Herrmann quebra jejum, Borussia Mönchengladbach vence e aumenta crise no Schalke 04
(Divulgação/Gladbach)

Herrmann quebra jejum, Borussia Mönchengladbach vence e aumenta crise no Schalke 04

Meia não marcava a mais de um ano e foi decisivo na vitória dos potros em casa; Azuis reais seguem sem vencer na liga

Caio__Vinicius
Caio Vinicius
Borussia M'GladbachSommer; Jantschke, Elvedi, Ginter, Wendt; Strobl, Fabian Johnson; Zakaria, Hofmann, Thorgan Hazard, Pléa
Schalke 04Fährmann; Salif Sané, Naldo, Nastasic; Caligiuri, Rudy, Bentaleb, Mendyl; Mark Uth, Burgstaller, Di Santo.
Placar1-0, min. 3, Ginter. 2-0, min. 72, Herrmann. 2-1, min. 90, Embolo.
INCIDENCIASPartida válida pela terceira rodada da Bundesliga, disputada no Borussia Park.

Neste sábado (15), jogando em casa, o Borussia Mönchengladbach mostrou toda sua força e bateu o Schalke 04 pelo placar de 2 a 1. Em partida válida pela terceira rodada da Bundesliga, os Potros venceram com gols de Ginter e Herrmann, enquanto Embolo marcou o único do time visitante.

+ Confira ofertas de nosso parceiro FutFanatics

Com a vitória, o Gladbach chega a quinta colocação, com os mesmos 7 pontos que outras quatro equipes. Já no lado perdedor, o resultado fez com que o sinal de alerta ligue em Gelsenkirchen. Os azuis reais ainda não conquistaram um ponto sequer na liga alemã e podem terminar a rodada na penúltima posição.

O Schalke volta a campo já nesta semana, em confronto válido pela Uefa Champions League. Na terça-feira (18), a equipe enfrenta o Porto, ás 16h. Já o Mönchengladbach terá um desafio no próximo sábado (22) diante do Hertha Berlim, ás 10h30.

Ginter marca no início e Potros saem na frente

O confronto prometia ser equilibrado desde antes da bola rolar, mas a expectativa foi quebrada logo no início. Jonas Hofmann levou na área e Mathias Ginter apareceu sozinho para dar uma bela testada no fundo das redes. 1 a 0 para os donos da casa.

Os visitantes responderam de forma rápida ao gol sofrido. Di Santo fez bela jogada individual, mas se enrolou sozinho e perdeu uma ótima oportunidade em frente a área adversária. O Gladbach, apostando nos contra-ataques, chegou novamente. Pléa foi lançado, invadiu a área e bateu pra fora, quase marcando o segundo aos 8 minutos.

Aos 25, Mendyl deu uma chegada forte em Hofmann e o árbitro deu amarelo para o lateral marroquino. No entanto, os jogadores do time da casa não gostaram nada da decisão, pois consideraram a entrada bastante violenta e que poderia ter recebido expulso. O técnico dos azuis reais, Domenico Tedesco, optou por tirar o jogador e colocar Schopf em campo.

Três minutos depois, os Potros por pouco não ampliaram o placar em campo. Thorgan Hazard avançou, cortou para o meio e finalizou de perna direita para ótima defesa do goleiro Fahrmann. Aos 30, foi a vez de Sommer trabalhar. O atacante Burgstaller recebeu no meio, bateu forte e obrigou o suíço a salvar a pele do time mandante. Com o fim do primeiro tempo se aproximando, as duas equipes diminuíram o ritmo e o placar terminou em 1 a 0 até o intervalo.

Com direito a fim de jejum, Gladbach amplia e bate visitantes

O Schalke conseguiu o empate com apenas 4 minutos de bola rolando na etapa complementar. Uth recebeu cruzamento da direita e mandou pro fundo das redes. Porém, o bandeira viu que o atacante estava em posição irregular e anulou o tento.

A partida tomou proporções mais equilibradas, mais com o Schalke mais atentou que nos primeiros 45 minutos. A equipe apostava nos cruzamentos e na forte jogada aérea. Naldo e Uth apareciam com frequência na área para tentar o cabeceio, mas a bola não chegava nas melhores condições.

Aos 65, o Gladbach teve ótimo contra-ataque. A jogada chegou até os pés de Pléa, que tocou para Wendt e o lateral esquerdo cruzou ao centro da área para Zakaria. O meio-campista cabeceou do lado do gol, muito próximo a trave. Vendo que seu time podia fazer o segundo, Dieter Hecking chamou uma de suas principais peças: Herrmann, que não marcava desde fevereiro de 2017.

Os donos da casa seguiram em cima no Borussia Park. Com o relógio na casa dos 72 minutos, Pléa fez o pivô e deixou Jonas Hofmann em ótimas condições. No entanto, o meia finalizou na trave e perdeu mais uma chance de ampliar o resultado. Entretanto, a alegria veio alguns segundos depois para os Potros. Após lançamento pelo lado direito, Pléa tentou o domínio, deixou a bola escapar, mas Herrmann, livre, finalizou forte e marcou o segundo. Muita comemoração do jogador e festa no estádio.

Após o segundo gol, o Borussia recuou e os visitantes começaram a pressionar em busca do difícil empate. Aos 84, Bentaleb mandou uma bomba e Sommer realizou uma defesa espetacular. Logo depois foi a vez de Uth chutar em direção ao suíço e ele novamente salvar. Só que o arqueiro não conseguiu parar Embolo. O seu compatriota recebeu na entrada da área, finalizou de perna esquerda e o chute foi certeiro no ângulo. Golaço para diminuir o placar, mas já não havia tempo suficiente para tentar o empate.

VAVEL Logo

    Alemanha Notícias

    há 8 dias
    há 8 dias
    há 9 dias
    há 9 dias
    há 9 dias
    há 9 dias
    há 10 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 12 dias