Brozovic marca nos acréscimos e Inter bate Sampdoria em jogo marcado por atuação do VAR
(Divulgação/Inter)

Brozovic marca nos acréscimos e Inter bate Sampdoria em jogo marcado por atuação do VAR

Árbitro de vídeo anulou três gols durante a partida, sendo dois do time interista; Golaço de croata garantiu vitória no sufoco

Caio__Vinicius
Caio Vinicius
SampdoriaAudero; Bereszynski, Tonelli, Andersen, Murru; Linetty (Jankto, min. 69), Ekdal, Praet (Barreto, min. 59); Ramírez (J. Sala, min. 90); Defrel, Quagliarella.
InternazionaleHandanovic; D'Ambrosio, Skriniar, Miranda, Asamoah; Vecino, Brozovic; Candreva (Keita, min. 69), Nainggolan (Borja Valero, min. 81), Politano (Perisic, min. 60); Icardi.
Placar0-1, min. 90, Brozovic.
ÁRBITROMarcos Gudia
INCIDENCIASPartida disputada no Luigi Ferraris, em Genova, Itália, pela quinta rodada da Serie A.

Em jogo válido pela quinta rodada da Serie A, a Sampdoria recebeu a Internazionale no Estádio Luigi Ferraris. Com gol de Brozovic no fim e atuação polêmica da arbitragem, a Beneamata venceu por 1 a 0 e se recuperou da derrota sofrida na última partida.

+ Confira ofertas de nosso parceiro FutFanatics

Com o resultado deste sábado (22), o time de Milão vai para a sétima colocação, com 7 pontos e empatam justamente com Samp, que fica na sexta posição. Ambos os times voltam a campo no meio da semana pelo Campeonato Italiano. A Inter joga na terça-feira (25), quando vai receber a Fiorentina no Giuseppe Meazza, ás 16h. Já a Bluecharti vai até a Arena Sardegna, onde enfrenta o Cagliari na quarta (26), ás 16h.

Primeiro tempo

A equipe da Sampdoria iniciou o jogo em cima dos visitantes. Logo nos primeiros segundos, Quagliarella resolveu testar Handanovic em um chute de fora da área, facilmente defendido pelo arqueiro. Aos 11, boa jogada de Ekdal, que deixa para Linetty. O polonês finaliza e a bola é desviada pelo defensor da Inter.

Aos 13, Quagliarella apareceu novamente na frente. O atacante cortou para o meio, finalizou e Handanovic defendeu em dois tempos. Já aos 17, o primeiro ataque Nerazurri. O belga Nainggolan ganhou no meio-campo, arriscou, mas Audero pegou e não soltou mais.

A Internazionale voltou a atacar aos 33 da primeira etapa. Cruzamento de Candreva e Icardi ganhou no alto de Andersen, mas o cabeceio não foi dos melhores. Três minutos depois foi a vez Vecino aparecer bem em jogada área e testando pra fora. E os visitantes, melhores naquele momento, quase foram premiados.

Quando o relógio apontava 41 minutos, Nainggolan dividiu no alto, a bola rebateu no zagueiro e voltou pra ele. O número 14 mandou uma bomba no canto e Audero chegou a tocar, mas não impediu que ela entrasse. No entanto, a alegria durou alguns segundos. Antes do lance, em falta cobrada na área, Icardi estava em posição irregular e o VAR foi chamado.

Segundo tempo

Os visitantes voltaram melhor na etapa complementar. Aos 50, o meia Candreva avançou, tocou por cima do goleiro e mandou na trave. O jogador voltou a aparecer cinco minutos depois, ao levantar na área para Icardi, mas o argentino desperdiçou boa chance.

Candreva estava bem em campo e era que mais criava chances pelo ataque interista. Com 70 minutos, o camisa 87 mandou um petardo de perna direita e Audero salvou. Apesar da boa atuação, o cansaço venceu o italiano, que deixou o campo para a entrada de Keita.

A Sampdoria se recolheu em campo e encontrava dificuldades de ir ao ataque. Para a Beneamata só faltava o gol, mas o ataque não estava no melhor dia. E o árbitro de vídeo teve papel fundamental para isso.

Já faltando pouco para o fim, aos 86, Perisic fez jogada pela direita, tocou para Keita, que fez infiltração, dividiu com o defensor e cruzou rasteiro em direção a Asamoah, que bateu forte, abrindo o placar. No entanto, quando o atacante senegalês jogou na área, a bola já havia saído. Com auxílio do árbitro de vídeo, o gol foi anulado. Momentos depois ele voltou a trabalhar. Defrel recebeu ótima passe de Jankto e chutou. O francês estava impedido na hora do toque e mais uma vez o VAR voltou a atrás.

Só que a partida merecia um vencedor e o prêmio veio da melhor forma: gol nos acréscimos. Quando o juiz já tinha dado mais três minutos adicionais, a Inter teve um escanteio a seu favor. Perisic foi para a cobrança e levantou na área. A defesa conseguiu afastar, mas na sobra, Brozovic pegou bem na bola e guardou. Explosão absurda de jogadores e torcedores em Gênova.

VAVEL Logo