Mandzukic marca duas vezes e comanda virada da Juventus sobre Napoli
(Divulgação/Juventus)

Nesta sexta-feira (29), em Turim, campeão e vice da Serie A na última temporada se enfrentaram. Os atuais donos do Scudetto, Juventus, receberam o Napoli pela sétima rodada da liga. A equipe bianconeri saiu perdendo, mas virou a partida e venceu por 3 a 1.

Com o resultado, o time bianconeri chega a 21 pontos e se distanciam dos napolitanos, que são os vice-líderes da competição, com 15 pontos conquistados em sete jogos.

Os dois times voltam a campo pela Uefa Champions League no meio de semana. Na terça-feira (2), a Vecchia Signora enfrenta o Young Boys, ás 13h55 (de Brasília), no Juventus Stadium. Já os Ciucciarelli tem um desafio contra o Liverpool na quarta (3), ás 16h30 (de Brasília), em sua casa, o San Paolo.

+ Confira ofertas de nosso parceiro FutFanatics

Napoli começa melhor, mas cede empate

O time de Nápoles começou melhor jogando fora de casa. Logo aos 5, Zielinski arriscou de fora da área e a bola explodiu na trave esquerda de Szczesny. A Juve tentou ensaiar uma resposta alguns minutos após o lance, com Cristiano Ronaldo. O gajo mandou uma bomba para o gol, mas Ospina tratou de colocar para escanteio.

Aos 11, Allan recebeu no meio, carregou até a entrada da área e tocou para Callejón, que ia passando pelo lado direito. O espanhol cruzou rasteiro, na saída do goleiro e deixou Mertens com o gol livre para marcar o primeiro da partida.

O jogo era bastante disputado em Turim mesmo após o marcador ter sido aberto. Tanto que não demorou para os mandantes empatarem tudo. Jogada de Cristiano Ronaldo pelo lado esquerdo, ele limpou o defensor e levantou na área. O croata Mandzukic apareceu no meio dos zagueiros e cabeceou pro fundo das redes. 

Diante do placar igualado, o cenário mudou de figura e os donos da casa começaram a sair mais. Aos 29, falta boa para a Veccha Signora, próximo a linha lateral. Na cobrança, Pjanic mandou no meio da confusão e o goleiro adversário saiu no soco.

A Juventus tinha mais posse de bola, entretanto, era sempre ameaçada pelos rápidos contra-ataques dos napolitanos. Quando o relógio já marcava 42 minutos, Mário Rui recebeu bom passe na esquerda, cortou para o meio e finalizou de perna direita, mas o chute acabou subindo demais.

Mandzukic marca novamente e Juventus aproveita expulsão

Na etapa complementar, com apenas quatro minutos de bola rolando, já saiu mais um tento. Boa jogada de Cristiano Ronaldo, que carregou até a entrada da área, chutou forte e mandou na trave. A pelota voltou e caiu nos pés de Mandzukic, que oportunista, só empurrou para o gol.

Aos 56, o Napoli teve uma ótima chance de igualar tudo. Autor do gol inicial, Mertens chutou do centro da área, Szczesny defendeu, mas a bola foi em direção a Callejón, que bateu pra fora. Momentos depois, o drama dos Azzurri aumentou. O português Mário Rui, que já tinha amarelo, deu entrada forte em Dybala e recebeu o segundo cartão, indo mais cedo pro chuveiro.

Faltando vinte minutos para o fim, a equipe de Carlo Ancelotti teve uma chance de ouro. Passe do meio para Callejón, que invadiu a área e finalizou cruzado, em cima do goleiro. Grande defesa do polonês da Juve. Aos 76, escanteio para os donos da casa, Pjanic cobrou para o meio da confusão, CR7 desviou e Bonucci apareceu na segunda trave para ampliar. 3 a 1 para o time de Massimiliano Allegri.

O Napoli não tinha mais poder de reação e a Juventus começou a administrar a partida até os minutos finais. Vitória em casa dos juventinos.

VAVEL Logo