Sevilla vence Sigma novamente e garante vaga na fase de grupos da Europa League

Gonalons marcou seu primeiro gol pelos hispalenses, além de Nespor, contra, e Ben Yedder, que fecharam a conta

Sevilla vence Sigma novamente e garante vaga na fase de grupos da Europa League
(Foto: Divulgação/Sevilla)
Sevilla
3 0
Sigma
Sevilla: Vaclík; Sergi Gómez, Carriço e Gnagnon; Aleix Vidal, Gonalons, Banega (Roque Mesa, min. 67) e Guilherme Arana; Nolito, Franco Vázquez (Luis Muriel, min. 78) e André Silva (Ben Yedder, min. 64).
Sigma: Buchta; Sladky, Kotouc, Polom e Veprek; Falta (Divorak, min. 69), Houska, Kalvach (Halah, min. 59), Pisek (Texl, min. 58) e Zahradnícek; Nespor.
Placar: 1-0, min. 20, Gonalons. 2-0, min. 25, Nespor (GC). 3-0, min. 74, Ben Yedder.
ÁRBITRO: Istvan Kovacs (ROM). Banega (SEV)
INCIDENCIAS: Partida de volta válida pelos playoffs da Uefa Europa League, disputada no estádio Ramón Sánchez Pizjuán, na Espanha.

O Sevilla está na fase de grupos da Uefa Europa League. A equipe de Pablo Machín voltou a vencer o Sigma na tarde desta quinta-feira (30) pelo placar de 3 a 0 e garantiu a vaga na próxima fase da competição europeia. Gonalons, Nespor contra e Ben Yedder fizeram os gols da partida. 

Recém-chegado ao clube, o francês Maxime Gonalons tratou de abrir o marcador aos 20 minutos de jogo. Vidal cruzou rasteiro, a bola sobrou com Guilherme Arana, que ajeitou para o camisa driblar a marcação e bater forte, cruzado, e levantar a torcida no Ramón Sánchez Pizjuán.

Não demorou muito para o segundo tento acontecer. Banega cobrou escanteio, a zaga afastou parcialmente, Franco Vázquez devolveu para o meio da confusão e o centroavante Nespor, do time da República Tcheca, jogou contra o próprio patrimônio na tentativa de dar fim ao perigo. 

+ Confira ofertas de nosso parceiro FutFanatics

O time visitante precisava fazer três gols na segunda etapa, já que havia sido derrotado em casa por 1 a 0, para alcançar uma improvável fase de grupos. Apesar de esforços, a superioridade no quesito técnica fez a diferença e o time hispalense matou o confronto. 

Ben Yedder precisou de apenas dez minutos em campo para dar números finais ao confronto. Nolito puxo contra-ataque no campo de defesa, arrancou e tentou servir Luis Muriel, mas a bola bateu na marcação e sobrou nos pés do camisa 9 rojiblanco, que teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes e sacramentar a vitória do time espanhol. 

Classificado, o Sevilla volta suas atenções para o Campeonato Espanhol, La Liga. No domingo (2), a equipe encara o Real Bétis, às 15h45, no Benito Villamarín, em um clássico tradicional na Espanha.