Diego Costa pede dispensa da Seleção Espanhola por questões familiares

Diego Costa pede dispensa da Seleção Espanhola por questões familiares

Centroavante hispano-brasileiro alegou problema familiar para se ausentar da preparação da Seleção nos amistosos contra Inglaterra e Croácia; Iago Aspas foi chamado para o seu lugar

wesley-silva
Wesley Silvali

Diego Costa está fora da Seleção Espanhola. Bem, ao menos para os amistosos da próxima semana, quando a La Roja jogará contra Inglaterra e Croácia, respectivamente. O centroavante estava na primeira lista oficial de convocados feita por Luis Enrique, recém-contratado para o cargo de treinador da Fúria. Mas, para validar o pedido de dispensa, Diego alegou a necessidade de ter que resolver problemas familiares. Apesar de não ser a versão oficial, a imprensa espanhola especula que o jogador do Atlético de Madrid será pai nos próximos dias e pediu para estar perto da esposa nesse momento tão especial. Compreensivo, Luis Enrique o aceitou liberar e convocou Iago Aspas, do Celta de Vigo para o lugar.

+ confira ofertas de nosso parceiro FutFanatics

Assim como Diego Costa, Iago Aspas também foi presença na Copa do Mundo da Rússia, na qual a Espanha teve papel decepcionante. Tem bons números de gols na carreira e pela própria Seleção, apesar de passagem apagada no Liverpool. Diferente de Diego, faz mais o estilo do atacante que abre pelos lados e busca no meio sem se infiltrar tanto dentro da área brigando com os zagueiros. Com isso, o comandante de ataque de Luis Enrique para seus primeiros jogos sob o comando da Seleção Espanhola deverá ser Morata, do Chelsea. Também brasileiro de nascimento, Rodrigo Moreno corre por fora.

Dando início a "era Luis Enrique" que promete grande processo de reformulação, a Espanha entrará em campo no Sábado (8) diante da Inglaterra, dentro de Londres. Dias depois, enfrentará a vice-campeã mundial Croácia, dessa vez jogando em casa, precisamente em Elche. A conotação amistosa valerão pela novata "Liga das Nações da Uefa", torneio restritamente continental que vai até 2019 e concede direito á vaga na Eurocopa de 2020.

VAVEL Logo

    Futebol Internacional Notícias

    há 7 horas
    há 10 horas
    há 13 horas
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 2 dias
    há 3 dias
    há 3 dias
    há 3 dias
    há 3 dias
    há 3 dias