Kovac exalta atuação do Bayern e explica reação de Ribéry em substituição: "Ele não estava bravo"
(Divulgação/Bayern)

Kovac exalta atuação do Bayern e explica reação de Ribéry em substituição: "Ele não estava bravo"

Técnico falou sobre a vitória bávara diante do Schalke e negou desentendimento com francês ao ser substuído

Caio__Vinicius
Caio Vinicius

Neste sábado (22), o Bayern de Munique visitou o Schalke 04 na Veltins Arena. Os Bávaros venceram os azuis reais por 2 a 0 e se mantiveram na liderança da Bundesliga, com 15 pontos conquistados em quatro rodadas.

Após a partida, o técnico do Gigante da Baviera, Niko Kovac concedeu entrevista a imprensa e pontuou sobre os principais acontecimentos do jogo.

"Minha equipe dominou o jogo por mais de 90 minutos hoje. Tenho de louvar os meus jogadores. Nós criamos muitas chances e poderíamos ter marcado mais gols. Também fomos brilhantes defensivamente quando não tínhamos a bola. Nós trabalhamos como um verdadeiro time", declarou.

A partida em Gelsenkirchen foi bastante movimentada, com chances para os dois lados. O comandante do Bayern enalteceu o confronto e principalmente seus jogadores, mas lamentou as chances que foram desperdiçadas. Para o croata, o resultado poderia ter sido ainda mais elástico.

"Hoje temos visto uma partida de Bundesliga muito, muito boa. Minha equipe dominou o jogo inteiro, nós não cedemos e geramos muitas ocasiões. Infelizmente fizemos poucos gols. Mas foi um excelente desempenho", disse.

Um momento que chamou a atenção durante a partida aconteceu aos 65 minutos, quando Ribery foi substituído por Gnabry. O francês fez cara de poucos amigos e parecia não ter concordado com a mexida de Kovac. Aos jornalistas, o treinador negou que o francês estivesse bravo com a troca e fez questão de espantar as polêmicas.

“Franck não estava bravo. Eu disse que ele jogou um grande jogo e que Serge Gnabry também quer jogar alguns minutos. Somos uma equipe. Está tudo bem”, explicou.

Nos próximos dias, a Oktoberfest acontecerá em Munique. O evento, que está em sua 185ª edição, reunirá milhares de pessoas, inclusive os jogadores do Bayern. O técnico ressaltou que seu grupo sabe sobre os riscos deles participarem da comemoração e admitiu que não é muito fã da festa.

"Os jogadores sabem o que estão fazendo. Se forem lá, eles serão reconhecidos. E o que eu acho? Não é bom. Nós teremos tempo para ir juntos. Mas, por enquanto, temos que nos concentrar e continuar recebendo pontos", finalizou.

O Bayern de Munique volta a campo na terça-feira (25), ás 15h30 (de Brasília), quando recebe o Augsburg na Allianz Arena. O jogo é válido pela quinta rodada do Campeonato Alemão.

VAVEL Logo

    Alemanha Notícias

    há 4 dias
    há 9 dias
    há 10 dias
    há 10 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 12 dias
    há 12 dias