Com gol nos acréscimos, RB Salzburg bate Shkëndija e segue na Champions League
(Foto: Divulgação/RB Salzburg

Com gol nos acréscimos, RB Salzburg bate Shkëndija e segue na Champions League

Minamino marcou no fim e deu a vitória aos austríacos nos playoffs

Caio__Vinicius
Caio Vinicius
FK ShkëndijaZahov; Mici, Musliu, Bejtulai; Adili (Selmani, min. 71), Alimi, Totre, Ibraimi, Emini (Shefiti, min. 86); Nafiu (Bojku, min. 46), Stenio Junior.
RB SalzburgStankovic; Lainer, André Ramalho, Pongracic, Ulmer; Schlager (Leitgeb, min. 89), Samassekou, Haidara, Wolf; Yabo (Minamino, min. 46), Dabbur (Patson Daka, min. 76).
Placar0-1, min. 90+3, Minamino.
INCIDENCIASPartida válida pela terceira fase pré-eliminatória da Uefa Champions League.

Nesta terça-feira (14), o RB Salzburg conseguiu mais uma importante vitória para seguir seu caminho na Uefa Champions League. Na Phillip II Arena, os austríacos venceram o Shkëndija por 1 a 0, com gol de Minamino já no fim. O placar agregado terminou em 4 a 0.

Com o triunfo, a equipe de Marco Rose já tem adversário definido na próxima fase da competição: Estrela Vermelha. O time sérvio bateu o Spartak Trnava, da Eslováquia, no agregado por 3 a 2. Também passou por FK Spartaks e Suduva antes de chegar a última eliminatória.

O primeiro jogo que irá definir um dos últimos classificados a fase de grupos acontecerá terça-feira (21), ás 16h, em Belgrado. Já a volta será disputada numa quarta (29), também pelo mesmo horário, na Red Bull Arena.

Salzburg pressiona no primeiro tempo, mas peca em frente ao gol

Os Touros tiveram uma chance pra lá de curiosa já nos minutos iniciais do jogo. Lainer lançou da defesa, Haidara partiu na velocidade, mas não contava com uma saída de Zahou, que saiu do gol e foi em sua direção. O meio-campista bateu por cima do goleiro, mas quando a bola ia entrando, Bejtulai interviu.

Na sequência do lance, mais um lançamento pro ataque de Lainer e dessa vez o passe parou nos pés de Yabo. O camisa 7 entrou na área e bateu rasteiro. Dabbur apareceu em frente ao goleiro, porém, acabou furando na hora de finalizar.

Aos 25 minutos, o Salzburg abriu o placar. Ulmer cobrou escanteio e Andre Ramalho cabeceou pro gol, marcando o primeiro. Entretanto, o lance foi anulado. Antes do brasileiro chegar na bola, o árbitro já havia marcado falta de ataque do zagueiro Progaric.

Quando o relógio já batida os 38 do primeiro tempo, o Shkendija teve boa chance para marcar. Ibraimi carregou até a entrada da área e foi derrubado por Lainer. Na cobrança de falta, o atacante macedônio no meio e Stankovic defendeu sem muitas dificuldades.

Cenário não muda e austríacos conseguem marcar no fim

Se no primeiro tempo o Salzburg havia perdido muitas chances, na etapa complementar isso não mudou. A falta de pontaria em frente ao gol foi escancarada logo na primeira oportunidade do segundo tempo e deixou bastantes torcedores irritados.

Logo aos 47, Schlager achou belo passe para Yabo, que saiu livre até a área e quando observou o goleiro adversário saindo de sua meta, tocou para Wolf. O meio-campista bateu de primeira, sem goleiro, e isolou.

Momentos depois do ataque austríaco, o time vermelho e preto foi dar o troco em um momento que parecia mais a vontade no campo. Com um passe de calcanhar na área dos visitantes, Nafiu achou Emini, que mandou pra área e deixou Ibraimi em boas chances de finalizar. O atacante chutou, mas a bola foi em cima de Prongaric, o que gerou muita reclamação de pênalti por parte dos macedônios.

Já aos 60 minutos, foi a vez do Salzburg ter um lance duvidoso a seu favor. Dabbur invadiu a área e trombou com um defensor. Na hora, o israelita caiu na área e afirmou que o zagueiro teria dado uma cotovelada em seu rosto. O árbitro ignorou e advertiu o atacante com um amarelo.

Próximo do fim do jogo, os touros apenas tocavam a bola em busca de um espaço na área do Shkendija. Aos 83, Ulmer achou Daka na area e o atacante bateu prensado, em cima do zagueiro, com a bola saindo no escanteio. Na sequência, o camisa 6 cobrou, mas Minamino tentou o cabeceio e ela saiu.

Com o domínio da posse e praticamente com sua equipe inteira no campo adversário, os austríacos esperavam apenas uma falha para fechar o caixão. E ela veio, da forma mais desastrosa possível e nos acréscimos. Stênio Junior tentou recuar para Zahov, mas o toque saiu muito forte e sobrou para Minamino. O japonês, que entrou no segundo tempo, esperou o momento certo e mandou pro fundo das redes.

VAVEL Logo