Atalanta é derrotada nos pênaltis para Copenhague, que garante vaga na fase de grupos da UEL
(Divulgação/Atalanta)

Atalanta é derrotada nos pênaltis para Copenhague, que garante vaga na fase de grupos da UEL

Dinamarqueses se classificaram após placar zerado no tempo normal e penalidades

Caio__Vinicius
Caio Vinicius
CopenhagueJoronen; Ankersen. Vavro, A. Bjelland, Boilesen; Zeca, Jensen, N. Thomsen, Skov; N'Doye, Fischer.
AtalantaGollini; Rafael Tolói, Palomino, Masiello; T. Castagne, Marten De Roon, Freuler, Gosens, Pasalic; Papu Gomez, D. Zapata.
INCIDENCIASPartida válida pela última fase preliminar da Uefa Europa League.

Em jogo válido pela última fase preliminar da Uefa Europa League, o Copenhague enfrentou a Atalanta no Telia Parken nesta quinta-feira (30) e garantiu sua vaga na fase de grupos da competição após ficar no 0 a 0 nos jogos de ida e volta, se classificando nos pênaltis com uma vitória por 4 a 3.

Ambos as equipes voltam a campo no domingo (2). Os dinamarqueses visitam o Esbjerg FB na Blue Water Arena, ás 11h (de Brasília). Já La Dea recebe o Cagliari, ás 15h30 (de Brasília), no Azzurri d'Italia. O sorteio que define a próxima fase do torneio europeu acontece nesta sexta-feira (31), ao 12h.

A partida começou de forma eletrizante. Os donos da casa tiveram a iniciativa, mas os visitantes tomaram conta das ações. Aos 8, Fischer driblou dois em sequência na área e mandou no gol, pra boa defesa de Gollini. Aos 19, a Atalanta respondeu. Freuler arriscou da entrada da área, a bola bateu no defensor e sobrou para Pasalic, que chutou em cima do goleiro.

Perto do intervalo, mais uma grande chance para os Azzurri. Marten De Roon lançou Zapata, que ganhou na velocidade de Vavro e cruzou rasteiro em direção a Pasalic, mas o croata cabeceou por cima da trave.

Na etapa complementar o panorama dos 45 minutos iniciais pouco mudou. A primeira oportunidade surgiu dos pés de Gomez, aos 56. O argentino arrancou até o meio e mandou um petardo em direção ao gol de Joronen, mas o arqueiro conseguiu espalmar e tirar o perigo. Só que não parou por aí. Momentos depois, Gosens surgiu na esquerda e levantou na área, Freuler apareceu e testou pra fora.

A pressão da Atalanta continuou. Quando o relógio batia a marca dos 60 minutos, os italianos tiveram falta próximo a área, após Gomez ser derrubado por Bjelland. O próprio camisa 10 foi pra cobrança e com a falta de sorte, mandou a bola na trave. Apesar da insistência, acabou não sendo suficiente para abrir o placar nos 90 minutos e a partida se dirigiu a prorrogação.

No entanto, o ritmo de ambas as equipes caíram, principalmente por conta do cansaço. Até por isso, os 30 minutos acrescentados foram de poucas oportunidades para os dois lados, com o Copenhague tendo o único lance de perigo já aos 119, em chute de média distância de Skov que acabou saindo ao lado da trave.

O jogo então foi para os pênaltis, com o visitante sendo o primeiro a cobrar. De Roon e Ali Adnan acertaram para os italianos, enquanto os dinamarqueses Gregus e Sotiriu garantiram o empate. Gomez foi o terceiro cobrador, mandando uma bola no travessão e desperdiçando a chance de ampliar para a Atalanta. Na sequência, Skov finalizou no canto esquerdo, dando a vantagem para os donos da casa. Depois foi a vez de Masiello mandar no ângulo direito do goleiro e deixar viva a esperança de sua equipe. Em seguida, N'Doye, podendo encerrar as batidas, isolou a cobrança e deixou tudo igual mais uma vez.

A bola que deixaria a vida da La Dea mais tranquila foi de Cornelius, na quinta rodada de cobranças. O dinamarquês, jogando em casa, foi em direção a redonda, chutou de perna esquerda e Joronen salvou numa linda defesa. A cobrança decisiva ficou para Vavro, que mandou rasteiro no canto direito, e deu a classificação para os leões.

VAVEL Logo