Fiorentina passa fácil pela Spal e assume vice-liderança provisória
Foto: Divulgação/SPAL

Com muita autoridade, a Fiorentina venceu a Spal com tranquilidade e alcançou sua terceira vitória em cinco jogos na Serie A. Na tarde deste sábado (22), no Artemio Franchi, em Florença, a Viola venceu por 3 a 0, com gols de Pjaca, Milenkovic e Chiesa. O time de Ferrara começou a rodada na vice-liderança e só havia tomado um gol nas quatro primeiras rodadas.

+ Confira ofertas de nosso parceiro FutFanatics

Sem conceder muitos espaços na defesa, a Fiorentina foi o melhor time desde o começo. Com muita velocidade e tranquilidade, o time da casa, que dividiu a posse de bola na primeira etapa - 50% -, criou muito mais chances. Fora oito finalizações da Viola na primeira etapa, contra apenas uma da Spal. A primeira dos mandantes foi aos seis. Na cobrança de escanteio de Veretout, Vitor Hugo desviou e Simeone ficou com espaço para finalizar na pequena área, mas teve seu chute defendido por Gomis.

Já aos 17, após cruzamento de Biraghi, Farès furou no corte na pequena área e a bola sobrou livre para Pjaca, que tocou no canto, marcou seu primeiro com a camisa da Viola e fez 1 a 0. O gol fez a Spal se lançar um pouco mais ao ataque, e algumas chances foram criadas. Aos 23, em ótima jogada pela direita, Lazzari cruzou com precisão para Antenucci na entrada da pequena área, mas o camisa 7 pegou mal e desperdiçou grande chance. 

Porém, não demorou muito para ampliar. Aos 27, Veretout cobrou escanteio na pequena área, o goleiro saiu mal e Milenkovic antecipou para cabecear para o fundo do gol e fazer 2 a 0. A partir daí, a Viola entregou um pouco mais a posse de bola ao rival, e sofreu pouco. Aos 30, Antenucci recebeu lançamento na esquerda, limpou para dentro e bateu colocado, mas Lafont segurou firme.

A postura da Fiorentina era para buscar contra-ataques, e por pouco, desta forma, não saiu o terceiro. Aos 44, Simeone abriu na direita, Chiesa avançou e bateu com desvio, acertando a parte de cima da rede.

Para a segunda etapa, o técnico Stefano Pioli sacou o lateral Biraghi, que estava amarelado e sentiu dores no joelho, e promoveu a estreia de Hancko, que fez boa partida. A Spal por pouco não desviou logo aos quatro. Petagna recebeu de Lazzari na entrada da área, limpou a marcação e bateu no canto, mas Lafont espalmou.

Para não correr riscos, a Fiorentina continuou em cima em busca do terceiro. Aos seis, Chiesa recebeu passe de Hancko de calcanhar, apareceu com espaço e finalizou no canto, mandando na rede pelo lado de fora. Quatro minutos depois, em jogada iniciada pelo meio, Benassi recebeu e devolveu para Pjaca, que foi travado. Na dividida, Chiesa, que havia feito o lance inicial, apareceu para finalizar e fazer 3 a 0 - o jogador comemorou com seu irmão, que estava como gandula.

O terceiro gol diminuiu um pouco o ritmo do jogo. A Fiorentina variou momentos de controle com e outros sem a posse de bola, mas cedendo poucas ocasiões - apenas três finalizações. Pioli promoveu as entradas de Mirallas e Eysseric tentando mexer no fôlego do ataque, enquanto Leonardo Semplici mudou sua defesa e meio-campo, sem muitos efeitos.

Aos 23, Mirallas recebeu belo passe de Gerson, partiu para cima da marcação, e bateu no canto, exigindo boa defesa de Gomis. Cinco minutos depois, Kurtic chegou a receber cartão vermelho após dividida dura com Pezzella, mas o árbitro Ghersini voltou atrás após checar o VAR. As chances rarearam daí para frente e a Spal só conseguiu assustar já aos 44, em cobrança de falta de Kurtic, que acertou a rede pelo lado de fora. Já aos 47, Simeone teve boa chance em saída atrapalhada de Simic, foi fominha para tentar seu gol, mas acabou finalizando por cima. Nada que atrapalhasse a segura vitória da Viola.

Com 10 pontos, a Fiorentina sobe para o segundo lugar, ainda podendo ser ultrapassada por Napoli e Sampdoria até o fim da rodada. Na próxima terça-feira (25), visita a Internazionale, às 16h. Já a Spal, que tem nove pontos, cai para a quarta posição, podendo cai no máximo para oitava. Na quinta-feira (27), joga em casa contra o Sassuolo.

VAVEL Logo