno, abrindo o placar. 

Com dois minutos de segundo tempo, o jovem Smith-Rowe, de apenas 17 anos, deixou tudo igual com um golaço. Após dividida, a bola sobrou para o camisa 55. Ele dominou, avançou e bateu no ângulo de Adán, sem dar chances ao arqueiro. 

O jogo perdeu muita intensidade após as substituições, já que foram trocas em mais da metade de ambos os times. Apesar de algumas chances criadas, nenhuma levou muito perigo aos goleiros. 

Recém-chegado do Real Bétis, Adán brilhou em sua estreia pelos rojiblancos. Na disputa por penalidades máximas, o goleiro pegou três cobranças, bateu o último pênalti e garantiu a vitória por 3 a 1 no desempate. 

Em sétimo lugar (7º) na Champions Cup, o Atlético de Madrid volta a campo contra o PSG na segunda-feira (30), às 8h35, no Estádio Nacional de Singapura. Também frente à equipe francesa, o Arsenal volta aos gramados no sábado (28) às 8h35, no mesmo estádio. 

VAVEL Logo