Leipzig leva dois, se recupera, mas Salzburg marca no fim e vence em estreia na Europa League
(Divulgação/RB Salzburg)

Leipzig leva dois, se recupera, mas Salzburg marca no fim e vence em estreia na Europa League

Clubes que são da mesma empresa se enfrentaram na primeira rodada da fase de grupos

Caio__Vinicius
Caio Vinicius
RB LeipzigMvogo; Mukiele (Halstenberg, min. 46), I. Konaté, Upamecano, Ilsanker, K. Laimer, Kampl; Bruma (Demme, min. 46), Sabitzer, Jean Kevin-Augustin (Poulsen, min. 46), Matheus Cunha.
RB SalzburgWalke; Lainer, André Ramalho, Pongracic, Ulmer; Y. Schlager (Junuzovic, min. 86), Samassekou, Haidara; Yabo (Minamino, min. 71), Wolf, M. Dabbur (Gubrandsen, min. 84).
Placar0-1, min. 20, Dabbur. 0-2, min. 22, Haidara. 1-2, min. 70, Laimer. 2-2, min. 84, Poulsen. 2-3, min. 89, Gulbrandsen.
ÁRBITROAndreas Ekberg (SUE)
INCIDENCIASPartida válida pela primeira rodada da fase de grupos da Uefa Europa League.

Na tarde quinta-feira (20), foi inaugurada a fase de grupos da UEFA Europa League. Em um dos confrontos mais chamativos da primeira rodada, o Leipzig recebeu o Salzburg em casa pelo Grupo B. Ambos os clubes que pertencem a Red Bull se enfrentaram oficialmente pela primeira vez em sua história e os austríacos levaram a melhor no jogo, vencendo por 3 a 2.

Com o resultado, os Touros da Áustria garantiram os três pontos e a liderança, enquanto os saxões amargam o último lugar. Ambos voltam a campo no domingo (23). O Salzburg pega o Rapid Wien, em clássico pelo Campeonato Austríaco, ao 12h (de Brasília), na Red Bull Arena de Salzburgo. No outro lado, o time alemão tem Eintrach Frankfurt pela Bundesliga. A partida começa ás 13h (de Brasília) na Red Bull Arena em Saxônia.

+ Confira ofertas de nosso parceiro FutFanatics

Austríacos são eficientes e saem na frente

A equipe visitante estava mais tranquila em campo e se beneficiava de bastante movimentação dos atletas da frente. Apesar disso, nenhuma oportunidade de perigo aconteceu nos primeiro momentos de bola rolando.

O placar foi inaugurado aos vinte minutos de partida e num conjunto de falhas do Leipzig. Ao sair jogando, o volante Ilsanker tento recuar para a defesa, mas entregou a bola no pé de Dabbur, que saiu de cara com Mvogo. O camisa 9 chutou em cima, mas o goleiro espalmou mal e ela voltou para o israelense, que não titubeou e mandou ela pro fundo das redes.

Só que não parou por aí. Minutos após abrir o marcador, aos 22, eles conseguiram ampliar e de forma excepcional. Em jogada construída desde a defesa, Ulmer fez o corredor no lado esquerdo, tabelou com Schlager, que devolveu para o capitão. Ele carregou até a área livre de marcação, tocou para o meio e Haidara mandou pro fundo das redes na Red Bull Arena. Segundo chegada dos austríacos e mais um gol.

A partida tomou rumo mais equilibrado após os dois tentos seguidos e com os alemães tendo mais posse de bola e finalizações, porém, sem nenhuma delas em direção as traves adversárias.

Segunda etapa é animada e cheia de gols

Vendo a inoperância do RB Leipzig nos primeiros 45 minutos de jogo, o técnico Ralf Rangnick surpreendeu e realizou três mudanças de uma vez no intervalo. Poulsen, Halstenberg e Demme entraram nos lugares de Augustin, Mukiele e Bruma, respectivamente.

No entanto, a primeira grande oportunidade da etapa complementar foi dos Touros austríacos. Aos 56, Dabbur recebeu em velocidade, invadiu a área e finalizou rasteiro, mas ela foi na trave. Em seguida, ao contra-atacar, os donos da casa ameaçaram Walke. O dinamarquês Poulsen avançou pelo lado esquerdo, cortou para o meio e finalizou colocado. A bola saiu em direção ao lado direito.

Quando o relógio mostrava 70 minutos, os saxões conseguiram enfim diminuir. O meio-campista Laimer foi esperto, ganhou a dívida com o defensor e chutou. Ela morreu no fundo das redes e deu esperança ao torcedor do time da casa

O Leipzig se animou em campo após o lance e foi pra cima. Aos 84, o capitão Kampl fez boa jogada pelo lado esquerdo, levantou na medida e Poulsen, que havia entrado na segunda etapa, subiu mais que todos os zagueiros e testou forte em direção ao gol, sem tempo de reação para arqueiro. Empate e festa absurda dos torcedores alemães.

Porém, o futebol gosta de pregar peças e sempre com requintes de crueldade. Lançamento em direção ao ataque por parte dos Touros austríacos, Hannes Wolf tentou o domínio, não conseguiu, mas em um toque magistral, deixou Gulbrandsen sozinho com o goleiro. O atacante finalizou rasteiro e fez o terceiro dos visitantes, já aos 89 do segundo tempo.

VAVEL Logo

    Alemanha Notícias

    há um dia
    há um dia
    há 3 dias
    há 4 dias
    há 8 dias
    há 8 dias
    há 8 dias
    há 8 dias
    há 10 dias
    há 11 dias
    há 12 dias