Manchester City derrota Newcastle e se recupera na Premier League

Após empate fora de casa, a equipe de Guardiola bateu o Newcastle em casa com gols de Sterling e Walker

Manchester City derrota Newcastle e se recupera na Premier League
(Foto: Divulgação/Manchester City)
Manchester City
2 1
Newcastle
Manchester City: Manchester City: Ederson; Walker, Stones, Laporte, Mendy; Fernandinho, David Silva (Kompany), Riyad Mahrez (Gundogan), Sterling; Gabriel Jesus (Bernardo Silva) e Kun Agüero. Técnico: Guardiola
Newcastle: Newcastle: Dubravka; Yedlin, Lascelles, Fernandez, Clark (Murphy), Dummet; Sung-Yueng, Diame, Kenedy (Atsu), Perez; Rondon (Joselu). Técnico: Rafa Benitez
Placar: 1ºtempo: 1-0, Sterling, 8 min; 1-1, Yedlin, 30 min. 2ºtempo: 2-1, Walker, 52 min.
ÁRBITRO: Árbitro: Kevin Friend
INCIDENCIAS: Partida realizada pela quarta rodada do Campeonato Inglês, no Etihad Stadium, em Manchester.

Neste sábado (01/09), o Manchester City recebeu o time do Newcastle e venceu por 2 a 1. Apesar da pequena diferença de gols, os Alvinegros do Norte não deram muito trabalho para os Citizens, que criaram muitas chances e quase não foram ameaçados ao longo dos 90 minutos. Sterling abriu o placar, Yedlin empatou para o time de Rafa Benitez e Walker marcou balançou as redes para dar números finais ao confronto.

O domínio do City já era esperado, entretanto a curiosidade ficava ao redor de quanto tempo a retranca do Newcastle suportaria a pressão. A defesa que deu bastante trabalho para o Chelsea balançar as redes na rodada passada foi vazada com sete minutos de jogo. Em saída de jogo errada, os citizens aproveitaram o buraco deixado pela zaga e abriram o placar com Sterling. O gol tomado tão cedo complicou a proposta de jogo do time do norte da Inglaterra. A equipe de Rafa Benítez já não tinha mais o resultado para segurar e ao mesmo tempo tinha problemas até mesmo para ficar com a bola.

O time de Manchester manteve o ritmo forte depois do gol. Explorava a posse de bola com inversões de jogo visando criar espaços na linha de cinco defensores da equipe rival. Foram seis finalizações em menos de vinte minutos do primeiro tempo. Os blues não tinham dificuldade para trabalhar próximo à grande área do adversário e isso permitia finalizações perigosas. Após minutos sofrendo pressão, o Newcastle começou a ter mais espaço para tocar a bola. E na primeira chegada clara, o atacante Rondon foi esperto, cruzou para a chegada do lateral Yedlin que empurrou a bola para o gol. O alvinegro do norte foi preciso e aproveitou uma das poucas jogadas ofensivas que teve na primeira etapa.

Após sofrer o empate, os mandantes pareceram ter sofrido o golpe. O ritmo diminuiu bastante, e a marcação do adversário passou a ficar mais encaixada. A linha de cinco, protegida por uma de quatro, começaram a impedir que a bola chegasse com qualidade aos atacantes posicionados por dentro. As jogadas criadas até o final dos 45 minutos iniciais não foram bem elaboradas e o empate permaneceu.

A segunda etapa começou com um Manchester City buscando o gol para ficar a frente no marcador. Assim como fez nos minutos iniciais, invertia as jogadas para quebrar a linha de defesa volumosa do rival. E foi numa dessas inversões que a bola chegou ao lateral direito Walker, que marcou um belo gol em chute de fora da área. Pouco tempo depois, o brasileiro Gabriel Jesus balançou as redes após bicicleta mal sucedida de Aguero, mas o lance foi anulado por impedimento. Foi o último lance do jogador na partida, o jogador foi substituído por Bernardo Silva.

O time de Guardiola apareceu com perigo novamente obrigando o goleiro Dubravka a fazer uma incrível sequência de três defesas seguidas. A jogada teve início com uma reposição rápida do goleiro Ederson. O ritmo dos mandantes não diminuiu, seguiram criando chances para tentar matar o jogo. Já o Newcastle continuava sem oferecer qualquer perigo aos blues, até os 70 minutos o único chute a gol foi exatamente no lance em que balançou as redes.

Nos minutos finais da partida, Rafa Benitez abriu mão da linha de cinco defensores para ir em busca de um gol salvador. Sua equipe chegou a adiantar a marcação para pressionar a saída de bola do City. Não teve sucesso nessa missão, e acabou dando espaços para os citizens terminarem o jogo com tranquilidade. O argentino Aguero ainda perdeu grande chance nos acréscimos, após belo passe de Fernandinho.

A próxima rodada da Premier League será apenas no dia 15 de setembro, devido à pausa para jogos das seleções. O City recebe o Fulham no Etihad Stadium. Já o Newcastle segue na sua difícil tabela de início de temporada, enfrentará o Arsenal no St James Park.