Rui Vitória parabeniza jogadores do Benfica por atuação na Champions League
(Foto: Divulgação/SL Benfica)

Rui Vitória parabeniza jogadores do Benfica por atuação na Champions League

Treinador comemorou vitória, mas lamentou placar curto no confronto de ida

yannrodrigues
Yann Rodrigues

Placar magro, mas o suficiente para levar a vantagem para Turquia. Pode se dizer que esse é o pensamento do Benfica após a simples vitória por 1 a 0 diante do Fenerbahçe, pela preliminar da Uefa Champions League. Cervi marcou o gol que deu aos lusos a possibilidade de empater na partida de volta. 

Para Rui Vitória, treinador da equipe, a equipe pecou por não fazer mais gols, porém ele acredita que faça parte de jogos que envolvem grandes times de Champions League. Ele ainda afirmou que foram duas equipes com objetivos distintos em campo e elogiou seus comandados. 

“Pecou pela falto de gols. Fomos a equipe que procurou mais o gol. Viemos com objetivos diferentes. Eles queriam perder por pouco ou empatar o jogo, nós fizemos uma exibição boa, com um segundo tempo de bom nível. Estamos jogando uma terceira pré-eliminatória da Champions, mas são duas equipes de Liga dos Campeões. O Fenerbahçe é uma boa equipe e defendeu-se como pôde. Passou do nosso meio-campo duas ou três vezes e causou pouco perigo. Tivemos oportunidades para fazer mais gols, mas a Liga dos Campeões é isto. Não sofrer é importantíssimo. Os jogadores tiveram um desempenho que me agradou”

O técnico comentou também sobre a mudança de Ferreyra por Castillo, alegando querer aumentar a agressividade do time. Rui enalteceu o resultado e prometeu muito ambição para o jogo de volta, na Turquia. 

“Aumentar agressividade em termos de ataque. O Fenerbahçe estava esperando o nosso erro. Desde o início da segunda etapa aumentamos a agressividade na forma como quisemos atacar, entramos mais no campo deles, com jogadores na área. No intervalo falamos e conseguimos isso. A entrada do Castillo deu essa profundidade e mais combatividade junto aos zagueiros. A equipe do Fenerbahçe foi caindo. É um resultado importante numa primeira partida da Champions e agora vamos à Turquia disputar o jogo com toda ambição do Mundo”

Fundamental, o apoio da torcida foi enaltecido pelo comandante. Ele lembrou também da ansiedade por ser o primeiro jogo e citou também que no início de temporada não há times perfeitos ainda. 

“Foi uma presença significativa dos torcedores. É o primeiro jogo, as pessoas acabam tendo sempre mais ansiedade, os jogadores também. Mas toda a gente foi tirando essa ansiedade. Agradecer o apoio. Em agosto não há equipes perfeitas, há bons indicadores. Esperamos que as pessoas estejam conosco como têm estado sempre. Na sexta-feira vamos ter um desafio importantíssimo e é o nosso foco. Foi muito agradável ter esta demonstração, é a grandeza do Benfica”

Quanto ao atacante Jonas, Rui Vitória foi breve e não quis comentar sobre: “O presidente falou sobre esse assunto e, falando o presidente, está falado, não há mais nada a acrescentar”.

VAVEL Logo